Leia atentamente as regras do fórum. Insultos e ataques pessoais a outros membros serão punidos.

Resposta

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.

Nome:
Email:
Verificação:

Atalhos: pressione alt+s para enviar ou alt+p para pré-visualizar


Resumo do Tópico

Enviado por: brunodias
« em: 07 de Julho 2015, 19:39:18 »

Até ao fim do ano ainda vai haver muito cancelamento e encomendas

Alias ha pelo menos 22 cancelamentos que só falta tratar dos papeis para a boeing, e pelo menos 77 para a airbus
Enviado por: Spark
« em: 07 de Julho 2015, 17:37:35 »

Citação
Airbus e Boeing entregaram 685 novos aviões no primeiro semestre deste ano

Os dois grandes fabricantes mundiais de aviões comerciais entregaram no primeiro semestre 685 novos aviões, 381 saídos das cadeias de produção da Boeing e 304 produzidos pela Airbus.

Os dados divulgados pelos dois fabricantes indicam que no mesmo período aumentaram as suas carteiras de encomendas líquidas em 629 aparelhos, 348 foram para a Airbus e 281 para a Boeing.

A Airbus, que beneficiou do impacto das encomendas recebidas durante o Paris Air Show, no final do qual recebeu uma encomenda de cem aviões da Wizz Air, teve um total de 382 aviões encomendados, ficando em 348 depois de cancelamentos e conversões de modelos.

A Boeing teve 325 antes de cancelamentos e conversões.

A informação da Boeing sobre os aviões entregues no primeiro semestre especifica que foram 249 B737, 64 B787, nove B767 e 50 B777.

A Airbus entregou 238 aviões da família A320, 49 A330, quatro A350 e 13 A380.
Total 35+0=35 ms, db 0 ms, php 35 ms