TAP153

  • Mensagens: 1635
"Será feita uma aposta nos E-Jets, os jatos mais eficientes da Embraer."

portugalia LCC?

Parece que se esqueceram... lembram-se quando o argumento era que os fokker e os embraer145 não conseguiam competir com as LCC porque não tinham a capacidade dos 737 e 320? Andam nisto há anos...

efpmeneses

  • Mensagens: 1134
E em 2020 já não tínhamos mais do que 4 A321LR? O CS-TXE e o CS-TXF já estavam ao serviço em 2020...

Quanto aos ATR algumas das rotas feitas por estes devem ser asseguradas pelos Embraer.

O que me parece mais difícil é assegurar o Alicante e o início do Santiago de Compostela.

Apesar da redução de aviões da família A320,
Com um conjunto de voos a serem operados pelos Ejets, além de que os A321LR também podem sempre operar um ou outro voo intra europeu, entre um voo de longo curso e outro, não deve ser difícil manter uma operação próxima do que tinha, com menos frequências em alguns destinos e algumas rotas cortadas.
Cumprimentos
Élvio Meneses

superpiloto

  • Mensagens: 873
Este gráfico, a estar correto, indica-nos o fim de Porto Alegre.
 Mais, ou devem entrar mais A320neos family do que os que foram encomendados ou ficam com parte dos CEO family.
 Pode sugerir a aposta em África em termos de quantidade de aviões de longo curso. Rotas como Lagos seriam apostas certas.
 Será que vamos ver mesmo um LIS-DXB por parte da TAP como foi referido nas entrelinhas pela Emirates?

VidocQ

  • Mensagens: 402
Não sei se esse gráfico está actualizado ou se é o mesmo do relatório anual do ano passado (ou há dois anos?)..

Enfim, aqui vão alguns bitaites:
- A afirmação dos 35M€ pode vir do sale/leaseback, faria sentido porque também falam em poupar na manutenção, claro que o custo do leasing esse não falam.
- 13 novos E190/E195 para a PGA (novos para a TAP porque certamente serão usados) não serão grande problema, com a entrada em serviço dos E290/E295 e A221/A223 noutras companhias aéreas, deverá haver companhias de leasing com E190/E195 para alugar, falta claro é saber os termos desse leasing.
- Quanto a POA desaparecer, é provável mas, não vejo que seja certo, a legenda do gráfico diz "A330fam", se os 21 no final são todos A339 veremos.
- O fim dos ATR, deixa antever o fim da alta frequência de voos nas pontes aéreas : OPO com frequência bi-horária talvez, e MAD também se em E190/E195. Uma mais que provável diminuição de frequência de outras rotas com menos ocupação (ou mesmo extinção) como SCQ.


Uma nota para o (sempre) péssimo jornalismo nacional, "Será feita uma aposta nos E-Jets, os jatos mais eficientes da Embraer."  leva quase a pensar que vamos ter E2 na PGA.
« Última modificação: 30 de Março 2021, 09:07:30 por VidocQ »

A388 / A321(321/32B) / A320(320/32A) / A319 / A318 / A223 / B773(77W) / B738(73H) / B737(73G/73W)
E195 / E190 / E145 / CRJK(X) / CRJ9 / F100 / RJ85 / AT76 / DH8D(NG)
TP / AF / KL / LH / LX / BA / OS / TK / SK / ZI / TO / FR / U2 / EW / A5 / C9 / D8 / UX / EK / V7 / 0B / SN / DY

toto1100

  • Mensagens: 6279
OPO ja nao tinha ATR ha algum tempo.

efpmeneses

  • Mensagens: 1134
Porto alegre está a acabar a expansão da pista, logo brevemente será possível utilizar o A330-900 Neo para POA. Estava previsto a ampliação estar terminada em dezembro de 2021, mas mesmo que se prolongue mais um pouco, certamente que podem manter um A330-200 até às obras da pista estarem concluídas

Antes da pandemia as várias frequências LIS-OPO, já estavam a ser quase todas operadas por E190 e quando não era E190, era por A319/A320.

Quanto aos voos operados em ATR:
- Sevilla estava com 3 e ia aumentar para 4 voos diários, certamente conseguem operar com E190
- Valencia estava com 3 voos diários, mas chegou a operar com A319/320 dois voos diários
- Málaga tinha 2 ou 3 voos diários, certamente também conseguem operar com E190
- Bilbao tinha dois diários, e ia aumentar para 3 diários, por isso também devem conseguir operar com E190

Mais complicado é Alicante que tinha 1 voo diário e o Santiago de Compostela que ia iniciar com dois voos diários (mas que este caso podem optar por 1 voo diário em E190)

Havendo 3 voos diários em ATR são 210 passageiros por dia. Num E190 fazendo 2 voos diários são 212 passageiros, por isso nada de complicado, digo eu, e ainda liberta slots para outras rotas, se necessário.

Quanto ao aumento de A321LR, permite fazer muita coisa.. é um avião muito versátil...
Uma vez que tem muitos A330neo, e que têm que lhes dar utilização, talvez tenham que já manter em rotas onde habitualmente já eram utilizados, nem que seja com menos frequências semanais.

Na minha opinião os A321LR poderiam servir operar Natal e Belém aí umas 5 vezes por semana, tornando a rota mais atrativa por ser quase diária, continuar a voar para Maceió e abrir São Luís do Maranhão e alguma outra rota no nordeste que suportasse a operação. Seria muito útil também para abrir novos destinos em África fora do alcance do A320, como referido pelo TAP153.

Se existir muito excesso de A330NEO, podem sempre utilizar numa ou noutra rota europeia onde o volume de passageiros seja muito grande (por exemplo Londres ou Paris) ou onde haja muita carga.
Cumprimentos
Élvio Meneses

Maia

  • Mensagens: 456
OPO ja nao tinha ATR ha algum tempo.

Nos dias correm tambem os E190 ou os A32F são uma raridade no AFSC...

Hoje por exemplo saem 6 voos de OPO, 3 dos quais na pseudo e ridicula PA.

efpmeneses

  • Mensagens: 1134
Nestes tempos de pandemia têm usado os ATR entre o Porto e Lisboa, mas não era o caso antes da pandemia...
Cumprimentos
Élvio Meneses

efpmeneses

  • Mensagens: 1134
Ainda ontem LIS-VLC foi operado por A319...
Cumprimentos
Élvio Meneses

brunodias

  • Mensagens: 5512
Não sei se esse gráfico está actualizado ou se é o mesmo do relatório anual do ano passado (ou há dois anos?)..

Enfim, aqui vão alguns bitaites:
- A afirmação dos 35M€ pode vir do sale/leaseback, faria sentido porque também falam em poupar na manutenção, claro que o custo do leasing esse não falam.
- 13 novos E190/E195 para a PGA (novos para a TAP porque certamente serão usados) não serão grande problema, com a entrada em serviço dos E290/E295 e A221/A223 noutras companhias aéreas, deverá haver companhias de leasing com E190/E195 para alugar, falta claro é saber os termos desse leasing.
- Quanto a POA desaparecer, é provável mas, não vejo que seja certo, a legenda do gráfico diz "A330fam", se os 21 no final são todos A339 veremos.
- O fim dos ATR, deixa antever o fim da alta frequência de voos nas pontes aéreas : OPO com frequência bi-horária talvez, e MAD também se em E190/E195. Uma mais que provável diminuição de frequência de outras rotas com menos ocupação (ou mesmo extinção) como SCQ.


Uma nota para o (sempre) péssimo jornalismo nacional, "Será feita uma aposta nos E-Jets, os jatos mais eficientes da Embraer."  leva quase a pensar que vamos ter E2 na PGA.

Eu penso que este grafico não é actual
Quanto ao sale/leaseback, não vejo muito facil de acontecer por 2 razões, as empresas podem ter pouco interesse em comprar alguns dos aviões devido, mas a principal razão, o que pode a tap vender se supostamente já não tem aviões dela?

VidocQ

  • Mensagens: 402
Caro Bruno,

Estou de acordo consigo em relação à idade/data do gráfico, era o que me parecia.

Toquei no assunto do sale & leaseback, porque "nesta altura do campeonato" é bom falar de poupança e redução de custos, e um actor politico ou porta-voz pode dar-se ao luxo de "embelezar" a realidade. A realidade é tal como o Bruno aponta, que hoje, salvo raras excepções, a frota está em leasing, por isso falei do sale / leaseback.


Os 35 M€ da "venda" (+30M€ de poupança em manutenção) são na minha opinião, o retorno antecipado de aeronaves ao lessor. A "compra" de que falam é na minha opinião que encontraram alguém disposto a retomar/"comprar" o contrato de leasing da TAP para os 8 A320fam (ceo's).

Poderiam também falar de sale / leaseback das aeronaves que vêm de fábrica (que são todas em sale & leaseback, mas o transfer do leasing de aeronaves novas parece-me mais improvável visto os valores envolvidos para 8 aeronaves, mas politicamente possivel de confundir)

Mas entre o jornalismo de baixa qualidade e o o que sai da boca de politicos é dificil descodificar.

NOTA: relativamente a sale / leaseback de aeronaves em fim de vida, se não estou em erro os 4 A343 foram alvo de sale & leaseback apenas alguns anos antes de saírem da frota.
A388 / A321(321/32B) / A320(320/32A) / A319 / A318 / A223 / B773(77W) / B738(73H) / B737(73G/73W)
E195 / E190 / E145 / CRJK(X) / CRJ9 / F100 / RJ85 / AT76 / DH8D(NG)
TP / AF / KL / LH / LX / BA / OS / TK / SK / ZI / TO / FR / U2 / EW / A5 / C9 / D8 / UX / EK / V7 / 0B / SN / DY

CS-TUK

  • Mensagens: 348
Porto alegre está a acabar a expansão da pista, logo brevemente será possível utilizar o A330-900 Neo para POA. Estava previsto a ampliação estar terminada em dezembro de 2021, mas mesmo que se prolongue mais um pouco, certamente que podem manter um A330-200 até às obras da pista estarem concluídas

Antes da pandemia as várias frequências LIS-OPO, já estavam a ser quase todas operadas por E190 e quando não era E190, era por A319/A320.

Quanto aos voos operados em ATR:
- Sevilla estava com 3 e ia aumentar para 4 voos diários, certamente conseguem operar com E190
- Valencia estava com 3 voos diários, mas chegou a operar com A319/320 dois voos diários
- Málaga tinha 2 ou 3 voos diários, certamente também conseguem operar com E190
- Bilbao tinha dois diários, e ia aumentar para 3 diários, por isso também devem conseguir operar com E190

Mais complicado é Alicante que tinha 1 voo diário e o Santiago de Compostela que ia iniciar com dois voos diários (mas que este caso podem optar por 1 voo diário em E190)

Havendo 3 voos diários em ATR são 210 passageiros por dia. Num E190 fazendo 2 voos diários são 212 passageiros, por isso nada de complicado, digo eu, e ainda liberta slots para outras rotas, se necessário.

Quanto ao aumento de A321LR, permite fazer muita coisa.. é um avião muito versátil...
Uma vez que tem muitos A330neo, e que têm que lhes dar utilização, talvez tenham que já manter em rotas onde habitualmente já eram utilizados, nem que seja com menos frequências semanais.

Na minha opinião os A321LR poderiam servir operar Natal e Belém aí umas 5 vezes por semana, tornando a rota mais atrativa por ser quase diária, continuar a voar para Maceió e abrir São Luís do Maranhão e alguma outra rota no nordeste que suportasse a operação. Seria muito útil também para abrir novos destinos em África fora do alcance do A320, como referido pelo TAP153.

Se existir muito excesso de A330NEO, podem sempre utilizar numa ou noutra rota europeia onde o volume de passageiros seja muito grande (por exemplo Londres ou Paris) ou onde haja muita carga.

Completamente de acordo. De referir apenas que, se as obras previstas para a linha do norte forem mesmo avante, dentro de poucos anos a ponte aérea como a conhecemos deixará de fazer sentido, mantendo-se a necessidade, quanto muito aí de umas 4 saídas em cada sentido para escoar algum tráfego de ligação e algum tráfego afluente que sempre venha e não mais do que isso.

Faro1910

  • Mensagens: 555
    • És de Faro, és Farense
E A321 XLR, sempre teremos? A meu ver seria um disparate não ter pelo menos alguns, mesmo que encomendas convertidas de A321 LR

nunopinheiro

  • Mensagens: 6705
Não esta nada encomendado, para a TAP não faz muita diferença os destinos que pretendia servir conseguia com o LR, o XLR até foram más noticias para a TAP..  UM XXLR é que já dava muito mais jeito algo que permitisse por exemplo Moçambique ou África do sul sem medo de estar demasiado esticado, bem como ajudar com são Paulo e Rio. Vou meter mapa de ranges aqui



a cada range tirei 300 nm para margem de segurança ventos /alternante

assim temos o LR 4000 nm
o Xlr 4700nm
e um hipotético XXlr 5000nm
« Última modificação: 05 de Abril 2021, 17:11:32 por nunopinheiro »


efpmeneses

  • Mensagens: 1134
Essas previsões de só tirar 300nm ao alcance oficial parecem-me pouco prováveis de acontecer.
Isso permitiria operar LIS-MIA com o A321LR, o que não me parece fazível com o avião com passageiros.

A TAP nem sequer leva o A321LR a Chicago, que é bem menos...

Talvez será necessário tirar no mínimo 500nm e ainda assim já é muito esticadinho....
« Última modificação: 05 de Abril 2021, 17:27:52 por efpmeneses »

Cumprimentos
Élvio Meneses

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
1444 Respostas
195153 Visualizações
Última mensagem 08 de Abril 2021, 16:30:03
por CS-TTV
45 Respostas
4997 Visualizações
Última mensagem 01 de Julho 2015, 01:23:14
por Jorge78
55 Respostas
7575 Visualizações
Última mensagem 29 de Junho 2015, 11:46:29
por carlos cunha
63 Respostas
8353 Visualizações
Última mensagem 26 de Agosto 2016, 14:12:51
por HenriqueP
11 Respostas
1894 Visualizações
Última mensagem 11 de Novembro 2016, 12:54:28
por Jorge78

Total 63+0=63 ms, db 0 ms, php 63 ms