Leia atentamente as regras do fórum. Insultos e ataques pessoais a outros membros serão punidos.

Resposta

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.

Nome:
Email:
Verificação:

Atalhos: pressione alt+s para enviar ou alt+p para pré-visualizar


Resumo do Tópico

Enviado por: Capitão do Fim
« em: 17 de Agosto 2020, 12:11:38 »

Um bocado estranho como é que eles se aperceberam que estavam a ficar sem pista e mesmo assim não meteram em TOGA...

Há vários Factores Humanos que explicam isso. O objectivo da Segurança de Voo é sempre analisar e perceber o que correu menos bem, de modo a retirar lições. Não é atribuir culpas ou responsabilidades.
Enviado por: alf2005
« em: 14 de Agosto 2020, 15:30:57 »

Enviado por: Airlines17
« em: 14 de Agosto 2020, 11:01:47 »

Parece-me que este incidente já aqui foi abordado no fórum e existe uma nota informativa do GPIAAF sobre o incidente no ano transacto.
Enviado por: Spark
« em: 14 de Agosto 2020, 10:42:29 »

Isto aconteceu em Setembro do ano passado? Só foi conhecido agora?
Enviado por: Tomás Ribeiro
« em: 13 de Agosto 2020, 20:26:45 »

Um bocado estranho como é que eles se aperceberam que estavam a ficar sem pista e mesmo assim não meteram em TOGA...
Enviado por: alf2005
« em: 13 de Agosto 2020, 18:57:40 »

An easyJet flight carrying 167 passengers to the UK was one second away from disaster after the pilots misjudged the runway's length by almost a mile.

The Airbus A320 took off from Lisbon Airport with just 110m (361ft) of tarmac remaining after the crew members used the wrong calculations for the runway they used.

Based on the speed it was travelling, in another 1.3 seconds the aircraft would have reached the end of the runway, according to a report by the Air Accidents Investigations Branch (AAIB).

"This could have caused significant damage to the aircraft and its occupants," the report said.

Before the flight to Manchester took-off on 16 September, the pilots carried out calculations for runway 21 at Lisbon Airport but mistakenly used the full length of the runway to make their assessment, according to the AAIB.

Instead, the pilots should have used measurements from the intersection on the runway which they used - a difference of 1,395m (4,577ft) from the full length of the runway, it added.

This meant that when the aircraft was cleared for take-off, the wrong calculations were used to get the plane airborne and threatened the safety of the aircraft, the AAIB said.

According to the report, the pilots noticed there was something wrong as they saw the red and white alternate lights of the last 900m (2953ft) of the runway but they did not select takeoff/go-around thrust.
..
https://uk.yahoo.com/news/easyjet-flight-one-second-crashing-092400597.html
Total 39+0=39 ms, db 0 ms, php 39 ms