Angelo Rosa

  • Mensagens: 1443
Nao me lixem a ida a casa no Natal pa

Citação
O espetro da greve volta a ameaçar a TAP em vésperas de Natal. Os tripulantes representados pelo SNPVAC – Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil. Tudo porque, acusa este sindicato, a administração da companhia aérea nacional, liderada por Fernando Pinto, ter denunciado o Acordo de Empresa dos tripulantes.

Num comunicado publicado pela imprensa na passada sexta-feira, designado ‘Carta Aberta Esclarecimentos Greve TAP’, o SNPVAC acusa: “numa derradeira manobra de esconder a má-gestão operacional, vem a Comissão Executiva [da TAP] denunciar o Acordo de Empresa dos Tripulantes, para tentar forçar os mesmos a uma reação emotiva daqueles que dão diariamente a cara pela empresa e nunca se furtaram ao diálogo”.

“Sabe bem esta Comissão Executiva que seria natural que, provocando mais uma vez uma classe profissional que tudo faz no dia-a-dia para o crescimento da empresa, sacrificando-se em folgas, férias e tempo familiar, sem nunca ver reconhecido o seu esforço, pelo contrário sempre alvo de ataques sistemáticos da sua empresa, convocasse uma greve nesta época natalícia”, promete o SNPVAC. O Jornal Económico tentou obter pormenores sobre a convocação desta greve na TAP junto do sindicato em causa, mas até ao fecho desta edição não foi possível obter qualquer informação.

“Reunidos em assembleia geral, os tripulantes de cabine repudiaram esta provocação”, prossegue o referido comunicado do SNPVAC, considerando que “a TAP, que se diz apologista da cooperação e diálogo, em resposta, denuncia então unilateralmente o Acordo de Empresa, quando legalmente não o poderia fazer”.

“Relembramos que o anterior Executivo (PSD/CDS), aquando da venda da TAP, estabeleceu um acordo que proibia denúncias unilaterais de Acordos de Empresa até janeiro de 2018, abrangendo este acordo todos os trabalhadores da TAP independentemente dos sindicatos que formaram este acordo”, sublinha o referido comunicado do SNPVAC.
O mesmo documento chega ao ponto de precisar que “essa mesma garantia, de não denúncia unilateral de Acordos de Empresa, foi-nos transmitida pessoalmente pelo Dr. Miguel Frasquilho, presidente do conselho de administração da TAP (nomeado pelo atual Governo), e também pelo Secretário de Estado das Infraestruturas, Sr. Prof. Dr. Guilherme d’Oliveira Martins”.

“Perante este cenário, questionamos se o atual Executivo (PS), sustentado por outros três partidos (BE [Bloco de Esquerda], PVP e PEV [Verdes]) permitirá que este acordo de estabilidade para os trabalhadores e para a TAP seja ignorado pela gestão privada”, questiona o comunicado do SNPVAC.

E esta organização sindical prossegue em pressão alta: “o SNPVAC e os tripulantes de cabine da TAP solicitam uma tomada de posição do Governo que garanta aos trabalhadores, aos portugueses e aos passageiros da TAP, estabilidade e uma empresa cada vez melhor”, deixando um recado para António Costa: “Sr. Primeiro-ministro, acreditamos que ‘palavra dada é palavra honrada’”.

O SNPVAC desdobra no comunicado em questão diversas acusações à gestão da companhia aérea nacional: “o Grupo TAP está entregue a portugueses que não mandam e a estrangeiros com avidez de lucros próprios”. O sindicato entende mesmo que “a TAP deveria manter-se ao nível das companhias de bandeira europeias e defender os interesses nacionais, mas tem uma gestão privada cujas opções têm sido maioritariamente pela obtenção de benefícios e mais-valias para a companhia aérea brasileira Azul, cujo acionista maioriário é o Sr. David Neeleman”.


in: http://www.jornaleconomico.sapo.pt/noticias/tripulantes-da-tap-ameacam-com-greve-no-natal-241756#.WikfbQsNUso.facebook
« Última modificação: 08 de Dezembro 2017, 12:02:23 por Jorge78 »


António Costa

  • Mensagens: 17
Pois, as famosas greves seletivas, até dão jeito...

New Engine Option

  • Mensagens: 837
Não há greve absolutamente nenhuma. Ate se decidiu isso na última AG sindical para impedir a tap de colocar o ônus das responsabilidades pelas contas do grupo tap deste ano nos tripulantes.

Além do mais essa notícia tem muitos erros e não se sabe de onde saiu.. falam em pilotos, depois em tripulantes de cabine... enfim uma trapalhada.

Mas o essencial é: não há greve nenhuma à vista, muito menos para o Natal e passagem de ano.

New Engine Option

  • Mensagens: 837
Atente se assim que em nenhum paragrafo do texto o sindicado diz sequer que a greve foi convocada. Esta notícia e toda ela um erro e deve merecer direito de resposta do sindicato para que o teor da mesma seja desmentido.

Angelo Rosa

  • Mensagens: 1443
Obrigado NEO pelo esclarecimento.

New Engine Option

  • Mensagens: 837
Resumindo: o jornal pegou numa carta emitida pelo sindicado e divulgada por este na comunicação social onde acusa a tap de empurrar os tripulantes para uma eventual greve e de estes terem, PRECISAMENTE, dito que está greve não ia ser convocada. Portanto perdoem me mas está notícia ou foi paga por alguém ou então e apenas mais uma face da porcaria de jornalismo que cá de faz. E foi muito conveniente afirmarem que não chegaram à fala o sindicato... pois claro, e mais fácil fazer uma falsa notícia para vender com base em informação divulgada que é precisamente o oposto do que este artigo diz. Lamentável.

AAEK192

  • Mensagens: 280
Tenho uma dúvida - eu no Natal voarei para Lisboa na TAP Express (ponte aérea) operado pela White. Ficarei prejudicado?

Spak

  • Mensagens: 5409
Prejudicado porquê?

New Engine Option

  • Mensagens: 837
Tenho uma dúvida - eu no Natal voarei para Lisboa na TAP Express (ponte aérea) operado pela White. Ficarei prejudicado?

?

MannyV

  • Mensagens: 711
Resumindo: o jornal pegou numa carta emitida pelo sindicado e divulgada por este na comunicação social onde acusa a tap de empurrar os tripulantes para uma eventual greve e de estes terem, PRECISAMENTE, dito que está greve não ia ser convocada. Portanto perdoem me mas está notícia ou foi paga por alguém ou então e apenas mais uma face da porcaria de jornalismo que cá de faz. E foi muito conveniente afirmarem que não chegaram à fala o sindicato... pois claro, e mais fácil fazer uma falsa notícia para vender com base em informação divulgada que é precisamente o oposto do que este artigo diz. Lamentável.

Ainda bem! Eu voo para portugal no dia 23 com a TAP! E volto dia 1 de Janeiro tambem com a TAP!
Que seja mesmo como diz senao o meu nivel de stress vai aumentar muito :P

AAEK192

  • Mensagens: 280
Tenho uma dúvida - eu no Natal voarei para Lisboa na TAP Express (ponte aérea) operado pela White. Ficarei prejudicado?

?

No Natal, farei Porto - Lisboa com a TAP Express (operado pela White) - ficarei prejudicado caso façam greve?

nunopinheiro

  • Mensagens: 1870
Carambas é ler o que o neo escreveu, NÃO VAI HAVER GREVE ALGUMA....end of story...

Carnim

  • Mensagens: 856
È melhor alterar o titulo do tópico xD

FlyTap

  • Mensagens: 91
In DV

“A presidente do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC), Luciana Passo, acaba de garantir ao Dinheiro Vivo que não vão fazer greve no Natal, ao contrário do que foi noticiado.

“O que decidimos na assembleia-geral no final do mês passado é que não há greves no Natal. As críticas à denúncia do acordo empresa é um assunto. Outro é fazer greve. Mas não vamos fazer greve nenhuma no Natal”, afirmou a sindicalista, salientando que o que foi publicado pelo DV, com base numa notícia do Jornal Económico, não é verdade.

Ao contrário do que ambas as notícias referiam, também não são os pilotos que estavam em causa mas os tripulantes de voo.

Luciana Passo recorda que o que já tinha dito no final da assembleia geral do final de Novembro: “Foi aceite por unanimidade na assembleia-geral que não haverá greve, ainda que a TAP nos faça estas maldades. Não queremos criar nenhum problema à empresa, sobretudo nesta altura que iremos enfrentar que é o Natal”.

“Não concordamos com a gestão que está a ser feita, os passageiros da TAP têm sido penalizadíssimos, mas não seremos nós que vamos criar problemas, muito menos com esta abertura do Estado para cumprir os acordos”, acrescentou Luciana Passo.

A presidente do SNPVAC lembrou que em 2015, quando começou a reprivatização, foi assinado um acordo entre a tutela, a TAP e os sindicatos signatários que proibia a denúncia unilateral após 36 meses da assinatura do acordo, que cessaria apenas quando estivesse concluída a reprivatização.

Em causa estão condições de trabalho dos tripulantes da TAP que têm a ver com cargas de trabalho, tempos de descanso ou folgas, matérias que a administração da transportadora aérea queria ver concluídas “em apenas 19 dias” e sob “ameaça de denunciar o acordo”, acrescentou Luciana Passo.

“Acontece que este processo ainda não está findo”, sublinhou.”

New Engine Option

  • Mensagens: 837
Aí está. Vergonha o Jornal Economico.

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
5 Respostas
1078 Visualizações
Última mensagem 30 de Outubro 2014, 10:13:16
por jopeg
2 Respostas
346 Visualizações
Última mensagem 21 de Julho 2015, 10:13:23
por Spak
17 Respostas
1369 Visualizações
Última mensagem 03 de Maio 2017, 12:26:11
por AndreMP
85 Respostas
3124 Visualizações
Última mensagem 23 de Junho 2017, 22:03:32
por brunodias
0 Respostas
175 Visualizações
Última mensagem 20 de Junho 2017, 23:27:10
por AndreMP

Total 60+1=61 ms, db 0 ms, php 61 ms