Angelo Rosa

  • Mensagens: 1434
Relacionado com o Topico Tarifas TAP

Citação
Pagar diretamente à companhia apenas os 86 euros é sinónimo de que a easyJet deixa a linha, ficando a TAP com o monopólio (Áudio)


A easyJet ameaça deixar de voar para a Madeira caso o subsídio de mobilidade seja alterado, no sentido em que o passageiro apenas pague 86 ou 65 euros e a transportadora tenha de fazer um acerto de contas do restante valor com o Estado.

O responsável pela companhia em Portugal considera que ficar à espera de pagamento do Estado é uma prática do passado e é também a razão pela qual a easyJet não voa para as ilhas Canárias.

Em breve os responsáveis pela companhia aérea serão ouvidos na Comissão de Economia na Assembleia da Repúblic,a onde estão a ser debatidas as alterações ao subsídio de mobilidade nas ligações entre a Madeira e os restantes aeroportos portugueses.


http://www.rtp.pt/madeira/economia/easyjet-ameaa-abandonar-rota-funchal-lisboa-_13208

rzo

  • Mensagens: 87

rzo

  • Mensagens: 87
E para quem é residente, penso que também. A concorrência é salutar e deseja-se num mercado aberto.

Snip

  • Mensagens: 203
Concorrência é boa em todo o lado. Foi como já referimos no outro tópico, era retirar o teto máximo dos 400€ e fazer o reembolso por transferência bancária que 90% dos residentes ficariam satisfeitos. Pessoalmente acho que a presença da easyjet é de salutar, e mesmo da TO no caso do Porto. A TO voa num horário em que a TAP não voa e que há um nicho de mercado muito interessante nessa faixa horária.

E sim, acredito que pudesse ser um pesadelo/dor de cabeça logistico para a EZY aplicar o desconto logo a cabeça na altura da reserva

hsousa

  • Mensagens: 216
bom, para quem dizia que o subsidio era feito à medida da TAP, pelos vistos não é...

ptevos

  • Mensagens: 42
Foi Ponta Delgada e agora vai o Funchal....

Jorge78

  • Moderador
  • Mensagens: 2064
A easyJet na minha opinião tem toda a razão, não tem que ser a companhia aérea a ter que esperar pelo dinheiro das passagens.

O Governo tem que encontrar uma solução para que os residentes não saiam prejudicados, assim como as companhias aéreas.

Não compreendo como uma rota que tem tanta procura desde Lisboa só tem 2 companhias a operar entre os dois aeroportos.

Snip

  • Mensagens: 203
Não compreendo como uma rota que tem tanta procura desde Lisboa só tem 2 companhias a operar entre os dois aeroportos.

És tu e eu, até o Porto tem 3 companhias, e FAO chegou a ter a operação da SATA no Verão! Não entendo como é que uma rota como LIS-FNC só tem 2 companhias a voar, ou mesmo como é que a EZY com tanta procura não aumenta no número de voos!

Hawks

  • Mensagens: 264
A Transavia já manifestou em tempos que não havendo margem para crescimento em Lisboa (leia-se disponibilidade de slots), não podem voar para o Funchal. Uma ligação deste cariz tem que ter um determinado número de ligações para ser competitivo (um dos motivos pelos quais a Easyjet desistiu dos Açores).

No extremo oposto temos a TAP com 8 ligações diárias, uma posição historicamente dominante que tem propensão a secar tudo à volta.

Rex

  • Mensagens: 380
O modelo espanhol com as Canárias e Baleares que existe há muitos anos e parece bastante simples não pode ser usado cá?
É aplicado simplesmente um desconto de 50% logo na reserva para quem previamente se certificou como residente, desconto excluindo extras, promoções, classe superior, etc, em que depois o dinheiro do subsidio é tratado apenas directamente entre as companhias e o Estado.

https://www.easyjet.com/es/terminos-y-condiciones/residentes-en-las-islas-baleares
https://www.ryanair.com/es/es/informacin-util/centro-de-ayuda/faq/como-realizar-una-reserva/que-es-un-descuento-de-residente-espanol
http://www.iberia.com/es/preguntas-frecuentes/residentes/

Ou esse modelo devido à menor concorrência na Madeira e Açores comporta riscos maiores ?

Jorge78

  • Moderador
  • Mensagens: 2064
És tu e eu, até o Porto tem 3 companhias, e FAO chegou a ter a operação da SATA no Verão! Não entendo como é que uma rota como LIS-FNC só tem 2 companhias a voar, ou mesmo como é que a EZY com tanta procura não aumenta no número de voos!

A Sata abandonou a rota LIS-FNC há vários anos e não me parece que a venham a retomar, segundo eles a rota deu milhões de prejuízo.

Tendo code share com a TAP , acabavam apenas por ser um complemento à oferta da TAP e não um claro concorrente.

Transavia seria uma boa opção, mas a entrar teria que ter slots disponíveis e entrar com força.

Everjets já foi aqui mais que debatido, amadorismo ao mais alto nível...

Ryanair já sabemos porque não entra (infelizmente, os passageiros iam agradecer os preços)

Vueling não deve ter interesse.

easyJet é pena não aumentar a oferta com mais um vôo por dia.

Sinceramente, não estou a ver novidades nos próximos tempos.

350XWB

  • Mensagens: 131
Mercado aberto é de salutar? Mercado ou mercantilismo? Cartel talvez...

Venham daí os 86 euros sff!

Há famílias que não têm 700 euros para trazer o filho a casa no Natal! Isto não é só sobre o umbigo de quem comenta neste forum! É sobre colocar-se nos pés de quem tem mais dificuldades que nós.

A Easyjet quer sair? Façam o favor... agora uma lowcost que cobra o mesmo que a TAP... podem ir enganar outro. Já vão tarde.
A310, A319, A320, A321, A330-200, A330-300, A340-600, A380, B737-200, B737-300, B737-800, B737-900, B757-200, B747-8i, CRJ200, CRJ900, CRJ1000, EMB145

brunodias

  • Mensagens: 3350
Eu nem sabia que havia alguma lei que proibia as low cost de pedirem o mesmo que as companhias de bandeira

Rex

  • Mensagens: 380
O modelo espanhol com as Canárias e Baleares que existe há muitos anos e parece bastante simples não pode ser usado cá?
É aplicado simplesmente um desconto de 50% logo na reserva para quem previamente se certificou como residente, desconto excluindo extras, promoções, classe superior, etc, em que depois o dinheiro do subsidio é tratado apenas directamente entre as companhias e o Estado.

https://www.easyjet.com/es/terminos-y-condiciones/residentes-en-las-islas-baleares
https://www.ryanair.com/es/es/informacin-util/centro-de-ayuda/faq/como-realizar-una-reserva/que-es-un-descuento-de-residente-espanol
http://www.iberia.com/es/preguntas-frecuentes/residentes/

Ou esse modelo devido à menor concorrência na Madeira e Açores comporta riscos maiores ?

Ninguém tem opinião?

Hawks

  • Mensagens: 264
Canárias é um mercado de grande dimensão. Não só tem vários operadores a ligar as principais ilhas ao continente espanhol bem como são disponibilizados por semana alguns milhares de lugares por via marítima. Embora o barco possa não ser uma concorrência direta ao transporte aéreo, em última instância pode ser opção para quem não quiser pagar os devaneios das companhias aéreas.

O modelo que incida sobre uma percentagem do bilhete parece-me o mais justo, porque obrigaria as companhias a concorrer entre si, mas não protege os residentes nos períodos críticos se a concorrência estiver limitada a 2 operadores.

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
18 Respostas
1589 Visualizações
Última mensagem 03 de Abril 2015, 22:41:16
por tareias77
5 Respostas
520 Visualizações
Última mensagem 17 de Agosto 2015, 21:58:58
por T. Rua
1 Respostas
374 Visualizações
Última mensagem 25 de Novembro 2015, 18:44:56
por fxgaveiro
10 Respostas
972 Visualizações
Última mensagem 02 de Outubro 2016, 18:56:35
por AvGeekDiogo
69 Respostas
2127 Visualizações
Última mensagem 06 de Abril 2017, 11:46:33
por Jorge78

Total 62+0=62 ms, db 0 ms, php 62 ms