Franmed

  • Mensagens: 1757
Certo.
Uma decisão per si idiota quando a mesma inclui Açõres e Madeira...

Uma boa camuflagem face à inacção da TAP no lançamento de rotas a partir de Faro...

Era mais do que óbvio. Desde Abril que o R.Unido está com problemas com a variante indiana e Portugal está a começar a sentir os mesmos efeitos.

O que é estranho é não terem colocado países como Malta ou Finlândia. Parece óbvio que enquanto os casos estiveram a subir no R.Unido não vão adicionar mais países ou regiões

E atenção que há nova mutação que combina a indiana com a sul-africana
« Última modificação: 03 de Junho 2021, 20:52:17 por Franmed »


Hawks

  • Mensagens: 1166
O governo britânico há uma semanas atrás tinha dito que os países da lista verde iriam passar para um nível intermédio de "watchlist" para evitar situações como a do ano passado de  viajantes a correr para o RU em 2 ou 3 dias, a pagar valores absurdos e a inundar aeroportos. Na decisão de hoje Portugal passa diretamente para a lista laranja. Mais uma vez, parece-me uma decisão com pouco critério sanitário e o principal objectivo é demover fortemente os britânicos de viajar este verão (sem proibir) e promover as "staycations".
« Última modificação: 03 de Junho 2021, 21:16:40 por Hawks »


toto1100

  • Mensagens: 6303
Tecnicamente é proibido viajar para turismo para os paises nao-verdes. Não há é punição.

Mas não tinha ouvido essa da watchlist. O que ouvi é que iam "tentar" anunciar mudanças pelo menos 7 dias de antecedência (mas afinal só deram 5...). Mas também sempre disseram que se fosse preciso podiam mudar as coisas de um dia para o outro (coisa repetida ainda hoje pelo Boris)

Hawks

  • Mensagens: 1166
Tecnicamente é proibido viajar para turismo para os paises nao-verdes. Não há é punição.

Mas não tinha ouvido essa da watchlist. O que ouvi é que iam "tentar" anunciar mudanças pelo menos 7 dias de antecedência (mas afinal só deram 5...). Mas também sempre disseram que se fosse preciso podiam mudar as coisas de um dia para o outro (coisa repetida ainda hoje pelo Boris)

Não é tecnicamente proibido voar para destinos Amber. Dependendo da classificação do FCDO pode é um destino estar catalogado como "essential travel only" o que tem impactos em termos de seguros. Por exemplo, as ilhas Canárias estavam na lista Amber, mas o FCDO não tinha um "essential travel only" em vigor para as Canárias. Os britânicos podiam viajar para as Canárias e os seus seguros continuavam válidos, simplesmente tinham que cumprir a quarantena e 2 testes à chegada ao RU. Mas havia destinos na lista Amber que estavam catalogados com "essential travel only". A TUI tem estado a operar package holidays para algumas ilhas gregas, embora a Grécia esteja na lista Amber.

Detalhes sobre a watchlist:

https://www.google.com/amp/s/www.independent.co.uk/travel/news-and-advice/green-list-amber-watchlist-summer-holiday-b1857607.html%3famp

TAP153

  • Mensagens: 1655
Aproveitou quem quis, é só ver os 17 B777 que a BAW vai meter em Faro nos próximos dias.

toto1100

  • Mensagens: 6303
É proibido sim. Para nao-verdes só viagens "essenciais" são permitidas.
O Ministro dos Transportes ainda ontem disse ""We've said you should only go to amber countries in exceptional circumstances."
Mas é como o outro, não é permitido, mas se fizeres não te acontece nada.

Isso é separado da lista do FCO.
Estas regras todas são para entrar em Inglaterra; País de Gales e Escocia tem regras diferentes (o Pais de Gales costuma seguir a 100% as de Inglaterra, a Escócia varia mais); as indicações da FCO são para todo o RU.
O ano passado até houve vários casos em que o FCO nao impunha restricoes e o "resto do governo " obrigava a quarentena em Inglaterra.

Obrigado pelo link da watchlist.

Hawks

  • Mensagens: 1166
Não há qualquer lei que proíba viajar para destinos Amber. Com ou sem punição. Há um pedido do governo britânico para que as pessoas não viajem para destinos Amber ou só ou façam para questões "excepcionais". Mas é um apelo à responsabilidade individual, não tem força de lei nem as pessoas são questionadas no aeroporto se a viagem é essencial.

Não havendo proibição, a referência dos britânicos são os "travel advice" do FCO porque é o que tem impacto em termos de seguros de viagem e reembolsos. Neste momento, embora quase todos os destinos turísticos sejam Amber, há uns para os quais o FCO não desaconselha viagens não-essenciais. Por exemplo: Rhodes, Kos, Zakynthos, Corfu, Creta, Canárias, Malta e Portugal (ainda não houve actualização em relação ao nosso país). Espanha continental está na lista Amber E na lista do FCO de desaconselhamento de viagens não-essenciais. Os operadores turísticos como a TUI têm estado a operar para destinos Amber para os quais o FCO não desaconselha viagens, com uma operação reduzida é certo porque a procura é afectada pela quarentena obrigatória e múltipla testagem no regresso.
« Última modificação: 04 de Junho 2021, 08:44:04 por Hawks »


Franmed

  • Mensagens: 1757
Mas alguém consegue-me explicar-me porque raio queremos milhares de turistas de um país altamente infectado com um variante perigosa ?

Se calhar deveriamos agradecer ao Boris, pois o nosso governo não protege a população

Estamos outra vez na fase da negação do evidente.

A discussão deveria ser "porque ainda não colocamos os passageiros do R.Unido em quarentena ?

nunopinheiro

  • Mensagens: 6721
Folgo em saber que o Franmed, já se preocupa com a saúde dos portugueses e o Covid, "mais vale tarde do que..." no entanto olhando para a taxa de mortalidade acho que agora podemos estar um bocadinho menos preocupados, se ficarmos todos infetados mas ninguém morrer acho que é um problema menor.
« Última modificação: 04 de Junho 2021, 09:32:49 por nunopinheiro »


Franmed

  • Mensagens: 1757
Folgo em saber que o Franmed, já se preocupa com a saúde dos portugueses e o Covid, "mais vale tarde do que..." no entanto olhando para a taxa de mortalidade acho que agora podemos estar um bocadinho menos preocupados, se ficarmos todos infetados mas ninguém morrer acho que é um problema menor.

A saúde não se resume ao COVID....e como sempre disse, nem 8, nem 80.

Passamos do abrir com cautelas para o abrir tudo. É um absurdo que, sabendo o problema do R.Unido, tivessemos aberto as p**** para esta nova variante.
« Última modificação: 04 de Junho 2021, 10:26:22 por Franmed »


nunopinheiro

  • Mensagens: 6721
olhe para a correlação entre mortos e infetados, é vital para se perceber a coisa...
Ver o numero de pessoas em unidade de cuidados intensivos que consistentemente tem vindo a cair, indicando que a gravidade quer em valores absolutos como por numero e infetados esta a reduzir.
« Última modificação: 04 de Junho 2021, 11:32:24 por nunopinheiro »


Franmed

  • Mensagens: 1757

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
701 Respostas
171787 Visualizações
Última mensagem 07 de Junho 2021, 17:27:36
por eduopo
100 Respostas
33032 Visualizações
Última mensagem 04 de Janeiro 2015, 13:01:41
por arturmeireles
476 Respostas
101391 Visualizações
Última mensagem 28 de Janeiro 2021, 22:34:29
por MiguelRei
20 Respostas
6137 Visualizações
Última mensagem 27 de Setembro 2018, 22:21:06
por Hawks
0 Respostas
1605 Visualizações
Última mensagem 04 de Março 2015, 13:06:13
por Mariovieira

Total 56+0=56 ms, db 0 ms, php 56 ms