Mensagens recentes

1
TAP / Re: TAP Portugal- Novidades Frota
« Última mensagem por iloper em Hoje às 00:32:23 »
muito bom

Venha ele!
2
TAP / Re: TAP Portugal- Novidades Frota
« Última mensagem por Rafael6 em Ontem às 23:32:38 »
3
Acidentes / Re: Acidente em Havana - 737 Global Aerolineas Damojh
« Última mensagem por finhinho em Ontem às 23:14:46 »
Cultura geral para quem não está ligado à Manutenção:

Citação
https://pt.linkedin.com/pulse/curva-da-banheira-na-engenharia-manuten%C3%A7%C3%A3o-mario-pego
4
Acidentes / Re: Acidente em Havana - 737 Global Aerolineas Damojh
« Última mensagem por brunodias em Ontem às 22:15:48 »
Alguns c130 da força aerea já tem 40anos e o que teve o acidente não foi por materiais ou manutenção
Quantos de voçês voam em cessnas com mais de 30anos?

Eu já voei, curiosamente no cs-ava
5
Se a Icelandair falhar a compra da Sata, a S4 fecha na semana seguinte.
Não há estratégias, não há visão, não há nada. Apenas vontades divinas para haver Jobs for the boys.
Enquanto isso, a TAP e a Ryanair vão comendo mercado mês após mês. A Terceira já nem vale a pena para a companhia açoriana e segue-se São Miguel com a aposta em força por parte da TAP.
Tal como em qualquer palco de negócios, quem se projecta a longo prazo são aqueles que têm planos, metas e fins.
6
E as pessoas apanham de facto outros aviões para ir para o Praia. E para o Sal. E para São Vicente. E para a Boavista. E por aqui me fico. :)
7
Acidentes / Re: Acidente em Havana - 737 Global Aerolineas Damojh
« Última mensagem por Hawks em Ontem às 19:56:18 »
Existem factores de risco associados à idade cronológica da aeronave, não apenas aos ciclos a que foi sujeita. A corrosão, que pode diminuir substancialmente a vida expectável dos componentes, é um desses factores de risco. É preciso ter em conta que alguns destes factores podem escapar às actividades de manutenção periódicas. As próprias actividades de manutenção, sendo um garante de segurança, têm também um grau de risco associado. A história mostra vários exemplos de aeronaves que tiveram acidentes ou incidentes graves em voos imediatamente subsequentes a actividades de manutenção. Nesse sentido, probabilisticamente falando, não creio que se possa dissociar completamente a idade da aeronave de acidentes.
8
Aviação Comercial / Re: ATR vs jet qualquercoisa
« Última mensagem por VNE em Ontem às 19:47:17 »
Toda a gente sabe porque é que a TAP utiliza os ATR na ponte aérea.

A Azul precisava urgentemente de despachar alguns, a maior parte veio para a TAP...

É pena a azul não ter para despachar alguns A380, senão teríamos uma ponte aérea em grande!!!!  ;D ;D ;D ;D
Já agora os ATR não vieram para a TAP, são da White, e para o tipo de percurso e nº de voos que fazem, dificilmente a TAP arranjaria um produto mais eficiente.


É pena a Azul não ter comboios para despachar :) :)
9
A comunidade cabo-verdiana ronda as 400.000 pessoas nos estados de Massachusetts, Connecticut, Rhode Island e NY. Creio ser este o mercado que a Sata pretende captar não o turista açoriano.

TACV retomou recentemente a rota directa BOS - RAI e isso deve estar a reflectir-se.
10
Se a Iceland desistir de comprar os 49% (que é o que eu acredito que aconteça) a solução passa por fechar e abrir na porta ao lado, ou acabar de vez com a Azores Airlines e ficar a Air Açores com o que for rentável.

A Icelandair apresentou 35 milhões de prejuízo e está a vender ativos

Contudo também falam em procurar novas bases para expansão

Estão a sofrer muito com a WOW Air e o arrefecimento do turismo na Islãndia

Tópicos populares

Últimos tópicos ativos

Goste da nossa página no Facebook

Procurar

Total 58+40=98 ms, db 0 ms, php 98 ms