Leia atentamente as regras do fórum. Insultos e ataques pessoais a outros membros serão punidos.

Resposta

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.

Nome:
Email:
Verificação:

Atalhos: pressione alt+s para enviar ou alt+p para pré-visualizar


Resumo do Tópico

Enviado por: Maia
« em: 14 de Fevereiro 2019, 18:52:22 »

VGO tem apenas a Binter para TFN 2wx e fazendo uma pesquisa  rápida para Março um residente paga 120€ i/v. Na FR desde OPO fica por metade.

Certamente é uma opção para alguns.
Enviado por: caparica
« em: 14 de Fevereiro 2019, 11:43:39 »

A diáspora galega tem desconto, viajando de aeroportos espanhóis, assim como os Açorianos e Madeirenses cá.
Enviado por: Maia
« em: 14 de Fevereiro 2019, 10:10:43 »

Porque a TAP ainda não voa para PMI, fiz a alguns anos atrás um voo LIS-PMI na NIKI.
Se as rotas para as canárias está a ser um sucesso porque não para PMI?

Concordo completamente. Se LPA perspetiva-se que PMI funcione ainda melhor.

Desde OPO a FR opera TFS, PMI e LPA todo o verão IATA e claro que os voos andam sempre lotados.

Este Inverno está a opeŕar TFS 1xw e os resultados são diria eu muito positivos com LF de 73% em Janeiro.

Poderá ser a diáspora galega radicada nas Canarias a contribuir não sei mas se calhar outra rota das acima podera tambem passar a anual pois creio ter potencial.
Enviado por: Tiago Maia
« em: 13 de Fevereiro 2019, 22:40:14 »

O ano passado fiz, nas férias, Ryanair opo-bcn-pmi-bcn-opo... Por meia dúzia de patacas.

Claro que aluguei carro e hotel foi na página do hotel 4* com TI

Total para duas pessoas na 1 semana outubro: 500€
Enviado por: toto1100
« em: 13 de Fevereiro 2019, 06:53:17 »

Desses, de Chicago só para Palma é que é mais longe que o Hawaii.
O Hawaii é longe como o raio: fica tao perto Lisboa de Moscovo, como Sao Francisco de Honolulu.
Enviado por: JB
« em: 12 de Fevereiro 2019, 23:42:18 »

Aprende geografia. PF.
JB
Enviado por: Pepper456
« em: 12 de Fevereiro 2019, 21:13:46 »

Estão aí a falar muito de PMI, mas acho estranho e muito estúpido eles não terem voos intercontinentais, com quase 30M pax pelo, menos já deveriam ter uma DY a fazer PMI-JFK/YYZ/YUL/ORD ou então uma delta ou United ou AA.
E a Emirates não estar ainda lá e surreal.
Para não falar do mercado asiático que poderá ter potencial não?

E que os americanos precisam mesmo de voar 7 ou 8 horas para irem a praia? Temos a Florida, o Mexico, Bahamas, Caribe como vizinhos e praias muito superiores.
E os asiaticos? Praias boas e melhores e o que nao falta por la.
JB
JB
Por aí daqui ninguém daqui para Punta Cana, Havana ou Cancun? Mas para o passageiro da costa este até Chicago deve ser mais perto ir para as Baleares/Canárias/Cabo Verde do que ir para o Hawaii não?
Enviado por: Cebola
« em: 12 de Fevereiro 2019, 19:28:37 »

Alguem sabe quais os apoios possiveis a uma companhia aerea por parte da ANA, tipo o que se vê por parte da AENA?
Digo isto, pois julgo que seria pertinente para atrair mais voos nas épocas baixas, em especial os de maior folga tipo Faro.
Enviado por: Faro1910
« em: 12 de Fevereiro 2019, 16:27:03 »

É evidente o nosso sucesso, a Oeste de Madrid, "manda" Portugal.

O Porto consegue ser de longe o maior aeroporto do nordeste peninsular.  ;D

Faro consegue ser ainda o maior aeroporto do sudoeste peninsular.  ;D

Lisboa conseguiu passar de 24% do tráfego de Madrid para 51% em menos de uma década.  ;)
Enviado por: A7-ANA
« em: 12 de Fevereiro 2019, 13:03:59 »

Porque a TAP ainda não voa para PMI, fiz a alguns anos atrás um voo LIS-PMI na NIKI.
Se as rotas para as canárias está a ser um sucesso porque não para PMI?
Enviado por: Cebola
« em: 12 de Fevereiro 2019, 12:39:53 »

Em anexo os numeros de PMI de 2017 (2018 é muito semelhante em termos de numeros sendo, ainda assim, positiva a variação) onde podemos ver que a Alemanha representa cerca de 1/3 do volume... Tambem muito expressivo é a ligação a Barcelona de onde deve provir muitos dos PAX de origem fora Europa.
Reparem lá no programa de incentivos que a AENA tem, indo ao encontro dass "necessidades" do destino, ou seja, maior apoio para voos fora epoca alta ou dias de maior trafego.
Como mencionado anteriomente, "o algodão não engana", o turismo é sem duvida o grande sector representando 75% do volume do aeroporto.
Enviado por: lockheed
« em: 12 de Fevereiro 2019, 09:32:23 »

E PMI precisa de voos desses mercados para alimentar o turisml? Só para a Alemanha é uma verdadeira ponte aérea que movimenta creio que mais de 10M pax/ano. A Luftansa chegava a voar com o A340-600 para lá.

Um dos primeiros voos para treino de tripulação dos A380 na Lufthansa foi mesmo para PMI.
Enviado por: toto1100
« em: 12 de Fevereiro 2019, 07:12:53 »

Estão aí a falar muito de PMI, mas acho estranho e muito estúpido eles não terem voos intercontinentais, com quase 30M pax pelo, menos já deveriam ter uma DY a fazer PMI-JFK/YYZ/YUL/ORD ou então uma delta ou United ou AA.
E a Emirates não estar ainda lá e surreal.
Para não falar do mercado asiático que poderá ter potencial não?

Quem decide para onde voar sao as companhias aereas, nao sao os aeroportos (embora estes possam dar incentivos). Se essas companhias nao voam para lá é porque não querem.
Enviado por: Hawks
« em: 11 de Fevereiro 2019, 23:45:08 »

Estão aí a falar muito de PMI, mas acho estranho e muito estúpido eles não terem voos intercontinentais, com quase 30M pax pelo, menos já deveriam ter uma DY a fazer PMI-JFK/YYZ/YUL/ORD ou então uma delta ou United ou AA.
E a Emirates não estar ainda lá e surreal.
Para não falar do mercado asiático que poderá ter potencial não?
 

E PMI precisa de voos desses mercados para alimentar o turisml? Só para a Alemanha é uma verdadeira ponte aérea que movimenta creio que mais de 10M pax/ano. A Luftansa chegava a voar com o A340-600 para lá.
Enviado por: eascensao
« em: 11 de Fevereiro 2019, 23:41:13 »

Quer nas Ilhas Baleares como nas Ilhas Canárias (como também, por exemplo, na Madeira) houve uma alteração muito significativa no 'formato' do Turismo e onde antigamente era quase exclusivo o turismo contratado a operadores turísticos em pacotes que incluiam o transporte de avião, o transfer para o hotel, o alojamento e uma extensa oferta de excursões ou actividades, hoje existe uma componente cada vez maior de turistas que adquirem a sua passagem aérea (e as low cost têm papel significativo neste âmbito), escolhem o seu hotel com recurso aos inúmeros portais da/na Internet e recorrem ao aluguer de carro para suprir a necessidade de transfer entre o aeroporto e o alojamento e o aproveitam para dispensar as excursões.

Esta alteração abriu a porta ao aparecimento de rent-a-car uns atrás dos outros, cada um a praticar preços mais baixos que o outro, e a um significativo excesso de oferta ... é posível alugar carros em qualquer um destes destinos a menos de 10€/dia ... e o congestionamento no trânsito e a flata de estacionamento são reflexo disso com forte penalização para os residentes.

Idem quanto ao aparecimento de operadores de outras actividades, passeios marítimos por exemplo, já que esse mercado deixou de estar tão dependente dos grandes operadores turísticos e dos seus guias ...


Na realidade que conheço melhor, a Madeira, os operadores locais que ainda oferecem excursões fazem-no ao mesmo preço ou a preço inferior ao que praticavam há anos atrás ... os rent-a-car aparecem que nem cogumelos e os preços por semana são inferiores aos que há anos eram praticados por dia ...

E, por exemplo, acabo de alugar uma viatura intermédia, com caixa automática, em Junho, por 7 dias numa ilha das Canárias por menos do que me custaria o transfer de 2 adultos e 2 crianças entre o Aeroporto e o Hotel ...
Total 109+0=109 ms, db 0 ms, php 109 ms