david1990

  • Mensagens: 802
  • Airbus A320 - Boeing 777 - Boeing 747
Não, a Emirates voa com 777.
Ambos os 777/787 têm o nome de Dreamliner :)
Desculpa, mas muita gente chama este boeing (777) de forma errônea de Dreamliner mas isso aplica-se apenas ao 787. Desculpa pelo erro ;)
« Última modificação: 24 de Fevereiro 2014, 22:15:18 por david1990 »


ruialves

  • Moderador
  • Mensagens: 757
Apesar de não ser a pessoa mais indicada para responder de forma cabal a isto, cá vai o que acho.

A compra de um avião depende de muitos factores... estes acho que são os principais:
  • Politico, desde logo!
  • Financiamento
  • Adequação à rota (ocupação média, infra-estruturas necessárias)
  • Posicionamento estratégico e de médio-longo prazo da companhia e quais as perspectivas de crescimento (novos mercados/rotas)
  • Tripulações e manutenção

O Politico nem toco, o financiamento é o que se sabe, pelo que está morto à partida.
Ainda assim, se estes 2 estivessem OK...

As rotas que a companhia faz/pensa fazer com essa mesma aeronave, ao longo de todo o ano.
Ter um aviao de 250/300 passageiros é muito diferente de ter um aviao de 500 pax...
E isso mesmo está reflectido na historia da TAP que já teve aviões 747 no passado.
Quanto mais proximo dos 100% de ocupação melhor. Lugares vazios é dinheiro perdido, embora a carga jogue uma parte muito significativa na operação aérea.

Nas rotas possíveis e as instalações necessárias para receber esse aparelho, no caso da TAP, e sem pensar em novos mercados, que opções poderiam ser viáveis?
LAD? GRU? EWR?
Julgo que nenhum dos casos está preparado.
O caso mais recente é GRU em que a Air France pensava usar o 380 durante o Mundial e nao vai faze-lo.

Quanto a tripulações e manutenção...
Ter UM único 380 seria desastroso, ter vários provavelmente um mega buraco financeiro.

E a lista poderia continuar :)

Por isso, acho que A380 com cores da TAP... só mesmo no virtual ;)
--
Cmps,
Rui Alves


david1990

  • Mensagens: 802
  • Airbus A320 - Boeing 777 - Boeing 747
Apesar de não ser a pessoa mais indicada para responder de forma cabal a isto, cá vai o que acho.

A compra de um avião depende de muitos factores... estes acho que são os principais:
  • Politico, desde logo!
  • Financiamento
  • Adequação à rota (ocupação média, infra-estruturas necessárias)
  • Posicionamento estratégico e de médio-longo prazo da companhia e quais as perspectivas de crescimento (novos mercados/rotas)
  • Tripulações e manutenção

O Politico nem toco, o financiamento é o que se sabe, pelo que está morto à partida.
Ainda assim, se estes 2 estivessem OK...

As rotas que a companhia faz/pensa fazer com essa mesma aeronave, ao longo de todo o ano.
Ter um aviao de 250/300 passageiros é muito diferente de ter um aviao de 500 pax...
E isso mesmo está reflectido na historia da TAP que já teve aviões 747 no passado.
Quanto mais proximo dos 100% de ocupação melhor. Lugares vazios é dinheiro perdido, embora a carga jogue uma parte muito significativa na operação aérea.

Nas rotas possíveis e as instalações necessárias para receber esse aparelho, no caso da TAP, e sem pensar em novos mercados, que opções poderiam ser viáveis?
LAD? GRU? EWR?
Julgo que nenhum dos casos está preparado.
O caso mais recente é GRU em que a Air France pensava usar o 380 durante o Mundial e nao vai faze-lo.

Quanto a tripulações e manutenção...
Ter UM único 380 seria desastroso, ter vários provavelmente um mega buraco financeiro.

E a lista poderia continuar :)

Por isso, acho que A380 com cores da TAP... só mesmo no virtual ;)
Desculpa a ignorância mas tu é alguém sabem porque é que a TAP desistiu de voar com os 747? Nunca soube ...

ruialves

  • Moderador
  • Mensagens: 757
Citação
TAP purchased Boeing 747s during the 1970s, replacing their Boeing 707s; but they were eventually sold due to lack of demand. They were replaced by Lockheed TriStars and Airbus A310s on long-haul routes.
in http://en.wikipedia.org/wiki/TAP_Portugal

Depois disto entrou-se na era Airbus.
--
Cmps,
Rui Alves


ClearedForTakeOff

  • Moderador
  • Mensagens: 1333
    • Aviation Blog
Eu acho que o aeroporto de lisboa pode receber um A380 porque  o unico  problema era o terminal nao havia espaço mas com estas obras recentes ja pode. Acho eu.

Mas um problema. Há hangar para este aviao?

Caro o A380 deve ser operado em gares onde há dois andares com mangas para embarcar, c.c. levaria uma eternidade.

ClearedForTakeOff

  • Moderador
  • Mensagens: 1333
    • Aviation Blog

Desculpa a ignorância mas tu é alguém sabem porque é que a TAP desistiu de voar com os 747? Nunca soube ...

A perda das colónias, sobretudo.
Dois dos 747 foram embora logo após a descolonização, em 1976, e o 5º nunca chegou a ser entregue.
A entrada de trimotores de longo curso que asseguram alcances maiores que o 707, suficientes para voos de longo curso em que 747 não se justificava, tal como o DC-10 e o Tristar tornaram inviável voar 747s com meia casa. E nos anos 80 tomaram a liderança os bimotores.
« Última modificação: 01 de Março 2014, 17:37:29 por ClearedForTakeOff »


Rex

  • Mensagens: 1327
A perda das colónias, sobretudo.

Exacto. Nos anos 60 quando já se discutia o novo aeroporto de Lisboa falava-se que o aeroporto teria que ser construído para suportar 100 milhões passageiros  :D




Quanto ao A380, penso que não se ajusta minimamente ao negócio da TAP. Aliás, pelo que vamos vendo, ajusta-se a muitas poucas companhias/rotas, quer A380 quer B747-8I andam a patinar bastante nas vendas, se calhar vão ser a última geração de quadri-motores comercias de longo curso dado o enorme progresso que se tem verificado no design/fabrico de motores.
O B777X vai canibalizar o mercado do B747-8I e a Airbus provavelmente também acabará por avançar com um hipotético A350-1100 que comerá mercado ao A380.

david1990

  • Mensagens: 802
  • Airbus A320 - Boeing 777 - Boeing 747
A perda das colónias, sobretudo.

Exacto. Nos anos 60 quando já se discutia o novo aeroporto de Lisboa falava-se que o aeroporto teria que ser construído para suportar 100 milhões passageiros  :D




Quanto ao A380, penso que não se ajusta minimamente ao negócio da TAP. Aliás, pelo que vamos vendo, ajusta-se a muitas poucas companhias/rotas, quer A380 quer B747-8I andam a patinar bastante nas vendas, se calhar vão ser a última geração de quadri-motores comercias de longo curso dado o enorme progresso que se tem verificado no design/fabrico de motores.
O B777X vai canibalizar o mercado do B747-8I e a Airbus provavelmente também acabará por avançar com um hipotético A350-1100 que comerá mercado ao A380.
Sinceramente duvido ... e enganaste se pensas que o A380 anda a patinar nas vendas. Neste ano é certo que ainda não teve encomendas mas daí a dizer que é o fim dos quadri motores é exagero ... Falava-se que o 787 ia ser uma bomba e a unica bomba era as baterias que usava :D

lockheed

  • Mensagens: 1391
  • You are not in Kansas anymore!...
Para mim as rotas viáveis para o A380 era GRU, GIG e LAD!  ???

Rex

  • Mensagens: 1327
Sinceramente duvido ... e enganaste se pensas que o A380 anda a patinar nas vendas. Neste ano é certo que ainda não teve encomendas mas daí a dizer que é o fim dos quadri motores é exagero ... Falava-se que o 787 ia ser uma bomba e a unica bomba era as baterias que usava :D

O 747-8I desde 2005 (em 9 anos) tem apenas 51 encomendas (+69 na versão cargueiro F).
O A380 desde 2000 (em 14 anos)  tem 304 encomendas.

Ora, o 777X em poucos meses após o lançamento no ano passado, já acumula 280 encomendas...

Claro que ninguém sabe como será o futuro. Por um lado a crise global baralhou as previsões de aeroportos congestionados e necessidade de aviões de grande capacidade como o A380, por outro lado, quando sairmos, se sairmos esperemos, deste quadro recessivo, a pressão em alta do preço do petróleo também regressará rapidamente e em força, e o custo de combustível é o maior problema para A380/747.

ClearedForTakeOff

  • Moderador
  • Mensagens: 1333
    • Aviation Blog
Para mim as rotas viáveis para o A380 era GRU, GIG e LAD!  ???

Há que ver o perfil do passageiro que vem desses sítios, pode não ser o mesmo que vai para LHR, FRA ou CDG.
A TAP não tem 1ª classe sequer nos 330/340 por alguma razão.

david1990

  • Mensagens: 802
  • Airbus A320 - Boeing 777 - Boeing 747
Para mim as rotas viáveis para o A380 era GRU, GIG e LAD!  ???

Há que ver o perfil do passageiro que vem desses sítios, pode não ser o mesmo que vai para LHR, FRA ou CDG.
A TAP não tem 1ª classe sequer nos 330/340 por alguma razão.
Embora a TAP não tenha primeira classe, digo que a classe executiva (tap| executive) é largamente superior a algumas 1as classes ee algumas comoanhias aéreas ...

FabioP

  • Mensagens: 50

É assim tão diferente?
Eu como nunca vi nenhum A380, não posso comentar sequer a largura das asas, mas já vi o AN124 e garanto que é bastante largo de asas...  ;)
Eu já vi e é um monstro! A asa é tão grande que num aeroporto da Alemanha que está ao lado de uma auto-estrada, onde um Airbus está a taxiar para descolar, a asa cobriu a errada inteira ou seja, os automóveis estavam a passar mesmo abaixo daquilo, penso que a asa é uma grande desvantagem deste modelo e devia de ser corrigido.

Se os dados não mentirem, a diferença de tamanho entre o A380 e o AN124 não é assim tão grande...

Comprimento:
A380 - 73,00 Mts
AN124 - 69,10 Mts

Largura:
A380 - 79,80 Mts
AN124 - 73,30 Mts

Altura:
A380 - 24,10 Mts
AN124 - 20,78 Mts

Penso que não haveria problema em LPPR em receber o A380, desde que seguissem o método de trabalho que usam com o Antonov...  ;)

david1990

  • Mensagens: 802
  • Airbus A320 - Boeing 777 - Boeing 747

É assim tão diferente?
Eu como nunca vi nenhum A380, não posso comentar sequer a largura das asas, mas já vi o AN124 e garanto que é bastante largo de asas...  ;)
Eu já vi e é um monstro! A asa é tão grande que num aeroporto da Alemanha que está ao lado de uma auto-estrada, onde um Airbus está a taxiar para descolar, a asa cobriu a errada inteira ou seja, os automóveis estavam a passar mesmo abaixo daquilo, penso que a asa é uma grande desvantagem deste modelo e devia de ser corrigido.

Se os dados não mentirem, a diferença de tamanho entre o A380 e o AN124 não é assim tão grande...

Comprimento:
A380 - 73,00 Mts
AN124 - 69,10 Mts

Largura:
A380 - 79,80 Mts
AN124 - 73,30 Mts

Altura:
A380 - 24,10 Mts
AN124 - 20,78 Mts

Penso que não haveria problema em LPPR em receber o A380, desde que seguissem o método de trabalho que usam com o Antonov...  ;)
Também acho que não ... Se fizessem uma pequena expansão nas pistas seria óptimo r traria possivelmente benefício como por exemplo termos a visita da Emirates :)

FabioP

  • Mensagens: 50
Sim. E também agora com a Qatar a recrutar cá, pode ser que traga novidades...

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
32 Respostas
4742 Visualizações
Última mensagem 28 de Setembro 2020, 10:00:01
por nunopinheiro
238 Respostas
29581 Visualizações
Última mensagem 29 de Dezembro 2020, 23:16:54
por Tiago Maia
38 Respostas
7027 Visualizações
Última mensagem 29 de Agosto 2019, 13:20:36
por Icterio
17 Respostas
4267 Visualizações
Última mensagem 02 de Outubro 2018, 10:39:03
por aviationlover
3 Respostas
1208 Visualizações
Última mensagem 22 de Julho 2019, 12:12:07
por Spark

Total 94+0=94 ms, db 0 ms, php 94 ms