Votação

Qual o futuro da Germanwings?

Vendê-la  a empresas como easyjet ou ryanair
1 (14.3%)
Criar-se uma nova companhia paralela à germanwings
1 (14.3%)
Criar uma nova família Wings de preços baixos
5 (71.4%)

Votos totais: 7

aerointeressado

  • Moderador
  • Mensagens: 517
arde,
Vi hoje neste site www.lowcostportugal.net isto:

"A Germanwings, braço low cost do grupo Lufthansa, espera atingir o “break even” – equilíbrio financeiro em 2015-  cerca de dois anos depois da reformulação geral. ´

O seu diretor financeiro, Simone Menne Germanwings, afirmou que se a subsídiária de baixo custo não atingir a estabilidade financeira, a alternativa será vendê-la a empresas como a easyJet ou Ryanair."

aerointeressado


« Última modificação: 17 de Julho 2014, 16:00:29 por aerointeressado »


aerointeressado

  • Moderador
  • Mensagens: 517
smo site...

"A Lufthansa poderá vir a criar uma nova companhia aérea de baixo custo de forma a manter a concorrência com outras companhias aéreas europeias.

Segundo o semanário alemão “Der Spiegel” a nova companhia seguiria em paralelo com a Germanwings, low cost do grupo para o curto e médio curso,

A nova low cost utilizaria uma frota de Airbus A320 da Eurowings e realizaria apenas voos no continente europeu."



aerointeressado

  • Moderador
  • Mensagens: 517
Acham que deveria acrescentar votação?

Flyz

  • Mensagens: 1285
A lufthansa está em conversa com sun qualquer coisa que detém com a turkish para fazer voos longo curso

lockheed

  • Mensagens: 1354
  • You are not in Kansas anymore!...
A lufthansa está em conversa com sun qualquer coisa que detém com a turkish para fazer voos longo curso

Será Sunexpress?

aerointeressado

  • Moderador
  • Mensagens: 517

aerointeressado

  • Moderador
  • Mensagens: 517
sobre o seu crescimento:

No site da lowcostportugal
Citação
A Germanwings continuará a ser o braço de curta e média distância da Lufthansa. O CEO do grupo fez ver, em recente apresentação aos media que na primavera 2015 a low cost terá já uma frota de 60 aviões.

A companhia voa para Lisboa e Faro.

aerointeressado

  • Moderador
  • Mensagens: 517
Já adicionei votação.

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1652
Citação
Aviação na linha de fogo: Lufthansa fecha Germanwings, IATA prevê destruição de 25 milhões de empregos
07.04.2020 às 20h24

IATA estima que a pandemia pode destruir 25 milhões de empregos na aviação. Os destroços estão por todo o lado. Esta terça-feira, a companhia alemã Lufthansa adiantou que vai fechar a subsidiária Germanwings. E a Air France-KLM vai ter empréstimos garantidos por França e Alemanha no valor de seis mil milhões de euros

Anabela Campos


Em Portugal, o Governo está a preparar um superpacote para o sector da aviação em que a TAP, com mais de 10 mil trabalhadores, será a grande beneficiada. Na Alemanha, a gigante europeia Lufthansa anunciou que irá fechar a Germanwigns e reduzir a frota em atividade a 42 aviões. E a diretora geral da poderosa Air France, Anne Riagail, congratulou-se, em entrevista ao jornal "Le Figaro", com o facto de os governos francês e holandês terem prometido que irão garantir empréstimos bancários à Air France-KLM. Empréstimos que a Reuters diz que irão atingir seis mil milhões de euros.


EUROPA E ÁSIA, OS MAIS AFETADOS

A Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA, em inglês) veio estimar, em comunicado divulgado esta terça-feira, que a pandemia de covid-19 poderá colocar em risco mais de 25 milhões de empregos. A Europa e a Ásia serão os continentes mais afetados.

Os números não se ficam por aqui. A IATA estima que a queda a pique da procura por viagens aéreas poderá afetar a vida de cerca de 65,5 milhões de pessoas, que dependem da indústria da aviação. "Num cenário de restrições apertadas às viagens que tenha a duração de três meses, a investigação levada a cabo pela IATA calcula que 25 milhões de empregos na aviação e setores relacionados estejam em perigo em todo o mundo", indicou a organização, citada pela Lusa.

A região mais afetada será, diz a IATA, a Ásia/Pacífico, com 11,2 milhões de empregos em risco, seguida da Europa, com 5,6 milhões de empregos. Logo a seguir surgem a América Latina (2,9 milhões), a América do Norte (dois milhões), África (dois milhões) e o Médio Oriente (900 mil empregos).

No mesmo cenário de três meses de paragem, a IATA estima que as receitas anuais das companhias aéreas recuem para 252 mil milhões de dólares (233 mil milhões de euros), menos 44% do que em 2019 neste período.

A IATA apela aos governos que prestem "ajuda financeira imediata", incluindo "apoio financeiro direto", "empréstimos, garantias e apoio" no lançamento de instrumentos como obrigações e um "alívio fiscal". "Não há palavras para descrever adequadamente o impacto devastador da covid-19 na indústria da aviação", disse o diretor-geral e presidente executivo da IATA, Alexandre de Juniac, citado no comunicado.

LUFTHANSA PASSA DE 763 AVIÕES PARA 42

A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou esta terça-feira que irá reduzir a dimensão da sua frota em 42 aviões e fechar a sua subsidiária Germanwings. É, na prática, quase toda a frota da companhia, composta por 763 aeronaves. Em comunicado, a admininistração da empresa diz que "não se espera um retorno rápido do setor do transporte aéreo aos níveis anteriores à crise".

"O levantamento total das restrições de viagem durará meses" e o retorno da procura "anos", precisou a Lufthansa no comunicado, citado pela Lusa, que cita a francesa AFP. O objetivo da Lufthansa "é o de resguardar o máximo de empregos possível", assegura companhia, sem avançar números, dizendo apenas que as discussões com os sindicatos devem "iniciar-se rapidamente".

"As operações de voo da Germanwings serão paradas", esclareceu a transportadora. Já há alguns anos que a Germanwings estava integrada na subsidiária de baixo custo (‘low cost’) Eurowings. E o grupo Lufthansa já tinha anunciado anteriormente a intenção de a fazer desaparecer.

Os sindicatos do grupo Lufthansa mostraram-se inquietos face à aceleração da extinção da Germanwings. "Nenhuma filial da Lufthansa é responsável pela crise", escreveram os sindicatos do grupo, evocando o "perigo existencial" com que são confrontados os empregados.

Com 87 mil empregados, mais de 60% do pessoal da Lufthansa está ou será inscrito em programas de interrupção parcial do trabalho (‘lay-off’), 62 mil dos quais na Alemanha.



https://expresso.pt/coronavirus/2020-04-07-Aviacao-na-linha-de-fogo-Lufthansa-fecha-Germanwings-IATA-preve-destruicao-de-25-milhoes-de-empregos

Jopeg

New Engine Option

  • Mensagens: 3817
Como assim passar de mais de 700 aviões para 42? Tá tudo doido?
« Última modificação: 08 de Abril 2020, 00:28:26 por New Engine Option »


nunopinheiro

  • Mensagens: 6033
Jornalismo da treta nem copiar sabem
Citação
A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou esta terça-feira que irá reduzir a dimensão da sua frota em 42 aviões

Conclusão passa só a 42 heheheh wtf...
« Última modificação: 08 de Abril 2020, 01:26:37 por nunopinheiro »


New Engine Option

  • Mensagens: 3817

coelhone

  • Mensagens: 372
Podem apagar todas as opcoes..a GERMANWINGS acabou.
Reducao da frota da LH.
Para quem perceber alemao aqui tem um artigo que explica toda a operacao....

https://www.flugrevue.de/zivil/plaene-nach-corona-lufthansa-verkleinert-flotte-und-begraebt-germanwings/?fbclid=IwAR1KrZQIL_AYj_Johi4EdjW1_aRX52V2Co8lip1koTX-wth7xov-Cgxwj8k

toto1100

  • Mensagens: 5537
Isso ja foi colocado uns posts acima do teu. Este topico nao ficou ativo de repente ao fim de 6 anos por nenhum motivo.
« Última modificação: 08 de Abril 2020, 14:41:35 por toto1100 »


coelhone

  • Mensagens: 372
Isso ja foi colocado uns posts acima do teu. Este topico nao ficou ativo de repente ao fim de 6 anos por nenhum motivo.

E qual é o problema??????se já foi colocado......boa agora noutra lingua...algum problema ?????
Já agora em cima no artigo publicado como me deu a entender nem traduzir uma noticia em condicoes conseguem.....assim  prefiro ler uma publicacao que percebe de aviacao e nao jornalixo.
« Última modificação: 08 de Abril 2020, 17:49:06 por coelhone »


Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
2 Respostas
1710 Visualizações
Última mensagem 29 de Julho 2014, 09:48:36
por jopeg
444 Respostas
41153 Visualizações
Última mensagem 12 de Julho 2015, 01:17:21
por tareias77
7 Respostas
1098 Visualizações
Última mensagem 07 de Abril 2015, 22:42:29
por Spark

Total 174+-1=173 ms, db 0 ms, php 173 ms