jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1646
Caros,

Apesar de já não ser uma completa novidade, pela importância do tema e futuros comentários decidi criar um tópico novo.

In Turisver:
Citação


TAP: Nova configuração de aviões, nova política comercial

Numa entrevista de fundo que poderá ser lida na próxima edição da revista Turisver, Luís da Gama Mór, vice-presidente comercial da TAP, deu a conhecer a nova estratégia comercial da companhia na qual se enquadra nomeadamente, a nova configuração dos aviões.

Concorrer com as low cost no short haul é um dos objectivos da nova estratégia que vai passar por uma maior densidade de assentos e pela criação de três classes diferenciadas dentro dos aviões. “Vamos ter uma poltrona de última geração, muito fina e ergonómica, que dá uma distância maior entre bancos, e vamos criar três classes”, disse Luiz Mór, explicando que “da porta de emergência para trás vai ser low cost, ou seja, vai ter uma poltrona que não reclina – tem uma posição razoavelmente reclinada, mas fixa – não vai ter direito a bagagem nem a alimentação”.

Da porta de emergência para a frente haverá duas classes. Numa, a económica plus, a poltrona será a mesma mas reclinável, haverá direito a um lanche, bagagem e marcação de assentos.

Já na parte da frente, a executiva terá também a mesma poltrona e a mesma distância entre bancos mas o lugar do meio não será usado, sendo colocada uma mesa neste lugar.

Luiz Mór avançou ainda que as poltronas para toda a frota de médio curso já foram encomendadas e “a partir de Outubro vamos começar a modificar os aviões, à razão de um por semana”.


Jopeg

nunopinheiro

  • Mensagens: 6015
Brussels Airlines, igualzinho, não posso dizer que gosto, mas é mesmo só porque já sei que vou parar a secção lowcost nos voos de empresa, Isto de se ser consultor, e o cliente final ser outro estraga-me o esquema :(.
Do ponto de vista da TAP e do negocio, vale a pena tentar se bem que não sei se é realmente uma vantagem em termos económicos, a maior densidade sim, mas as restantes poupanças que as lowcost conseguem tem a ver com a simplificação do produto e execução, que este sistema não vai trazer, mas como já tinha referido. é tentar, pior não fica e a TAP precisa mesmo de melhorar os lucros médios, as taxas de ocupação, e diminuir os custos.

Angelo Rosa

  • Mensagens: 1643
A ver se os precos da porta de emergencia para tras baixam bastante tambem :)

fabinho1314

  • Mensagens: 86
Nao seria melhor criar antes uma low-cost dentro da tap? Pegavam ja na existente tap express e faziam com o  Iberia, Air france....

MannyV

  • Mensagens: 947
A SAS tambem tem um sistema semelhante.
Pagar refeicoes e malas a parte ja muitas companhias de bandeira o fazem.
A Lufthansa, KLM, Air France etc paga-se pela mala de porao, ainda dao um snack, mas tambem pelo que oferecem nao faz grande diferenca...
Vai ser interessante ver como vai ser a passagem progressiva de um sistema para outro ja que vao ter que mudar o sistema de vendas online certo?

nunopinheiro

  • Mensagens: 6015
Nao seria melhor criar antes uma low-cost dentro da tap? Pegavam ja na existente tap express e faziam com o  Iberia, Air france....
A TAP é muito pequena para isso. nem tem capital para criar alguma coisa com escala e dimensão que lhe permitissem esse tipo de operação pelo menos de forma a obter as economias de escala que justificam esses modelos, IMO obviamente.

manny não tem de mudar nada só aprece outra coluna nas vendas que lhe chamam economy saver ou o que lhe quiserem chamar.
« Última modificação: 22 de Junho 2016, 11:38:42 por nunopinheiro »


MannyV

  • Mensagens: 947
manny não tem de mudar nada só aprece outra coluna nas vendas que lhe chamam economy saver ou o que lhe quiserem chamar.

Sim eu percebo isso, mas tem que ser defenida uma data para o inicio do novo sistema. Imagine-se que eu marco um voo hoje para Dezembro, se comprar TAP Basic, neste momento ainda oferece mala e snack, mas se entretando mudarem a partir de Outubro o que significa para a minha reserva? Fico com o equivalente a tarifa do meio ou vou ter que pagar extra pela mala?
« Última modificação: 22 de Junho 2016, 12:01:38 por aerointeressado »


joao_carvalho

  • Mensagens: 55
manny não tem de mudar nada só aprece outra coluna nas vendas que lhe chamam economy saver ou o que lhe quiserem chamar.

Sim eu percebo isso, mas tem que ser defenida uma data para o inicio do novo sistema. Imagine-se que eu marco um voo hoje para Dezembro, se comprar TAP Basic, neste momento ainda oferece mala e snack, mas se entretando mudarem a partir de Outubro o que significa para a minha reserva? Fico com o equivalente a tarifa do meio ou vou ter que pagar extra pela mala?

Boa Tarde!!

Questão muito pertinente....penso que quando avançar e estiver implementada esta nova política, os passageiros que já adquiriram bilhete muitos meses antes vai haver alguma confusão!! Mas espero bem que não....não queria sair nada prejudicado com esta mudança. A TAP terá que ter resposta a estas questões aquando a mudança definitiva!!!!
« Última modificação: 22 de Junho 2016, 13:11:18 por joao_carvalho »

Cumprimentos

João Carvalho

Jorge78

  • Mensagens: 2746
Se quando comprarem o bilhete a mala estiver incluida, a TAP cumprirá o contratado.

joao_carvalho

  • Mensagens: 55
Se quando comprarem o bilhete a mala estiver incluida, a TAP cumprirá o contratado.

Boa Tarde Jorge78.

Quando se fala da bagagem, podemos também falar e abranger os restantes serviços incluídos no contrato do bilhete? Nomeadamente o "lanche" e a escolha de lugares?? Espero que a TAP tenha um plano bem montado para estas questões.....porque haverá centenas, para não dizer mais, de passageiros que comprarão bilhetes antes da dita mudança de classes e serviços!!
Cumprimentos

João Carvalho

Jorge78

  • Mensagens: 2746
Penso que sim.

No ano passado aconteceu-me isso com as refeições infantis e tive direito a elas por causa da data de compra.

VidocQ

  • Mensagens: 364
Eu não me identifico com esta nova abordagem que para mim parece-me um pouco agressiva.

Sou da opinião que a TAP apenas tinha era que melhorar o produto que tem nos voos europeus, melhorar o marketing/serviço cliente e baixar ligeiramente os preços que o mercado acompanharia com o volume de clientes. Assim creio que não vai ser nem carne nem peixe, vai ficar ali no meio... nem LCC nem LCY.

Talvez até seja a solução, há casos como já falaram aqui da Brussels que são bons modelos, mas para mim perde bastante o factor diferencial e pode vir a ser "just another airline", mas espero que o resultado seja bom para a TAP de qualquer das formas.

Btw: já estou a imaginar as futuras bocas foleiras do pax português durante o vôo, que nunca está contente com nada  :P
« Última modificação: 23 de Junho 2016, 23:23:24 por VidocQ »

A388 / A321(321/32B) / A320(320/32A) / A319 / A318 / A223 / B773(77W) / B738(73H) / B737(73G/73W)
E195 / E190 / E145 / CRJK(X) / CRJ9 / F100 / RJ85 / AT76 / DH8D(NG)
TP / AF / KL / LH / LX / BA / OS / TK / SK / ZI / TO / FR / U2 / EW / A5 / C9 / D8 / UX / EK / V7 / 0B / SN / DY

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1646
...
Vai ser interessante ver como vai ser a passagem progressiva de um sistema para outro ja que vao ter que mudar o sistema de vendas online certo?

Caros,

Já é sabido a data de começo do "sistema TAP 3 classes" ? será no verão IATA 2017 ?

Pela entrevista do administrador os aviões serão modificados à razão de um por semana a partir de outubro. Será que os mesmos vão estar prontos para receber as novas classes ? ou vamos ter uma frota mista com alguns configurados com 3 classes e outros com a configuração atual ?

Outra coisa que interroga-me é o programa Victória. Ontem emiti bilhetes para um LIS-VIE (pena o fim do LIS-BUD) e PRG-LIS e a classe atribuída foi "TAP Basic". No novo enquadramento os bilhetes Victoria serão Económica ou Económica Plus ?

Abraço,

Jopeg

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1646
Citação

VENDAS DAS NOVAS TARIFAS DA TAP MOSTRAM QUE “OS AGENTES DE VIAGENS ESTÃO A VENDER O PRODUTO QUE O CLIENTE PRECISA”

06-12-2016 (23h53)


Trey Urbahn, novo ‘patrão’ das Vendas da TAP (Cont.1)

A introdução pela TAP de uma nova estrutura tarifária com tarifas discount a concorrer com as low cost não precipitou uma concentração das vendas nesse segmento, diz ao PressTUR o COO da companhia, Trey Urbahn, que diz mesmo que a venda "é bem equilibrada" e credita esse equilíbrio aos agentes de viagens que, diz, "estão a vender o produto que o cliente precisa".


PressTUR: E qual é a avaliação dos primeiros meses da nova estrutura tarifária da TAP? Está a funcionar bem, está a dar mais ancillaries?


Trey Urbahn: Ancillary é uma área que vamos desenvolver muito, porque o cliente quer decidir as coisas que quer e que vai pagar, e aquelas coisas de que não precisa e não paga por isso. A tarifa mais económica não inclui mala, não pode escolher o assento... E no futuro estamos investigando se vamos continuar com qualquer tipo de refeição, por exemplo. Temos que concorrer com as low cost, com a easyJet, com a Ryanair, que cresceram muito aqui em Portugal porque o cliente procura um preço mais baixo. E para oferecermos isso, temos que oferecer um produto parecido. Como você já sabe, começámos uma reformação da nossa frota para a Europa, em que vamos colocar mais 12 assentos, mas todos esses assentos são atrás da asa, onde os preços vão ser mais económicos e os assentos um pouco mais apertados. Mas o cliente vai conseguir ainda assim um produto melhor que na easyJet, na Ryanair ou na Vueling. E para a parte à frente da asa também estaremos melhorando o nosso produto.
 

PressTUR: Trata-se de diferenciar mesmo dentro do avião?

Trey Urbahn: A nossa estratégia dentro da Europa é uma estratégia de segmentação, e essa família de tarifas que introduzimos é reflexo disso. Estamos servindo não só o cliente de low cost, como também o cliente de negócio. E o nosso principal desafio é servir rotas intercontinentais onde estamos conectando gente que quer visitar os Estados Unidos ou o Brasil, de qualquer país da Europa. Essas pessoas precisam de um produto de qualidade alta e por isso também estamos investindo muito em melhorar o nosso produto de qualidade, por exemplo com renovação da classe business, onde teremos assentos lie-flat em todas as nossas aeronaves. Há segmentos distintos, e como uma empresa de alta qualidade, uma empresa intercontinental, nós temos que oferecer um produto competitivo para todos esses segmentos.

 
PressTUR: Mas a introdução do novo sistema tarifário tem sido bem percepcionada e bem vendida pelas agências?

Trey Urbahn: Eu acho que sim. A coisa boa para já é que é bem equilibrada. As nossas vendas não são todas no preço mais baixo. Os agentes de viagens estão a vender o produto que o cliente precisa. Se ele precisa de mais flexibilidade, possibilidade de trocar os voos sem pagar uma multa, temos essa tarifa. O que estou vendo é que os agentes de viagens entendem que isto é o caminho que a maioria das empresas na Europa têm que seguir. Elas têm que ser mais competitivas com as low cost. Isso introduz a complexidade que você vai pagar pela mala no aeroporto se você não comprou uma tarifa que permite e esse tipo de coisa.


http://www.presstur.com/empresas---negocios/aviacao/vendas-das-novas-tarifas-da-tap-mostram-que-os-agentes-de-viagens-estao-a-vender-o-produto-que-o-cliente-precisa/

Jopeg

nunopinheiro

  • Mensagens: 6015
Na brussels airlines, também começou assim, agora é 90% dos lugares, nada contra mas é um sinal do que vem aí. Não só na TAP btw.



exemplo^ estão a ver os encostos de cabeça vermelhos? são esses... e como vêm agora vai ate bem la a frente.

Ainda no outro dia se perguntava porque razão vão tirar a cortina da buisness class... é só olhar para cima e perceber que sem cortina conseguem ser mais flexíveis na venda de lugares, na  brussels a  ao que me parece  a diferença é feita de voo para voes eles simplesmente trocam os encostos de cabeça.
« Última modificação: 07 de Dezembro 2016, 10:29:23 por nunopinheiro »


Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
12 Respostas
2448 Visualizações
Última mensagem 20 de Outubro 2014, 04:01:20
por Maintrol
2 Respostas
1363 Visualizações
Última mensagem 02 de Junho 2015, 00:15:47
por eduopo
40 Respostas
9946 Visualizações
Última mensagem 24 de Julho 2015, 16:05:57
por Alex
Refeições TAP

Iniciado por Alex « 1 2 ... 43 44 » TAP

649 Respostas
59567 Visualizações
Última mensagem 22 de Abril 2020, 20:02:18
por snoranora
15 Respostas
5453 Visualizações
Última mensagem 31 de Março 2020, 14:34:21
por toto1100

Total 109+-1=108 ms, db 0 ms, php 108 ms