Bruno T

  • Banido do fórum
  • Mensagens: 581
A conversa Madeira dá pano para mangas, a começar nos subsídios para os residentes, nada contra mas esses benefícios são mesmo necessários?
Começasse a chegar a conclusão que não.

Desde que a Ryanair anuncio a intenção de abrir uma base na Madeira (2014) a TAP começou a ocupar tudo o que era slots, agora que se tornou realidade existe uma súbita presa de ocupar todas.

O interesse que a TAP tem pela Madeira foi o monopólio de 50 anos, cobrar 600 euros por um bilhete no Natal, privar os jovens de visitarem as famílias em épocas festivas, ainda se lembram?
Eu lembro-me, vivi de perto o drama de uma jovem que mal conseguia ir a casa e via-se forcada a celebrar o natal e a passagem de ano retida em Lisboa, chorava a noite toda. Mas isso são outros quinhentos, felizmente acabou-se o monopólio.
 
Se realmente se interessavam pela Madeira tinham voos directos para Madrid, Barcelona, Paris, Londres e por ai fora, mas agora com a entrada da Ryanair vamos finalmente ter voos baratos para a Madeira, parece que as tarifas vão ser metade das praticadas atualmente.
« Última modificação: 12 de Setembro 2016, 17:31:32 por Jorge78 »


CS-TTK

  • Mensagens: 1167
Bruno, a sua incoerência e o querer falar de uma realidade que manifestamente desconhece assume proporções berrantes... a comecar pelos subsídios aos residentes: no continente você pega num carro enche o tanque, paga as portagens e chega a Lisboa com menos de 100€. Na madeira e nos Açores isso não é possível. E no caso de doentes que muitas vezes precisam de se deslocar a Lisboa e nao tem meios para pagar um bilhete de avião ao preço de mercado? E estudantes? (No entanto também admito que há quem beneficie de subsídio e não tenha necessidade de receber o mesmo, mas a lei é igual para todos...)
No caso dos estudantes relembro que as rotas continente-madeira estão liberalizadas desde 2007.. por acaso já viu quanto cobram a easyjet e transavia por uma viagem no natal? Os mesmos preços que a TAP, e no entanto intitulam-se low cost... o problema do natal é um problema de mercado, demasiada procura para pouca oferta...
Agora vem a Ryanair, você fala como se as low cost ja não estivessem no Funchal...
Quanto ao voar para Barcelona, madrid, Paris, etc... você usa tudo para atacar a TAP e toca a atirar essa!  E frota para essas rotas? Já existem outras companhias a operar essas rotas, será que havia espaço para mais uma? Se a frota de medio curso ja anda esticada e nem faro tem essas ligações ...
E note-se que quando fazem uma pergunta directa você nunca responde...
Edit: ocupação média dos voos LIS-FNC da TAP, alguém tem os números?
« Última modificação: 11 de Setembro 2016, 23:00:26 por CS-TTK »


Bruno T

  • Banido do fórum
  • Mensagens: 581
É sempre a mesma conversa, a Madeira é Portugal, uma rota domestica, quer queiram quer não, mas durante 50 anos foi uma rota para os residentes/subsídios e para os ricos, charters e charters, ainda te lembras da política? Eu lembro-me muito bem.
As chamadas lowcost fizeram mossa, desde 2007 que a tarifa media desceu mais de 50% e com a entrada da Ryanair devem descer mais 30%, vejamos se noutros países se realizam voos domestico rentáveis, com a tarifa media a rondar os 60 euros, cá não é possível porque?
Ah pois o subsídio, o subsidio que espero que seja banido o quanto antes.
Mais uma rota que até estava a ser bastante rentável vai arder com as tarifas da Ryanair, o bom da Ryanair é que obriga o mercado a descer os preços.

Snip

  • Mensagens: 287
O interesse que a TAP tem pela Madeira foi o monopólio de 50 anos, cobrar 600 euros por um bilhete no Natal, privar os jovens de visitarem as famílias em épocas festivas, ainda se lembram?
Eu lembro-me, vivi de perto o drama de uma jovem que mal conseguia ir a casa e via-se forcada a celebrar o natal e a passagem de ano retida em Lisboa, chorava a noite toda. Mas isso são outros quinhentos, felizmente acabou-se o monopólio.

Se me lembro de pagar 600€ para o Natal? TODOS OS NATAIS HÁ ESSES PREÇOS!

Sou residente na ilha da Madeira, e estudo em Lisboa, e nao me recordo de um natal em que tenha pago menos de 450€ e era se tivesse sorte. Faça agora uma simulação para ver que preço dá, principalmente agora com a "leva" de alunos recém colocados na faculdades do continente os preços já devem ter disparado novamente. Conheço amigos meus que passam por esse calvário NOS DIAS DE HOJE! A TAP tem uma ligação histórica com a Madeira, independentemente do monopólio que teve durante anos, e neste momento presta o melhor serviço na rota pelo preço/qualidade mas sobretudo pelo "perigo" que é operar no inverno com mau tempo, uma coisa é chegar 1 ou 2 dias mais tarde por causa do tempo, outra é fazer como a Easyjet já fez apos cancelar o voo: "só temos vaga para si daqui a 2 semanas ou então devolvemos-lhe o dinheiro" e isso a TAP não faz.

Sim, o modelo de subsidio nao é perfeito, há quem concorde há quem não concorde, eu considero uma mais valia embora o teto de 400€ seja ridiculo e leve ao que levou. Dizer que as tarifas estão mais baixas só se for mesmo nas agências de viagens, eu bem as vejo no site da TAP e estão todas mais caras! Sugeria aos Moderadores que criassem um topico aparte para discutir a TAP na Madeira

Sobre o tópico da Ponte Aerea, acho que foi uma mais valia para a TAP e seria bom ver este conceito replicado a outros destinos, Faro e quiçá mesmo a Madeira. Sim os atrasos são chatos, mas já vimos aqui várias explicações para os mesmos, se estiverem corretas em breve tudo será como tem de ser com os niveis de satisfação desejados por todos

MannyV

  • Mensagens: 795
Estes comentarios off-topic do Sr Bruno T dao-me vontade de rir!  ;D
Entao na Madeira se houve monopolio nao sera bem so culpa da TAP mas dos governos que so liberalizaram o espaco aereo em 2007!
Eu ja fui 3 vezes a Madeira (bela Ilha) e foi sempre na TAP. Mesmo depois de haver Low-cost acho que o preco nunca foi nos valores que sao mencionados. Mas claro no Natal os precos sobem a pique! Mas Sr Bruno nao e so para a Madeira, como marcador de viagens profissional devia saber que todos os destinos ficam carrissimos. Eu para ir da Escocia para o Porto no Natal marco o voo em Maio ou arrisco-me a pagar uma pequena fortuna, e NAO e na TAP!!!!

Quando a
É sempre a mesma conversa, a Madeira é Portugal, uma rota domestica, quer queiram quer não, mas durante 50 anos foi uma rota para os residentes/subsídios e para os ricos, charters e charters, ainda te lembras da política? Eu lembro-me muito bem.
As chamadas lowcost fizeram mossa, desde 2007 que a tarifa media desceu mais de 50% e com a entrada da Ryanair devem descer mais 30%, vejamos se noutros países se realizam voos domestico rentáveis, com a tarifa media a rondar os 60 euros, cá não é possível porque?
Ah pois o subsídio, o subsidio que espero que seja banido o quanto antes.
Mais uma rota que até estava a ser bastante rentável vai arder com as tarifas da Ryanair, o bom da Ryanair é que obriga o mercado a descer os preços.

Voos domesticos nao sao so Ryanair, eles so entram nos mercados que lhe permitem dar cabo dos outros! E tudo uma questao de concorrencia!
Voos domesticos a 60 euros por essa Europa onde? So se for Espanha! Ca no Reino Unido ha companhias a cobrar por um voo domestico entre 2 aeroportos secundarios 300-400 euros por voos e sem ser na Epoca de Natal!
Sabe porque?
Nao ha concorrencia!
A TAP nao e o bicho papao! Faz o qualquer outra companhia faz!
Voos TAP da Madeira para outros destinos que nao sejam Lisboa e Porto talvez nao porque nao faz parte da estrategia da empresa. Pelo que percebi eles preferem ter um Hub em Lisboa para as ligacoes.

Como tambem deve saber a TAP ja fez durante muitos anos Funchal -Londres e a rota acabou. Talvez nao seja rentavel investir em rotas longas, num mercado tradicionalmente dominado por voos Charter, se podem fazer ligacao com Lisboa.

Mas eu talvez esteja errado! O senhor deve saber melhor! Um agente de viagens do seu calibre que e um expert em aviao!

Spak

  • Mensagens: 5525
Caros, se quiserem discutir este assunto (bastante pertinente) comecem um novo tópico, este é apenas para a ponta aerea LIS-OPO

Podias pf mover estes posts para um tópico novo... senão vão continuar a falar disso aqui...

CS-TTK

  • Mensagens: 1167
Caro moderador, compreendo e concordo por inteiro.
Saliento até que eu sugeri há dois posts atrás mover os últimos posts para um novo tópico. No entanto, o que foi feito foi eliminar os dois posts seguintes que até acrescentavam boa matéria para o debate. Se for possível recuperar esses posts agradecia que o fizesse e movesse todos os posts relativos à madeira para um novo tópico de modo a ser possível continuar a discussão.
Peço desculpa por prolongar o off topic, mas por aqui termino.
Cumprimentos
« Última modificação: 12 de Setembro 2016, 15:05:39 por CS-TTK »


Snip

  • Mensagens: 287
Caro moderador, compreendo e concordo por inteiro.
Saliento até que eu sugeri há dois posts atrás mover os últimos posts para um novo tópico. No entanto, o que foi feito foi eliminar os dois posts seguintes que até acrescentavam boa matéria para o debate. Se for possível recuperar esses posts agradecia que o fizesse e movesse todos os posts relativos à madeira para um novo tópico de modo a ser possível continuar a discussão.
Peço desculpa por prolongar o off topic, mas por aqui termino.
Cumprimentos

Subscrevo, até tive um dos meus posts apagados

MannyV

  • Mensagens: 795
em vez de apagados deviam ter sido mudados. O meu tambem foi e as mensagens off topic de quem comecou a discussao ainda estao! :o

Jorge78

  • Moderador
  • Mensagens: 2376
Caros utilizadores, de maneira a organizar melhor a discussão sobre este assunto, apaguei as mensagens no tópico onde estavam e coloquei-as aqui.

Jorge78

  • Moderador
  • Mensagens: 2376
A conversa Madeira dá pano para mangas, a começar nos subsídios para os residentes, nada contra mas esses benefícios são mesmo necessários?
Começasse a chegar a conclusão que não.

Desde que a Ryanair anuncio a intenção de abrir uma base na Madeira (2014) a TAP começou a ocupar tudo o que era slots, agora que se tornou realidade existe uma súbita presa de ocupar todas.

O interesse que a TAP tem pela Madeira foi o monopólio de 50 anos, cobrar 600 euros por um bilhete no Natal, privar os jovens de visitarem as famílias em épocas festivas, ainda se lembram?
Eu lembro-me, vivi de perto o drama de uma jovem que mal conseguia ir a casa e via-se forcada a celebrar o natal e a passagem de ano retida em Lisboa, chorava a noite toda. Mas isso são outros quinhentos, felizmente acabou-se o monopólio.
 
Se realmente se interessavam pela Madeira tinham voos directos para Madrid, Barcelona, Paris, Londres e por ai fora, mas agora com a entrada da Ryanair vamos finalmente ter voos baratos para a Madeira, parece que as tarifas vão ser metade das praticadas atualmente.

Bruno T, caso se concretize a entrada na Madeira da Ryanair acha que os preços dos bilhetes nessa altura vão baixar?

Pode ser que baixem um pouco mas mesmo assim não acredito.

Em relação à época baixa acredito que os preços levem um grande rombo.

CS-TTK

  • Mensagens: 1167
Na minha opinião a "magnitude" do  rombo estará muito relacionado com o número de frequências diárias e as horas das mesmas..  por exemplo, a easyjet voa para lisboa usualmente com um voo as 9:20 e outro as 21:15... neste intervalo de 12h apenas a TAP oferece voos. Daí eu achar que a TAP tem a melhor oferta e enquanto esta situação se verificar a TAP terá vantagem. Nem tudo se resume a preço..
Acrescento que neste momento estou a bordo do TP1677 prestes a rumar ao Funchal e a ocupação e superior a 90% ;)

Hawks

  • Mensagens: 526
É verdade que o subsídio desvirtua o mercado, ainda para mais com a aplicação de tectos máximos, mas na Madeira é efectivamente necessário porque já se percebeu que a concorrência entre os 3 intervenientes (TAP, EasyJet e Transavia) não está a funcionar, principalmente nas épocas críticas. E quando falo em épocas críticas, já não falo apenas no Natal e Fim de Ano.

Não pretendo alimentar guerras TAP vs Restantes. A verdade, é que ao longo destes anos tenho seguido atentamente a dinâmica das tarifas de/e para a Madeira e facilmente chego à conclusão que é a TAP quem estabelece as "regras" (leia-se tarifa média) deste mercado, não só por ter mais voos como também por disponibilizá-los com mais antecedência em relação às restantes. Isto é particularmente crítico para os residentes, porque nas épocas críticas a TAP bloqueia as tarifas Discount e Basic com quase 11 meses de antecedência. Como os residentes que adquirem tarifas Plus e Executive não são subsidiados, isto significa que apenas um número muito limitado de lugares está efectivamente disponível. Não tenho dúvidas que as restantes companhias estabelecem as suas tarifas com base na tarifa média (mas cara) disponibilizada pela TAP.

A crítica em relação ao apoio da EasyJet (ou Transavia) em caso de cancelamento ou adiamento parece-me injusta, mas sei que cada caso é um caso. Tanto a EasyJet como a Transavia realizam voos extra para transportar passageiros caso estes não fiquem protegidos nos voos seguintes. É claro que nem uma nem outra dispôem dos mesmos meios operacionais que a TAP em Lisboa ou Porto para rapidamente restabelecer a normalidade. Mas falar em 2 semanas parece-me manifestamente exagerado. Acrescento também que tanto a EasyJet como a Transavia assumem despesas de transporte e estadia em caso de "overnight delays". Ainda existem alguns "mitos urbanos" na sociedade madeirense de que este apoio não existe nas low-cost...

Aguardo com expectativa a entrada da Ryanair no Funchal para Lisboa e Porto. Faro surpreende-me, mas até pode haver um nicho de mercado estrangeiro que pretenda fazer 1 semana em cada um dos destinos, por exemplo. Tenho a certeza que o preço médio em geral vai baixar mas tenho as minhas reservas em relação às épocas críticas pelas razões que apontei anteriormente.

Jorge78

  • Moderador
  • Mensagens: 2376
Concordo em ser a TAP a ditar os preços devido ao grande número de voos e por disponibilizar as tarifas com 1 ano de antecedencia.

As low cost andam atentas e disponibilizam cada vez mais cedo os bilhetes para as suas rotas.

É um crime os preços praticados nas alturas críticas para uma rota tão curta.
« Última modificação: 12 de Setembro 2016, 19:06:55 por Jorge78 »


Maia

  • Mensagens: 123
Acabo de reservar nova viagem à Madeira, desde OPO e para 2 pessoas para meados de Outubro.

Mais uma vez na Transavia, que considero uma excelente companhia, com um oferta qualidade preço inigualável.
Com bagagem de porão ficou-me pela módica quantia de 180€.

Pesquisei na TAP e na tarifa discount o preço era mais do dobro, nada mais nada menos do que 342,04€  :o

Na EZY nem vi porque os horários não interessam.

Já em Abril optei pela Transavia e dado o mau tempo em FNC, divergimos para PXO.
Transporte à espera e transfer para hotel muito bem instalados e seguimos viagem no dia seguinte.

5 estrelas.

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
6 Respostas
2982 Visualizações
Última mensagem 02 de Novembro 2017, 11:56:46
por ClearedForTakeOff
1 Respostas
981 Visualizações
Última mensagem 08 de Março 2014, 18:43:39
por gmoreira
20 Respostas
3708 Visualizações
Última mensagem 27 de Setembro 2018, 22:21:06
por Hawks
0 Respostas
593 Visualizações
Última mensagem 04 de Março 2015, 13:06:13
por Mariovieira
181 Respostas
21156 Visualizações
Última mensagem 05 de Agosto 2017, 17:45:11
por Rafael6

Total 86+0=86 ms, db 0 ms, php 86 ms