Airliner

  • Mensagens: 779
E Domingo o Dakar (TP 1481) também será operado em A330 com mais de 260 reservas para cada lado. E também no TOF, provisoriamente claro. Nesse mesmo dia também haverá o Dakar diurno a ser operado em A320 com mais 125 reservas para lá e aproximadamente 150 para cá. De facto este Dakar a TAP mais cedo ou mais tarde transformará em voo bi-diário. Deve ser a rota africana mais interessante a nível do load factor neste momento para a empresa. Encher um A321 diariamente à noite e operar mais um A320 três vezes por semana de dia ou, de vez em quando, um A330 não é para todos. Só para o Viena e apenas no Verão.

Já agora, as reservas do OXB (Bissau) também estão interessantes para uma rota que (re)abriu tão recentemente. Quase 130 passageiros por cada leg em A320 não é nada mau. Não tarda as frequências semanais deverão subir.
E quanto a PDL e TER que nos últimos temos têm visto os preços por parte da TAP descerem quase drasticamente?
« Última modificação: 13 de Fevereiro 2017, 19:29:55 por AndreMP »


New Engine Option

  • Mensagens: 1624
O que tem? Não entendi a pergunta..

Airliner

  • Mensagens: 779
O que tem? Não entendi a pergunta..
Se o número de passageiros nas duas rotas está a valer a pena o dobrar de frequências para PDL para o verão IATA 2017 em relação ao deste ano, tal como o aumento da oferta de lugares para a Terceira. Faço esta questão porque nas últimas semanas tem sido usual vermos fotografias de cabines da rota para PDL quase vazias.

New Engine Option

  • Mensagens: 1624
Estamos a comparar o quê pra PDL? Verão com Inverno? O Terceira tem mais passageiros. O PDL, principalmente o voo  que pernoita por lá, não tem bons load factors. Vamos ver como será no próximo Verão IATA.
« Última modificação: 17 de Dezembro 2016, 12:32:52 por New Engine Option »


Airliner

  • Mensagens: 779
Estamos a comparar o quê pra PDL? Verão com Inverno? O Terceira tem mais passageiros. O PDL, principalmente o voo  que pernoita por lá, não tem bons load factors. Vamos ver como será no próximo Verão IATA.
O aumento inexplicável da TAP em frequências para PDL, alguma razão sustentada terá de ter...

New Engine Option

  • Mensagens: 1624

Franmed

  • Mensagens: 905
O que tem? Não entendi a pergunta..
Se o número de passageiros nas duas rotas está a valer a pena o dobrar de frequências para PDL para o verão IATA 2017 em relação ao deste ano, tal como o aumento da oferta de lugares para a Terceira. Faço esta questão porque nas últimas semanas tem sido usual vermos fotografias de cabines da rota para PDL quase vazias.

RYANAIR rules

Franmed

  • Mensagens: 905
Estamos a comparar o quê pra PDL? Verão com Inverno? O Terceira tem mais passageiros. O PDL, principalmente o voo  que pernoita por lá, não tem bons load factors. Vamos ver como será no próximo Verão IATA.

Não tenho pena alguma

Estes gestores da TAP, não percebem nada disto. Fiquei pasmo quando ouvi david neeleman dizer que nunca tinha estado nos Açores...

Deviam ter apostado no BOS/PDL. Agora com a ameaça da Norwegian a entrar em PVD/PDL já vão ficar para trás....

Nem sequer promovem as rotas aqui nos Açores..... Nem promoção ou publicidade. Se calhar pensavam que comiam a SATA

Aposto que as rotas do FNC também devem andar igual....

CS-TTK

  • Mensagens: 1167
Nao sei explicar o motivo mas o Funchal sempre teve mais oferta e procura do que PDL...
Não tenho os números das rotas de FNC... Mas sou passageiro regular na rota FNC-LIS-FNC e nunca vi ocupações como as que sao faladas para PDL, antes o contrário.. mas como disse isto é baseado no que vejo, não tenho os números
« Última modificação: 17 de Dezembro 2016, 18:42:48 por CS-TTK »


New Engine Option

  • Mensagens: 1624
O mercado dos Açores ainda não amadureceu essa é a questão em minha opinião.  Por exemplo mais próximo do Natal e ano novo há voos para os Açores esgotados.

E permita me discordar manfred mas os números recentes desta gestão TAP até ao momento dizem o contrário do que você afirma.

E para esclarecer: 8 voos diários para o funchal são feitos porque há procura. Logo, tem Bons load factors. Não há comparação alguma com a terceira e muito menos com PDL. Até o voo semanal para o porto santo está a correr bem. O caso do segundo voo diário para PDL e único. Pelo menos na oferta actual da TAP.

Veremos como se comporta no verão IATA.
« Última modificação: 17 de Dezembro 2016, 19:06:16 por New Engine Option »


Capitão do Fim

  • Mensagens: 190
Mas os Açores não tem uma companhia que, por sinal até pertence ao Governo Regional? De quem deveria ser a obrigação (a existir, claro) de promover ou publicitar os Açores? De abrir essas rotas BOS e PVD? E, claro, de ganhar dinheiro nesses mercados altamente rentáveis?

Tanto quanto sei, pelos relatórios e contas da SATA Int, a operação desta para os EUA é deficitária. Como aliás para quase todo o lado. Parece que a SATA não precisa de ajuda para ser comida. Precisa é de ajuda para deixar de comer do orçamento regional, diria eu.

(Obviamente, refiro-me à SATA Internacional, e não à SATA Air Açores, cujo trabalho é meritório e merece ser apoiado e enaltecido).
« Última modificação: 17 de Dezembro 2016, 19:12:37 por Capitão do Fim »


Franmed

  • Mensagens: 905
Mas os Açores não tem uma companhia que, por sinal até pertence ao Governo Regional? De quem deveria ser a obrigação (a existir, claro) de promover ou publicitar os Açores? De abrir essas rotas BOS e PVD? E, claro, de ganhar dinheiro nesses mercados altamente rentáveis?

Tanto quanto sei, pelos relatórios e contas da SATA Int, a operação desta para os EUA é deficitária. Como aliás para quase todo o lado. Parece que a SATA não precisa de ajuda para ser comida. Precisa é de ajuda para deixar de comer do orçamento regional, diria eu.

(Obviamente, refiro-me à SATA Internacional, e não à SATA Air Açores, cujo trabalho é meritório e merece ser apoiado e enaltecido).

A SATA é igual à TAP

Tem lucros nas rotas monopolistas

Essa história da boa gestão desta TAP é treta, eu próprio ao início pensei o contrário.

Lançar o Verão 2017 em Dezembro 2016 ?
O mercado dos Açores ainda não amadureceu essa é a questão em minha opinião.  Por exemplo mais próximo do Natal e ano novo há voos para os Açores esgotados.

E permita me discordar manfred mas os números recentes desta gestão TAP até ao momento dizem o contrário do que você afirma.

E para esclarecer: 8 voos diários para o funchal são feitos porque há procura. Logo, tem Bons load factors. Não há comparação alguma com a terceira e muito menos com PDL. Até o voo semanal para o porto santo está a correr bem. O caso do segundo voo diário para PDL e único. Pelo menos na oferta actual da TAP.

Veremos como se comporta no verão IATA.

Mas o que é a boa gestão ? É sustentável ?

A SATA também tinha bons lucros há uns anos atrás e o que é aconteceu ? Foram pressionados, pelo mercado, a baixar preços. Ainda há uns anos ganhavam 6/7 milhões de euros só no PDL/LIS

A TAP melhora os resultados porquê ? Porque os monopólios estão mais fortes ou porque recupera tráfego europeu ?

Lisboa é das cidades europeias com menor concorrência a nível de voos de longo curso, o grande ganha pão da TAP....

Até um país como a Islândia tem mais concorrência nessas rotas que em Portugal

Deixem a Norwegian entrar e vão ver o que vai acontecer

Olhem a quantidade de companhias que andam a cancelar rotas transatlânticas...
« Última modificação: 17 de Dezembro 2016, 19:23:29 por Franmed »


Franmed

  • Mensagens: 905
Aqui está a boa gestão

https://eco.pt/2016/12/16/os-novos-a330neo-da-tap-ja-nao-chegam-em-2017/

E quase que aposto que os A321NEO da SATA também não chegam em 2017
« Última modificação: 17 de Dezembro 2016, 19:28:50 por Franmed »


Capitão do Fim

  • Mensagens: 190
Portanto, os atrasos de fabrico do avião são da responsabilidade do comprador..?

É que se estivéssemos a falar de aviões que são alugados, eu ai perceberia o argumento, pois a gestão poderia estar a vender lugares em aviões que ainda não tinha garantido para a operação. Isso sim, seria uma falha de gestão, por não garantir os recursos antes de efectuar as vendas. Aliás, tal como aconteceu na TAP no verão de 2014.

Agora, estando a falar de aviões que serão os primeiros do género a serem fabricados, e que por responsabilidade directa do construtor estão atrasados, não percebo como é que se conclui que há má gestão.

Franmed

  • Mensagens: 905
Portanto, os atrasos de fabrico do avião são da responsabilidade do comprador..?

É que se estivéssemos a falar de aviões que são alugados, eu ai perceberia o argumento, pois a gestão poderia estar a vender lugares em aviões que ainda não tinha garantido para a operação. Isso sim, seria uma falha de gestão, por não garantir os recursos antes de efectuar as vendas. Aliás, tal como aconteceu na TAP no verão de 2014.

Agora, estando a falar de aviões que serão os primeiros do género a serem fabricados, e que por responsabilidade directa do construtor estão atrasados, não percebo como é que se conclui que há má gestão.

Mas quem é que escolhe o fabricante e o modelo ?

Adquiriam afinal um produto que está a ser problemático para o fabricante e daí os atrasos ?

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
7 Respostas
787 Visualizações
Última mensagem 17 de Junho 2015, 01:10:18
por Spak
4 Respostas
853 Visualizações
Última mensagem 12 de Janeiro 2016, 22:45:44
por Guilherme Martinez
1 Respostas
1626 Visualizações
Última mensagem 18 de Agosto 2016, 11:18:36
por Cecília
204 Respostas
22810 Visualizações
Última mensagem 20 de Fevereiro 2018, 00:00:08
por jopeg
TAP 2018 (números e ocupações)

Iniciado por jopeg « 1 2 ... 5 6 » TAP

78 Respostas
7707 Visualizações
Última mensagem Ontem às 21:06:37
por acchaves

Total 79+1=80 ms, db 0 ms, php 80 ms