aerointeressado

  • Moderador
  • Mensagens: 516
In Dinheiro Vivo
Citação
A TAP voltou aos lucros em 2016. Apesar de uma ligeira quebra das receitas, a companhia aérea conseguiu compensar com menos custos operacionais
A TAP regressou aos lucros no ano passado. Depois de dois anos de prejuízos, e de um forte reajuste tanto da operação como das contas, a companhia aérea liderada por Fernando Pinto reduziu os custos operacionais e compensou uma quebra nas receitas. Ao todo, entraram 2242 milhões de euros em receitas nos cofres da companhia aérea, uma quebra de 156 milhões de euros face ao gerado em 2015, ano em que a empresa registou a pior prestação financeira desde 2008, com 99 milhões de euros de perdas. Apesar desta quebra, a empresa poupou 227 milhões com despesas operacionais e acabou por encerrar 2016 com ganhos de 34 milhões de euros, anunciou esta quarta-feira. A companhia acumulava perdas desde 2014. No ano do “verão negro” a companhia registou um prejuízo de 46 milhões de euros. Em 2015, os danos mais do que duplicaram. Até este período de prejuízos, a TAP não registava perdas desde 2008. Nesse ano, a empresa perdeu 209 milhões de euros, mas regressou aos lucros em 2009 e manteve os resultados acima da linha de água durante cinco anos.

A TAP regressou aos lucros no ano passado. Depois de dois anos de prejuízos, e de um forte reajuste tanto da operação como das contas, a companhia aérea liderada por Fernando Pinto reduziu os custos operacionais e compensou uma quebra nas receitas. Ao todo, entraram 2242 milhões de euros em receitas nos cofres da companhia aérea, uma quebra de 156 milhões de euros face ao gerado em 2015, ano em que a empresa registou a pior prestação financeira desde 2008, com 99 milhões de euros de perdas. Apesar desta quebra, a empresa poupou 227 milhões com despesas operacionais e acabou por encerrar 2016 com ganhos de 34 milhões de euros, anunciou esta quarta-feira. A companhia acumulava perdas desde 2014. No ano do “verão negro” a companhia registou um prejuízo de 46 milhões de euros. Em 2015, os danos mais do que duplicaram. Até este período de prejuízos, a TAP não registava perdas desde 2008. Nesse ano, a empresa perdeu 209 milhões de euros, mas regressou aos lucros em 2009 e manteve os resultados acima da linha de água durante cinco anos. Agora, a empresa retomou a tendência positiva, com um ganho de 34 milhões que iguala o último registo de lucros (2013), onde as contas também ficaram positivas em 34 milhões. Durante a primeira metade do ano, a companhia aérea sofreu com o arrefecimento de alguns dos mais importantes mercados onde opera, como o Brasil ou Angola, mas “o segundo semestre registou uma forte recuperação que incluiu a obtenção de sucessivos recordes no número de passageiros transportados nos meses de outubro, novembro e dezembro”. Esta tendência, reforça a empresa em comunicado, “já foi reforçada nos primeiros dois meses do corrente ano”. No conjunto do ano, a TAP transportou 11,7 milhões de pessoas, um recorde para a empresa e mais 400 mil do que em 2015. Este aumento foi conseguido apesar de uma redução de 3% na oferta de lugares disponíveis, resultado de uma reorganização de rotas e oferta na primeira metade do ano.

(em atualização)

Mais em https://www.dinheirovivo.pt/empresas/tap-regressou-aos-lucros-em-2016-34-milhoes/
« Última modificação: 01 de Março 2017, 13:03:35 por aerointeressado »


Angelo Rosa

  • Mensagens: 1602

New Engine Option

  • Mensagens: 2607
34 milhões o Transporte Aéreo... Nada mau, mas pensei que pudesse ser melhor. Parece que o 1º Semestre foi de facto mauzito e teve peso impedindo maiores lucros. Ainda assim este ano, para já, está a ser homologamente bem melhor que 2016... A ver vamos como se fará sentir na operação a entrada de todos os novos aviões previstos (9 no total, embora saiam 2) e das 8 rotas notas entretanto já anunciadas, bem como o reforço noutras já existentes via aumento de frequências e da colocação de aviões maiores. Ainda assim a volta aos lucros é que é de salientar. Parabéns.
« Última modificação: 01 de Março 2017, 13:17:34 por New Engine Option »


Mariovieira

  • Mensagens: 1723
Estes resultados estão em linha de conta com o que eu esperava. Para 'ano 0' com novos donos, não é nada mau. Não esquecer que 2015, neste particular de resultados, foi um Annus Horribilis. e pelo que se vai vendo nas notícias que vão aparecendo, 2017 promete ser um ano bom.

Cumps ;
MV
All clear to take off, Bons Voos

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1524
Caros,

Mesmo sabendo que o primeiro semestre tinha corrido mal, esperava um resultado superior a estes 34m€. Contudo só depois de analisar as contas da classe 6 (Gastos), nomeadamente da conta 6242-Combustíveis, é que vou tirar conclusões sobre o atual momento económico da TAP.

Um abraço,

Jopeg

Major Alvega

  • Mensagens: 262
Isto faz lembrar aqueles alunos que antes do fim do ano anunciam aos pais que vão ter 17 a educação física, 15 a educação visual, 19 a religião moral e católica e 14 a geografia. Os pais ficam empolgados, claro... Depois quando chega finalmente a carta das notas aparece "Reprovado" porque la pelo meio há  um 5 a matemática, 8 a português e 4 a física...

Isto tem sido assim há muito tempo.. atiram com o resultado do TA com grande alarido (que salvo alguns anos tem sido sempre positivo) e depois quando saírem as contas a seria la para maio vem a conversa das greves, do combustível, blablabla... Como este ano o combustível esta baixo e ate houve alguma calma social... Estou curioso em saber quem será o escolhido para arcar com a culpa dos resultados gerais do Grupo TAP.

Aceitam-se apostas. Assim de repente todos dirão VEM... Mas quando a VEM consumia milhões diariamente nunca foi culpada pelo Sr Fernando Pinto... Agora que consome menos duvido que será ela a escolhida... Bom, aposto na megasis ou entao na UCS... ou então nos Acordos de Empresa dos trabalhadores...

MA
« Última modificação: 02 de Março 2017, 10:19:13 por Major Alvega »


Major Alvega

  • Mensagens: 262
Já agora assim de repente quase que aposto que estes 34M€ nao dão para cobrir as despesas...

MA

New Engine Option

  • Mensagens: 2607
A UCS dá lucro... Portanto não deve ser a eleita.

Angelo Rosa

  • Mensagens: 1602
Para mim ou e a VEM ou e a PGA ;)

Major Alvega

  • Mensagens: 262
A UCS dá lucro... Portanto não deve ser a eleita.

New Eng,
Tive a ver por alto o ultimo relatório e contas publicado e encontrei apenas um quadro com o resultado liquido em que diz que a UCS teve um resultado liquido de 6000€ (!?!) é isto??

MA

New Engine Option

  • Mensagens: 2607
A UCS dá lucro... Portanto não deve ser a eleita.

New Eng,
Tive a ver por alto o ultimo relatório e contas publicado e encontrei apenas um quadro com o resultado liquido em que diz que a UCS teve um resultado liquido de 6000€ (!?!) é isto??

MA

Não é isso.

Flyz

  • Mensagens: 1221
Citação
Grupo TAP mantém-se no 'vermelho' mas atenua prejuízos
A TAP SGPS, que detém todas as atividades do grupo, obteve um prejuízo de 27,7 milhões de euros em 2016, o que compara com perdas de 156 milhões no exercício anterior, segundo o Relatório e Contas.

á antes de impostos, o resultado foi negativo em 28,3 milhões de euros, um desagravamento face aos 180,6 milhões negativos no ano anterior, enquanto a nível operacional [antes de gastos de financiamento e impostos], a empresa obteve um resultado positivo de 13 milhões de euros, o que compara com 117,3 milhões de euros negativos em 2015.

"O resultado apresentado pelo grupo, embora ainda negativo, apresentou uma significativa melhoria, estando contudo largamente influenciado por uma conjuntura marcadamente desfavorável em alguns dos principais mercados da empresa no longo curso, tradicionalmente mais rentáveis", lê-se no Relatório e Contas.

Em particular, destaca "o impacto da contínua recessão económica no Brasil, a contração da economia angolana desde o decréscimo sustentado dos preços do petróleo e a deterioração continuada da economia venezuelana", acrescentam.

A TAP SGPS, holding que consolida as várias empresas do grupo - desde, entre outros, o transporte aéreo, a manutenção e engenharia ou a atividade de 'handling' - detinha no final do ano passado 13.361 trabalhadores, mais 259 funcionários que em 2015.

Relativamente ao transporte aéreo, tal como já tinha sido anunciado, a companhia aérea TAP regressou aos lucros em 2016, com um resultado líquido de 33,5 milhões de euros, quando em 2015 tinha registado um prejuízo de 99 milhões de euros, penalizado pela retenção de capitais na Venezuela.

"O regresso da companhia aérea aos lucros foi possível, apesar de uma quebra nas receitas, que totalizaram 2.242 milhões de euros, 156 milhões abaixo dos 2.398 milhões [de euros] registados em 2015", adiantou a TAP, em 01 de março.

A companhia aérea liderada por Fernando Pinto explicou que "esta quebra [nas receitas], no entanto, foi fortemente compensada por uma redução ainda mais expressiva dos custos operacionais, que ficaram pelos 2.042 milhões [de euros], menos 227 milhões [de euros] do que em 2015".

A TAP transportou em 2016 "um número recorde de passageiros, 11,7 milhões de euros, mais 400 mil do que em 2015.

Quanto à atividade da TAP - Manutenção e Engenharia Portugal "evidenciou um total de proveitos gerados em vendas e prestações de serviços de manutenção a terceiros de 70 milhões, menos 23% que em 2015, diminuição decorrente da menor atividade de manutenção das aeronaves, em função da ausência de 'slots' disponíveis para terceiros [...]".

A SPDH - Serviços Portugueses de Handling (Groundforce Portugal) atingiu um lucro de 6,1 milhões de euros, face aos 1,3 milhões do exercício anterior.

A TAP - Manutenção e Engenharia Brasil registou um prejuízo de 31,9 milhões de euros em 2016, face aos 40,2 milhões de euros de perdas em 2015, segundo o Relatório e Contas da TAP SGPS.

A TAP anunciou, recentemente, que vai dar início a "um programa de redesenho da sua estrutura organizacional com o objetivo de obter ganhos de eficiência e agilidade", o que passará pela abertura de um programa de rescisões por mútuo acordo e, ao mesmo tempo, pela criação de cerca de 200 postos de trabalho.

Em comunicado, a TAP realça que "a capitalização realizada pelos novos acionistas [Humberto Pedrosa e David Neeleman] permitiu em 2016 "fortes investimentos na companhia", dos quais destaca a criação da TAP Express (marca que substituiu a Portugalia) e "a renovação total da frota regional, que passou de uma das mais antigas da Europa para a mais jovem a operar no continente europeu, o arranque da ponte aérea entre Lisboa e o Porto" ou ainda "o início da renovação dos interiores da frota Airbus".



https://www.noticiasaominuto.com/economia/764295/grupo-tap-mantem-se-no-vermelho-mas-atenua-prejuizos






oi??? :o :o :o :o

toto1100

  • Mensagens: 4102
Uma quebra de 6.5% nas receitas com um aumento no numero de passageiros de 3.5% nao é para todos. Menos 20 aerios de receita por passageiro (212 para 191).
« Última modificação: 24 de Março 2017, 20:31:59 por toto1100 »


nunopinheiro

  • Mensagens: 4540
Citação
Quanto à atividade da TAP - Manutenção e Engenharia Portugal "evidenciou um total de proveitos gerados em vendas e prestações de serviços de manutenção a terceiros de 70 milhões, menos 23% que em 2015, diminuição decorrente da menor atividade de manutenção das aeronaves, em função da ausência de 'slots' disponíveis para terceiros [...]".

Pergunta porque não apostar num crescimento desta capacidade? É por muitos reconhecida a sua qualidade. Podia ser em Beja que teria espaço para alguns serviços e operações mais demoradas... 

Citação
"Uma quebra de 6.5% nas receitas com um aumento no numero de passageiros de 3.5% nao é para todos. Menos 20 aerios de receita por passageiro (212 para 191)."
mas por outro lado justifica o aumento nas ocupações, não há milagres
« Última modificação: 24 de Março 2017, 20:34:43 por nunopinheiro »


toto1100

  • Mensagens: 4102
Sim, claro, mas entre nao haver milagres e menos 10% de receita por passageiro. Mas "prontos" percebe-se que a empresa esteja a ir por um caminho novo, e precisa de investir, incluindo atraindo povo a preços mais baixos.

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
2 Respostas
1356 Visualizações
Última mensagem 17 de Março 2014, 14:53:00
por jopeg
0 Respostas
434 Visualizações
Última mensagem 13 de Julho 2016, 13:44:23
por Mariovieira
6 Respostas
802 Visualizações
Última mensagem 26 de Agosto 2016, 08:25:01
por vareiro
11 Respostas
1128 Visualizações
Última mensagem 28 de Outubro 2016, 23:15:50
por PNC2
5 Respostas
1565 Visualizações
Última mensagem 04 de Dezembro 2016, 00:14:12
por AndreMP

Total 101+0=101 ms, db 0 ms, php 101 ms