brunodias

  • Mensagens: 3949
Qual é a vossa opinião deste sistema que equipa muitos ulm e já alguns general aviation???

Pessoalmente sinto-me mais seguro a voar num avião equipado com ele, mas tambem admito que num voo se o tivesse o tinha puxado e hoje a frio sei que seria 1 erro

JoseMiguelSilvaM

  • Mensagens: 23
Tem vantagens e desvantagens.
Eu preferia tê-lo a bordo quer seja num ULM ou GA. Penso que as vantagens são mais fortes que as desvantagens mas tenho amigos meus que dizem que preferem não ter.

sdo

  • Moderador
  • Mensagens: 652
Eu não sei grande coisa acerca destes pára-quedas, portanto a minha opinião neste momento baseia-se no "senso comum" de que claro, é melhor tê-lo.

Já agora Bruno, que situação foi essa em que o terias usado e seria um erro?

brunodias

  • Mensagens: 3949
Foi 1 voo num avião que tinhamos voado pouco ou nada, e que se comporta de maneira diferente de 1 avião de fibra, com a agravante de ter tido um problema de cabos
O pensamento foi que teria na mesma o tal problema, e secalhar na altura teria se puxado o paraquedas, mas como não havia tivemos que ir fazendo as coisas e acabamos por aterrar

Isto é a historia resumida

O puxar o paraquedas faz com que o avião vá para a sucata em praticamente todos os casos


O paraquedas pode ser muito util por exemplo numa serra, agora por exemplo no meio do alentejo senão for problema estrutural, mais vale tentar trazer o avião para o chão

JoseMiguelSilvaM

  • Mensagens: 23
Claro,  daí que puxar o paraquedas seja a última opção. Mesmo que falhe o motor, se tiver um campo para aterrar preferia tentar aterrar.

Agora se fosse por exemplo uma falha de motor à descolagem em que não há campo nenhum  à frente da pista e  por exemplo só há casas e há altura  suficiente para abrir o paraquedas, siga para bingo... Daí que sou a favor de ter o dito cujo no avião.. Tem a desvantagem de ser mais uma coisa a fazer manutenção, por exemplo. E também de algum passageiro assustado puxar o manípulo sem querer e puff.. lá foi ele. Há também a agravante de o paraquedas poder armar sem aviso prévio mas  não sei se isto já alguma vez aconteceu...

Star57

  • Mensagens: 2
    • PPL DA40
Com BRS ou sem BRS, actualmente tenho no meu Hangar um Cessna 182T de 2008, o dono e um medico especializado, e inicialmente queria comprar um Cirrus eu tirei-lhe isso da ideia e decidio entao comprar o C182, para ele e para a esposa e de facto um pacificador mental.
Eu vivo em Calgary Canada e as montanhas a Oeste de nos teem altitudes superior a 12000 pes.
Se activar o BRS no futuro tera dificuldades em ter seguro por um preco razoavel.

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
2 Respostas
1012 Visualizações
Última mensagem 26 de Março 2014, 11:46:10
por CT2KBX
6 Respostas
1123 Visualizações
Última mensagem 29 de Abril 2017, 22:34:01
por cruzov
3 Respostas
1423 Visualizações
Última mensagem 12 de Março 2018, 21:03:15
por Silva
26 Respostas
2641 Visualizações
Última mensagem 06 de Abril 2018, 23:08:47
por efpmeneses
24 Respostas
3238 Visualizações
Última mensagem 31 de Dezembro 2018, 11:25:17
por dashmaddog

Total 154+0=154 ms, db 0 ms, php 154 ms