eascensao

  • Mensagens: 255
Repito o que já disse/escrevi noutro espaço

1. Devido à proximidade do Aeroporto de Lisboa e ao 'corredor de aproximação' ao mesmo foram publicados 'tuneis' para trânsito de aeronaves ligeiras a voar, naquela zona, segundo as regras de voo visual. Esses tuneis têm uma rota (percurso horizontal) definida e uma altitude igualmente definida. Neste caso, uma vez que a aeronave saía de Cascais devia atingir e manter 1000 pés (sensivelmente 300 metros) durante todo o percurso ao longo da Costa da Caparica entre a Cova do Vapor e a Lagoa de Albufeira.

2. 1000 pés / 300 metros é uma altitude relativamente baixa para uma aeronave como um Cessna 152 em caso de falha de motor e não só o tempo como a distância até à aterragem é muito escasso(a). Nesse intervalo de tempo há que tentar recolocar o motor em funcionamento, verificar procedimentos e executar checklist, encontrar opções/alternativas e decidir.

3. Tentar amarar um Cessna 152, aeronave de asa alta com trem fixo e com apenas uma porta de acesso aos 2 lugares da frente, com pouco tempo de decisão e preparação, eventualmente sem tempo/espaço para adequar a operação ao vento e à ondulação resultaria quase de certeza numa amaragem violenta e se não com quebra da aeronave certamente com submersão da mesma até ao nivel das asas e, em qualquer dos casos, com elevada probabilidade de perda de vida de ambos os tripulantes - sendo que o instrutor terá sempre presente o instinto de preservação e salvaguarda da vida do aluno (além da sua própria,evidentemente).

4. Uma faixa de areia molhada com alguma consistência pode/deve ter parecido a melhor hipótese e solução para resolver a questão. A aeronave, sem o motor a funcionar, com relativa baixa velocidade, sofrendo o atrito e afundamento da/na areia dever-se-ia imobilizar com alguma rapidez, percorrendo pouco espaço e, mesmo numa praia cheia de gente esta ao ver a aproximação da aeronave afastar-se-ia certamente resultando esta operação em menores danos materiais e pessoais do que a tentativa de amaragem.

5. Talvez o vento que se fazia sentir e a ausência de motor e consequentemente de ruído não tenham sido suficientemente considerados como factores de não alerta dos banhistas e de quem estava à beira-de-água para a presenla da aeronave ...

Certo é que neste caso, como na aterragem (bem sucedida) há uns anos na Lagoa de Albufeira, ou na aterragem (bem sucedida) na A1 há uns anos, ou na aterragem (com danos pessoais alem de materiais) numa praia de Sintra há menos tempo, nenhum de nós pode por em causa a decisão tomada por quem teve de a fazer ou afirmar solenemente que teria tomado outra opção.

Certo também é que os tripulantes não estarão a passar um 'bom bocado' e de que imediatamente após a aterragem a sua preocupação foi o de aertar para a necessidade de meios de socorro para quem no local tinha resultado ferido ... e alémdo processo de investigação no âmbito aeronáutico terão de responder no processo de investigação judicial, acusados provavelmente por homicidio (involuntário) por negligência.

toto1100

  • Mensagens: 3204
Nao sei porque é que nao haviamos de poder por em causa seja o que for. Era o que faltava.

Spak

  • Mensagens: 5582
...terão de responder no processo de investigação judicial, acusados provavelmente por homicidio (involuntário) por negligência.

Porquê por negligência?

toto1100

  • Mensagens: 3204
Segundo o Publico:

Citação
O piloto da aeronave que matou nesta quarta-feira duas pessoas na Caparica arrisca-se a ser acusado de homicídio por negligência, considera o advogado Melo Alves, caso não consiga demonstrar que não lhe restava outra alternativa senão aterrar em cima do areal repleto de gente. Trata-se de um crime cuja moldura penal varia entre um e cinco anos de cadeia.

Daqui: https://www.publico.pt/2017/08/03/sociedade/noticia/piloto-que-aterrou-em-praia-arriscase-a-responder-por-homicidio-negligente-1781183

mfsmm

  • Mensagens: 67
Já deu para notar que a comunicação já pintou os pilotos como assassinos imorais, "matou" só falta mesmo "assassinou". Já foram julgados e condenados pela imprensa, apesar desta ser completamente desinformada, pela maneira que estão a mediatizar o caso.

toto1100

  • Mensagens: 3204
Tendo em conta que duas pessoas morreram nao vejo muito bem o que poderiam dizer para alem de "matou".
Alem de que, por exemplo, no excerto que eu coloquei ate diz que foi a aeronave que matou.

mfsmm

  • Mensagens: 67
Pode ser interpretado de ambas as maneiras: O piloto da aeronave que matou -> a aeronave que matou; O piloto da aeronave que matou -> o piloto matou. A subtileza é suficiente e deveriam de ter mais cuidado com os títulos que escrevem (mas sem títulos interessantes não há clicks).

As pessoas quando vêm o números notam logo um avião que levava 2 pilotos matou 2 pessoas. Mesmo na praia já os queriam julgar, logo não é preciso ir muito longe e ver o que muitas pessoas dizem acerca disto: "para salvarem a pele ceifaram a vida a duas pessoas, uma delas uma criança. A praia não é uma pista de aterragem portanto este acto é no mínimo um acto de cobardia." Compete à imprensa demonstrar a realidade da aviação e não deitar lume à fogueira, mas claro, estamos a falar dos mesmos meios que fazem diretos ao pé de cadáveres e que , neste mesmo caso, entrevista o familiar da criança falecida.

toto1100

  • Mensagens: 3204
Isto nao era nenhum titulo. De qualquer das formas, as pessoas morreram, por isso nao se vê o que se poderia dizer. (Quer dizer sei, era "duas pessoas morreram na praia", mas isso era ridiculo)

Quanto à entrevista, foi o pai da criança que praticamente obrigou a jornalista a que o ouvisse. E ameaçou ir à CM TV faze-lo, se nao fosse com eles.

Spak

  • Mensagens: 5582
@ mfsmm

A alternativa, "o piloto da aeronave que vitimou 2 pessoas...", era tão mais polida. Mas pronto, é o que temos. CM style.
« Última modificação: 03 de Agosto 2017, 14:11:26 por Spak »


toto1100

  • Mensagens: 3204
Vitimou podia ser entre ter um arranhao ou morrer. Agora querem fazer de conta que nao morreram duas pessoas? Corporativismo no seu melhor.

Spak

  • Mensagens: 5582
Hum... vitima mortal não é vítima?

toto1100

  • Mensagens: 3204
Entao teria que ser "vitimou mortalmente". E gastarias mais uns quantos caracteres para dizer exatamente a mesma coisa que "matou".

hgraca

  • Mensagens: 15
Boas Tardes

Não sou piloto, não sei o que é estar num cockpit, sobretudo numa situação como esta.
Sou licenciado em Gestão aeronáutica e Oficial de operações de voo, as situações que se colocam no meu dia-a-dia podem ser stressantes e por vezes temos que tomar decisões que depois até verificamos que não foram as melhores.
Como já aqui foi dito por vários colegas de fórum e muito bem, perante as situações tendemos a optar e tenho a certeza que a tripulação não tinha qualquer intenção de ferir ou matar alguém, e mais provavelmente desde o sucedido começaram a pensar que deveriam ter amarado.
Primeiro ponto : Apoiar de todas as maneiras possíveis a tripulação e os familiares das vítimas

Segundo Ponto: Ver o que dá a investigação

Terceiro ponto: ignorar a comunicação social sensacionalista, que vive disto, pois reparem...primeiro foram os fogos, depois ah espera vamos falar sobre Tancos, entretanto como Tancos não vendia tanto, vamos outra vez para os fogos e para o SIRESP...agora têm aqui um furo. E infelizmente como não há futebol, têm que ser vendidos jornais, revistas, programas de televisão...

Pessoalmente, desligo destas não-notícias, vejo os factos - um Cessna fica sem motor, aterra de emergência num areal e duas pessoas que estavam no areal morrem colhidas pelo avião.

Se o piloto podia ter amarado? Se o piloto não seguiu os procedimentos correctos? Se o piloto estava sob influencia de alguma substância psicoativa? Se o avião reunia as condições para voar? Se....Se...Se... São questões que vão ser respondidas pela investigação.

Podemos comentar, conversar mas o problema é estarmos a ir beber informação a fontes que "apenas vão ver os arranques da fórmula 1 para verem acidentes".

Ninguém fica indiferente a esta situação que é grave porque houve mortos e feridos, mas apelo à calma no debate de ideias e pensar se algum de nós gostaria de estar sentado naquela cadeira naquele avião, naqueles momentos...

Tiago Maia

  • Mensagens: 735

toto1100

  • Mensagens: 3204

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
4 Respostas
1625 Visualizações
Última mensagem 03 de Setembro 2014, 22:45:44
por brunodias
1 Respostas
1018 Visualizações
Última mensagem 02 de Julho 2014, 14:21:04
por Spak
64 Respostas
5039 Visualizações
Última mensagem 10 de Julho 2015, 12:49:18
por B773ER
7 Respostas
996 Visualizações
Última mensagem 27 de Julho 2015, 22:54:43
por Spak
2 Respostas
850 Visualizações
Última mensagem 12 de Maio 2018, 17:48:48
por brunodias

Total 102+0=102 ms, db 0 ms, php 102 ms