BSilva

  • Mensagens: 593
Depois de ler esta noticia, aparece uma questão, um estado pode penalizar um fabricante que seja de fora só para proteger um fabricante do seu pais? Neste caso a Bombardier por cada avião vendido nos EUA paga uma taxa de 300%

Citação
A canadense Bombardier sofreu hoje um nova derrota na batalha contra a Boeing. O Departamento de Comércio dos EUA aumentou para praticamente 300% as taxas a serem pagas para cada aeronave Bombardier C-Series vendida para uma companhia americana, inviabilizando ainda mais a aquisição de 75 CS100 pela Delta Airlines.

A decisão de hoje é a segunda sobre as tarifas a serem cobradas no processo que a Boeing moveu contra a Bombardier sobre acusações de dumping e subsídios ilegais. Como reportamos no último sábado, o Departamento de Comércio deu razão à Boeing e, em decisão preliminar, havia imposto uma taxa de 219,63% sobre o preço de cada aeronave vendida para uma empresa americana. A decisão tomada hoje também é preliminar, mas adiciona mais 79,82% de taxas de importação sobre qualquer tipo de aeronave canadense entre 100 e 150 assentos, totalizando 299.45% de impostos.

O Departamento de Comércio afirmou que irá instruir o Serviço de Proteção de Fronteiras e Aduana dos EUA (CBP) para coletar os depósitos em dinheiro das importações de aeronaves entre 100 e 150 assentos provenientes do Canadá, baseados nessa taxa preliminar. Apesar do avião canadense alvo deste processo não ter sido ainda importado, em abril de 2016 um press release (da Delta) anunciou a venda das aeronaves canadeneses para uma companhia aérea americana num valor de mais de $5 bilhões de dólares.

A alegação da Boeing sobre a irregularidade e dumping da Bombardier diz respeito aos subsídios ilegais feitos pelo governo do Canadá para permitir que o projeto C-Series seja viável. Segundo a fabricante norte-americana, estes subsídios colocam em risco diversos empregos americanos, já que ameaçam o 737 e, para reparação disso, seria necessário taxar em 160% cada avião da Bombardier vendido para a Delta.

O Departamento de Comércio anunciou que a sua decisão final sobre a taxa de anti-dumping deverá ser emitida em 19 de dezembro deste ano. No ano fiscal de 2016, os EUA coletaram $1.5 bilhões de dólares em taxas de produtos avaliados em $14 bilhões, que segundo o governo americano estavam abaixo do preço de valor no mercado ou subsidiados por governos estrangeiros.

Pela Assessoria de Imprensa do U.S. Departament of Commerce.

Fonte: http://www.aeroin.net/eua-aumentam-300-taxa-bombardier-c-series/

cruzov

  • Administrador
  • Mensagens: 511
Claro que pode. O protecionismo, ainda mais com o actual presidente desse país, não é novidade.

nunopinheiro

  • Mensagens: 6597
Pfff, olha agradece a Embraer... Mas a boeing ou airbus não são anjos nisto dos apoios....

tareias77

  • Mensagens: 4875
Pfff, olha agradece a Embraer... Mas a boeing ou airbus não são anjos nisto dos apoios....

Claro que não, agora só falta o governo canadiano fazer o mesmo com a Boeing, embora o impacto seja muito menos reduzido. E muito honestamente era o que estes americanos mereciam.

brunodias

  • Mensagens: 5463
Se fossem todos taxados por igual não veria mal nenhum, assim acho 1 grande injustiça esta taxa

Tambem não concordo com isso do proteccionismo, e tirando este caso não me parece que os usa façam assim tanto proteccionismo, pelo menos a nivel de aviação

nunopinheiro

  • Mensagens: 6597
apoios camuflados em empréstimos, contratos militares e aeroespaciais, benefícios fiscais etc etc. não há anjos, e sim sem o governo do Quebeque o CS tinha ido ao charco e com as vendas que tem e sobre-custos esta a ser vendido abaixo do seu custo de produção (incluindo os custos de R&D), mas também o B787 e o A380 são vendidos abaixo do preço de custo... (tentei ser justo e mostrar varias companhias)

brunodias

  • Mensagens: 5463
Eu acho o valor da taxa 1 absurdo, mas de resto não posso dizer que os americanos são os unicos maus no mundo

Se importarmos 1 carro pagamos taxa, se for de fora da UE a taxa ainda é maior, quem diz 1 carro diz qualquer produto

A boeing nem me parece que tem a perder com o cseries, até porque não vende o seu 737 mais pequeno, e porque este cs100 nem é concorrente

Quando ao suposto proteccionismo, pelo menos a nivel de aviação vejo pouco ou nenhum, e isso é facilmente comprovavel vendo as frotas das companhias americanas, em que muitas tem um mix americano europeu, e outras só americanas e outras só europeias

nunopinheiro

  • Mensagens: 6597
Bruno a Boeing não tem um acordo com a Embraer? Porque sim, pelo menos o cs100 ou o cs300 não são grande empecilho aos 738 739 e 7310,
A companhias privadas fazem e bem o que quiserem e estiver no mercado, discutia se os estados apoiavam ilegalmente os construtores aeronáuticos?, eu ate digo que sim e digo mais são todos...
« Última modificação: 09 de Outubro 2017, 08:45:05 por nunopinheiro »


brunodias

  • Mensagens: 5463
Mas supostamente quase todas as companhias tem algo nos contratos que impede os emb195 e 190 em certos casos, tanto que o que mais vende nos usa são os 175 para as regionais

Por 1 lado eu ate entendo os subsidios, apesar de ilegais até entendo

Imagina que querer abrir 1 empresa de aviões, dizes que vais ter 20 mil trabalhadores, o governo quase de certeza que te da subsidios, pode nem ser em dinheiro, mas outros apoios que no fundo conta como subsidios

Volto a dizer que não concordo com esta taxa

iloper

  • Mensagens: 1524
O avião deve ser mesmo bom...

Francismesquita

  • Mensagens: 101
Boa noite,

Os Estados Unidos sempre protegeram o seu mercado. Na área da aviação não tenho tantos conhecimentos mas na minha área, Climatização, sei que há e muito apertada, não fosse a Carrier uma grande empresa na área e americana. Por exemplo, os fabricantes japoneses andaram muitos anos afastados do mercado americano porque para lá venderem um equipamento, para além das elevadas taxas aduaneiras, tinham de certificar o equipamento em vários programas de certificação e isso ficava-lhes de tal maneira caro que tinham de manter os modelos em fabrico durante muitos anos para poderem terem um payback aceitável. Como nesta área, haverá muitas outras. Honestamente a minha opinião acerca dos americanos, nesta sua atitude, não é das melhores.
Cumpts.
Francisco Mesquita

JB

  • Mensagens: 137
Tem toda a razao Francisco Mesquita; Os EUA sao muito protecionistas ainda mais com este novo presidente. No que respeita a climatizacao, no entanto, a japonesa Daikin vende quase tanto como a Carrier neste momento aqui nos EUA. No que toca aos Bombardier nao e mais que uma questao politica entre USA e Canada pois os 2 presidentes nao se entendem em quase nada.
JB

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
0 Respostas
906 Visualizações
Última mensagem 31 de Maio 2014, 07:11:52
por Flyz
2 Respostas
1481 Visualizações
Última mensagem 06 de Junho 2014, 14:08:22
por ClearedForTakeOff
89 Respostas
10586 Visualizações
Última mensagem 29 de Novembro 2016, 09:20:39
por Angelo Rosa
3 Respostas
1107 Visualizações
Última mensagem 29 de Abril 2016, 13:39:33
por Mariovieira
1 Respostas
1056 Visualizações
Última mensagem 17 de Fevereiro 2017, 18:34:53
por FLopes

Total 142+0=142 ms, db 0 ms, php 142 ms