Jfilipe

  • Mensagens: 111
Façam como eu faço, também sou victoria gold e sempre que tenho uma reclamação a fazer, coloco em CC o programa victoria gold.
Obtenho sempre respostas em menos de 1 mês.

Andre3567

  • Mensagens: 251
Após 1 ano e 4 meses acaba a aventura.

setembro '17, voo atrasado por 15h;
duas semanas depois do voo, queixa por email para a SATA;
2 novembro '17 queixa no formulário da ANAC;
3 fevereiro '18 nova queixa na ANAC, agora por email - o formulário foi-me dito após chamada que seria inútil preencher e não daria em nada;
2 de abril, ida à ANAC que ainda nem um "recebemos a queixa" me foi dado - disseram que o email de 3 de fevereiro foi "perdido", era necessário enviar outro directamente a quem trata do assunto. Foi enviado.
com a SATA até meados maio '18, Recusarem a pagar indemnização (diziam não haver direito a indemnização com atrasos), oferecerem só vouchers e afins, e demorarem mais de um mês a responder a cada email;
Fim de maio '18, entrada com processo em Julgado de Paz;
Sessão de mediação faltaram sem nada dizer. Data de julgamento faltaram sem nada dizer.
18 de setembro leitura de sentença, indemnização a ser paga;
Email com dados para pagamento enviado dia 19 de setembro;
Carta registada dia 16 de outubro, aceite dia 19 de outubro;
Resposta dia 18 de outubro do Apoio ao Cliente a dizer que não era com eles, que era com o Dept. Jurídico, e que iriam reencaminhar os meus dados;
Telefonema dia 31 de outubro directamente ao Dept. Jurídico. Não receberam os dados do Apoio ao Cliente nem a carta registada. Novo email, agora para eles directamente. Pagamento em "3 a 4 semanas", portanto até final de novembro "de certeza";
Telefonema dia 3 de dezembro "Ah, falta a assinatura ainda de um departamento, chega no final desta semana";
Telefonema dia 12 de dezembro "Está quase quase, mais dois ou três dias, sem falha";
Nessa altura falei com o Julgado de Paz, e estava já a começar a tratar das coisas para levar a decisão do JdP a um Tribunal, visto a SATA não pagar;
Antes de o fazer decidi voltar a telefonar, dia 26 de dezembro "O Dept. Financeiro já tem o processo, tem é muitas coisas para pagar e não consegue despachar tudo."
Decidi dar até final do ano, depois entraria em Tribunal. Dinheiro entrou sexta-feira passada (dia 28) na conta.

1 ano e 4 meses, Julgado de Paz, vários emails (tanto para SATA e ANAC), várias chamadas (novamente tanto para SATA e ANAC), para se receber aquilo a que se tem direito. De notar que até à data ainda não recebi nem um "Olá, a sua queixa foi recebida." do email enviado para a ANAC dia 2 de abril.

Instituições ridículas e (para este assunto pelo menos) inúteis. Uns atrasam, atrasam, atrasam; e outros não fiscalizam nem fazem cumprir as regras.

Pelo menos está resolvido, e a SATA entra agora na minha no-fly list, a não ser que estritamente necessário. O voo atrasar pode acontecer em todo o lado, lixar o passageiro depois na indemnização e atrasar as coisas como o fizeram é desprezável.
« Última modificação: 31 de Dezembro 2018, 09:15:21 por Andre3567 »


Jorge78

  • Mensagens: 2852
Caro @Andre3567, não entregou o caso a uma airhelp.com por opção?

Sinceramente nestes casos acho que será a melhor solução devido à falta de seriedade de algumas companhias aéreas, o trabalho que teve para receber o que tem direito devia dar direito a indemnização muito maior.

avionavtis

  • Mensagens: 3
Após 1 ano e 4 meses acaba a aventura.

...

Obrigado pelo relatório. Mesma coisa aqui. Reação zero por parte da Sata e da ANAC. Por isso, há dois meses entreguei o meu caso a refund.me e eles já me informaram que continuam a espera duma resposta da Sata... O voo foi em Julho 2018... ...vamos ver se está resolvido em Novembro 2019.  ;-)

Andre3567

  • Mensagens: 251
Caro @Andre3567, não entregou o caso a uma airhelp.com por opção?

Sinceramente nestes casos acho que será a melhor solução devido à falta de seriedade de algumas companhias aéreas, o trabalho que teve para receber o que tem direito devia dar direito a indemnização muito maior.

Pensei nisso, mas como nunca achei que isto iria dar tanta dor de cabeça, e ainda para mais a indemnização era de um valor considerável (longo curso para 4 passageiros) decidi fazê-lo eu para não pagar os 25% comissão. Se soubesse o que sei hoje se calhar tinha-o feito, perdia "algum" dinheiro, mas não me chateava com nada nem iria em viagens para a frente e para trás para a ANAC, Julgado de Paz e afins.

Obrigado pelo relatório. Mesma coisa aqui. Reação zero por parte da Sata e da ANAC. Por isso, há dois meses entreguei o meu caso a refund.me e eles já me informaram que continuam a espera duma resposta da Sata... O voo foi em Julho 2018... ...vamos ver se está resolvido em Novembro 2019.  ;-)

Boa sorte, e que não demore muito tempo!
« Última modificação: 31 de Dezembro 2018, 10:45:52 por Andre3567 »


Airliner

  • Mensagens: 1196
A intenção é demorar e complicar o processo. São muitas contas e reclamações para responsabilizar e pouco dinheiro disponível.

Airliner

  • Mensagens: 1196
De qualquer maneira, evitem a Air Help. Conselho meu.

finhinho

  • Mensagens: 513
Já agora, pode dizer-nos o porquê desse conselho?

Andre3567

  • Mensagens: 251
A intenção é demorar e complicar o processo. São muitas contas e reclamações para responsabilizar e pouco dinheiro disponível.

Percebo completamente, ainda para mais a companhia ter dinheiro nas suas contas rende algum, tê-lo na minha não rende nada. Ainda para mais, se a indemnização fosse "só" de 200€ provavelmente não me iria dar a este trabalho todo, aceitaria o voucher e estava resolvido.

Mas algumas coisas foram completamente ridículas. Por exemplo a "defesa", escrita, deles ao processo entregue no Julgado de Paz foi dizer que não voei, e que o cartão de embarque não é prova de ter voado porque podia ter feito o check-in e depois não embarcar. Pelo menos deu para rir um bocadinho. :P
« Última modificação: 31 de Dezembro 2018, 10:54:25 por Andre3567 »


FLopes

  • Mensagens: 568
Eu tenho trabalhado com a Air Help e nos últimos tempos a qualidade do serviço tem deixado muito a desejar. É preciso enviar a mesma informação vezes e vezes sem conta. Para além de que parece que eles não conseguem convencer as companhias a pagar em situações que devia ser de caras. Estou farto de assinar procurações de advogados.

Alguém trabalha com outras empresas do ramo e que possa aconselhar?

nfty

  • Mensagens: 253
Infelizmente ,a Tap ,ainda não percebeu algo tão óbvio como a satisfação cliente ,pois são eles que fazem com que as empresas existam, eu como cliente Tap tenho uma reclamação aberta desde Maio de 2018 ,viagem cancelada ,com pré aviso de 48 horas,como até agora não obtive qualquer tipo de resposta ,vou infelizmente ter que recorrer aos serviços jurídicos da companhia para a qual trabalho ,e digo infelizmente, porque tenho um grande apreço e digo mesmo carinho pela Tap,espero que a pessoa responsável pelos recursos humanos leia esta mensagem ,e tire as devidas conclusões ,para bom entendedor meia palavra basta .

anonuser2

  • Mensagens: 573
O customer service é provavelmente o pior departamento da TAP. A Air France/KLM quando um passageiro Platinum/Gold faz uma reclamação, telefona ao cliente num prazo de 48 horas com um pedido de desculpas e informação sobre como o problema que o passageiro levantou será resolvido. 48 horas.
Na TAP, um passageiro Gold em Business, nem o problema tem resolvido ao fim de 9 ou 10 meses, quanto mais telefonema. E isto é a Air France que geralmente não é um exemplo para ninguém relativamente a eficiência!
A TAP passa a imagem de não valorizar o seu cliente, o que é uma pena.

nlopes

  • Mensagens: 78
A Ryanair cancelou-me um voo em Julho do ano passado e devolveu-me logo o dinheiro do voo na semana seguinte.
Mas ainda estou à espera da indemnização EU261 a que estão obrigados. Entretanto tive que fazer reclamação para o Ombudsman (UK), mas só me dão resposta daqui a 1 mês, ou seja 6 meses depois do voo. Vamos lá ver se é desta..

A BA é rápida a pagar. Já recebi indemnização EU261 & por me terem estragado a mala, ambas as vezes em cerca de 1 semana (sou Silver).
Mas no ano passado tiraram-me do avião em LHR por razões de segurança (tinha cartão de embarque SSSS para os EUA). Por causa disso atrasaram um A380 por 45 minutos. Fiz reclamação, ao que me responderam com uma resposta "British" a dizer que não aconteceu nada de mal. E o pessoal de cabine ainda me olhou de lado. WTF?  Eles é que se esqueceram de me enviar para a zona SSSS.

toto1100

  • Mensagens: 5910
Nesse último caso com que direito é que terias direito a indemnização?

nlopes

  • Mensagens: 78
Nesse último caso com que direito é que terias direito a indemnização?

De me porem foram do avião? Nada.  Voltei a entrar. O avião esperou por mim. Mais as outras 500 pessoas que lá estavam..
Só fiz reclamação porque é ridículo o que aconteceu. Além de que quebraram as normas de segurança ao deixar entrar um passageiro SSSS no avião antes da verificação de segurança.

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
8 Respostas
2232 Visualizações
Última mensagem 20 de Fevereiro 2014, 21:51:22
por Pedro Xavier
1 Respostas
1120 Visualizações
Última mensagem 06 de Junho 2015, 19:14:19
por Spark
59 Respostas
10294 Visualizações
Última mensagem 21 de Junho 2016, 00:42:13
por LPPR
4 Respostas
1377 Visualizações
Última mensagem 15 de Março 2016, 18:24:09
por caparica
182 Respostas
19379 Visualizações
Última mensagem 29 de Dezembro 2017, 18:47:50
por AvGeekDiogo

Total 125+0=125 ms, db 0 ms, php 125 ms