Silva

  • Mensagens: 18
Alguém aqui que esteja ou tenha frequentado ATPL na AWA?
Ando a ponderar avançar para ATPL e já me informei com gair 7air e awa.
Em visitas à escola a AWA foi a que me pareceu mais próxima do meu perfil, no entanto verifica-se alguma discrepância entre preço/horas voadas. Ou seja, para 205/207 horas voadas temos preços de 52K na 7air e 57 na awa. Alguém que me possa indicar se a diferença se justifica face aos instrutores/frota de treino? Agradeço Feedback a quem tenha algum conhecimento sobre este tema.

iSeven

  • Mensagens: 544
Caro Silva,

Infelizmente, já apanhaste o aumento do preço... Até recentemente, era de 52.900€ por 205 horas de voo. Tenho alguns colegas a frequentar o ATPL na AWA e sei que a qualidade de instrução é muito boa, na medida em que os instrutores de voo são muito exigentes com os alunos. Isto resulta, no final do curso, em bons pilotos. No geral, é uma escola que se preocupa com os seus alunos e providencia um bom acompanhamento dos mesmos.

Para além disto, creio que um piloto que aprenda a voar num avião de asa baixa como o Grob 115 (o principal utilizado para instrução na AWA) adquira uma maior precisão, ganhando mais "mão", por assim dizer.

É uma questão de ires à escola no horário das aulas teóricas (18h), perguntares se podes falar com algum aluno que esteja na teoria ou que esteja já a voar e terás aí alguma opinião também!

Silva

  • Mensagens: 18
Obrigado pelo comentário seven.
Sabes se os novos alunos estão a conseguir alguma colocação no mercado mesmo com as 200 horas, ou seja, mesmo que haja lugar a ter de seguir ptf num tr?

iSeven

  • Mensagens: 544
Em relação a isso, não te sei dar uma opinião geral. Conheço uns que entraram na TAP nestes últimos concursos. Um deles entrou com cerca de 230 horas. Se fosse eu, acrescentava sempre o gasto de um Type Rating ou de um curso de instrutor às contas. Se bem que agora a Ryanair já não cobra o valor do Type Rating à cabeça.

Silva

  • Mensagens: 18
Obrigado pelo comentário seven.
Sabes se os novos alunos estão a conseguir alguma colocação no mercado mesmo com as 200 horas, ou seja, mesmo que haja lugar a ter de seguir ptf num tr?

Silva

  • Mensagens: 18
Neste momento para o ATPL tenho o valor disponível na totalidade sem necessidade de recurso a financiamento mas se passar muito além disso a almofada começa a ficar curta, é uma vez que estou estável na minha área são sempre questões no ar que ficam no ar...

iSeven

  • Mensagens: 544
É sempre um risco... O mercado agora está melhor do que há uns anos, mas não se sabe se vai continuar assim ou se vai piorar. Com vista à segurança/estabilidade financeira, poderás sempre fazer o curso de forma modular, enquanto te manténs na tua área! Penso que qualquer uma das 3 escolas que referiste tem a opção da via modular.
« Última modificação: 30 de Março 2018, 15:41:58 por iSeven »


Silva

  • Mensagens: 18
A ideia era fazer o ATPL em pos laboral, um pouco mais longo mas trabalhando ao mesmo tempo. Não sei se a carga de estudo o permite mas...

iSeven

  • Mensagens: 544
Força nisso. Com vontade, tudo se consegue. Muita gente trabalha e faz o ATPL em pós-laboral, até mesmo o integrado! Boa sorte.

Silva

  • Mensagens: 18
Por acaso sabes se a AWA tem a frota com glass cockpit tal como a 7air?

iSeven

  • Mensagens: 544
Que eu saiba, não, mas, a meu ver, não é por aí. A G Air/L3 também tem Glass. Contudo, a maioria dos aviões que vais voar são com mostradores analógicos. A Seven Air, por exemplo, ainda só tem 1/2 monomotores com Glass.

Silva

  • Mensagens: 18
A l3 está fora de questão. Não consigo encontrar nenhuma vantagem para os preços que praticam... simplesmente fora de contexto. A 7/air tem glass tanto em single como multi engine...
será uma mais valia???

iSeven

  • Mensagens: 544
A única mais-valia que vejo é habituação a um display digital, que é o mais utilizado em linhas aéreas. Contudo, durante décadas e décadas o treino foi feito em analógico e a transição feita posteriormente, no Type Rating. Os recrutadores não valorizam o facto de teres treinado em Glass, simplesmente não querem saber disso. Nem vem esse facto averbado na licença ou qualquer coisa parecida! No final, a licença diz o mesmo, quer treines em analógico ou digital ;D

Os Glass vieram revolucionar a aviação, primeiro comercial, depois a ligeira. São uma grande mais-valia em termos de redução de carga de trabalho. No entanto, no que toca a escolas de aviação (formação de pilotos), diria que a presença de Glass é 75% para atrair os alunos e 25% para usufruto desta tecnologia propriamente dita. Afinal de contas, não deixa de ser uma evolução tecnológica: tens mais informação, apresentada de uma maneira mais intuitiva e muitas mais funcionalidades.

É um sistema bom, mas mais para dar nas vistas, se nos referirmos às escolas. Esta é a minha opinião. Convido o resto do pessoal a partilhar outra perspetiva.

Não te esqueças que, em qualquer escola, se tiveres uma frota de 20 aviões em que 3 ou 4 estão equipados com Glass, vais ter muitos mais voos nos analógicos do que nos digitais. Acaba-se por aprender os analógicos também, espero. É uma questão de perguntares à escola quantas horas de voo terás nuns e noutros!
« Última modificação: 30 de Março 2018, 18:41:03 por iSeven »


Silva

  • Mensagens: 18
Há passei pela AFÃ onde voei com analógico. Nada a dizer, afinal de contas a informação está toda lá. A pergunta vem no seguimento da vantagem/ou não no mercado face à tecnologia de aprendizagem

iSeven

  • Mensagens: 544
Estás a perguntar numa perspetiva de entrar no mercado de trabalho? Como expliquei, acredito firmemente que não é isso que vai tornar um candidato mais ou menos apelativo. Até porque não aparece escrito em lado algum. Se facilitará uma posterior transição, aquando da realização de um Type Rating? Acredito que sim, um bocadinho... Porque todos os aviões são diferentes (incluindo os displays digitais). Haverá sempre lugar a uma nova habituação.

Já voei tanto analógico como glass (Garmin G1000) e acho que não é isso que deve tornar um curso mais caro, numa perspetiva de integração no mercado de trabalho. É mais giro, pronto. A verdadeira vantagem do glass/digital está depois na operação diária de um avião numa linha aérea. Maior consciência situacional, maior segurança e não só.
« Última modificação: 30 de Março 2018, 18:54:20 por iSeven »


Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
2 Respostas
1022 Visualizações
Última mensagem 22 de Maio 2017, 09:45:52
por Jorge Sousa
26 Respostas
5917 Visualizações
Última mensagem 17 de Julho 2018, 17:40:24
por Mborges
Escolas de pilotagem AWA

Iniciado por Pedro Peixoto Formação

3 Respostas
517 Visualizações
Última mensagem 08 de Fevereiro 2018, 01:59:12
por mrpmh
2 Respostas
505 Visualizações
Última mensagem 31 de Março 2018, 09:07:47
por mrpmh

Total 69+0=69 ms, db 0 ms, php 69 ms