Frog2001

  • Mensagens: 26
Viva,

Tem-me feito alguma confusão o facto da TAP operar com ATR's em concorrência com companhias a operar com aviões a jacto.
O melhor exemplo será Lisboa-Porto onde os ATR-600 das TAP concorrem com os 737 da Ryanair.

A minha dúvida, não percebendo muito da coisa, é: não será melhor uma viagem num avião a jacto comparativamente com um avião de turbo-helice?

Simonsays

  • Mensagens: 274
    • Não há ventos favoráveis se não sabes para onde vais
D€v€M haver algumas razões ... :-)

Frog2001

  • Mensagens: 26
No caso em concreto (Lisboa-Porto) as razões são 91€ pela tarifa mais cara da Ryanair (que inclui entre outras coisas: prioridade no embarque e bagagem de 20kg no porão) contra os 129€ da TAP sem direito à bagagem de porão.

É isso que me faz confusão, se o serviço é mais caro o que é que oferecem? gajas?

GoncaloRibas

  • Mensagens: 252
Se a TAP  só operasse três voos diários entre LIS e OPO  não seria com ATR, agora com o modelo de ponta aérea atual em aviões da família A320 já seria demasiado. As restantes rotas de ATR da TAP penso que são rotas onde a procura e as características do voo  condizem com o ATR. Já vi para quase todos os dias voos da ponte aérea por 29€, mas com alguma antecedência
« Última modificação: 18 de Maio 2018, 20:41:36 por GoncaloRibas »


Frog2001

  • Mensagens: 26
Acredito que alguma diferença haja, e esse foi o motivo da minha curiosidade.
Mas como pesquisei apenas para este tópico, limitei a minha pesquisa a um dia especifico (1.09.2018) e os resultados foram os que indiquei.
E com já tinha esta sensação...

Existindo vários voos ao longo do dia já compreendo melhor a discrepância de preços.

JSilvazito

  • Mensagens: 284
não será melhor uma viagem num avião a jacto comparativamente com um avião de turbo-helice?
Já voou turboprop's em rota ultra curtas?
Independentemente dos €€€ ( revertam eles para a cia ou para o passageiro ) , neste tipo de rotas não sei se o facto será assim tão, mas tão melhor?
Já fiz Lisboa/Porto e Porto/Lisboa em 320 e em ATR da PA e se tivesse que escolher não sei qual escolheria para situações futuras.
Cumprimentos,

nunopinheiro

  • Mensagens: 2970
Comparar o produto TAP com o Raynair neste segmento nao é uma comparação justa, boa parte da operação TAP nos Atr porto Lisboa é de forma é alimentar o HUB. E nesses casos o pessoal quase que nem paga pelo vôo.

Se o Atr é o aparelho mais adequado é mais discutível. Mas como são operados por uma empresa completamente externa a TAP com imagino custos laborais inferiores, pode ser que sim...

Frog2001

  • Mensagens: 26
Agradeço a ambos o esclarecimento.

Efectivamente nunca voei, apenas fiquei com curiosidade porque, sendo leigo, para mim o ATR parece ser um produto inferior, e num ou outro relato que li formei a ideia de existir mais ruído a bordo e ser mais sensível a aterragem, pelo que não faria sentido a TAP fornecer um produto inferior a um preço mais elevado.

Já voei com a Ryanair e apesar de não ter razões de queixa da experiência, deu para perceber que se tem o que se paga.

ClearedForTakeOff

  • Moderador
  • Mensagens: 1230
    • Aviation Blog
A Ryanair só tem 737 por isso não podia operar com nenhum outro.

vabrant

  • Mensagens: 231
Em termos de conforto, prefiro os ATR (TAP ou AEA por exemplo) aos 737 da RYR, mesmo em voos com cerca de 2 horas.

manfas

  • Mensagens: 76
Em termos de conforto, prefiro os ATR (TAP ou AEA por exemplo) aos 737 da RYR, mesmo em voos com cerca de 2 horas.

Já a nível de ruído na cabine não se pode dizer o mesmo. Ainda assim muito melhor que o Q400.

Frog2001

  • Mensagens: 26
Concluindo, a ideia que criei de que os ATR são um produto inferior se comparados com aviões a jacto, está errada.

Obrigado a todos que ajudaram.

Nakano

  • Mensagens: 217
Em termos de conforto, prefiro os ATR (TAP ou AEA por exemplo) aos 737 da RYR, mesmo em voos com cerca de 2 horas.

Concordo.

Icterio

  • Mensagens: 140
    • Melhor ter sorte do que perícia.
Não sei se estamos apenas a falar em termos de produto de "serviço", ou seja, qualidade dos interiores, profissionalismos do pessoal de bordo, etc...

Em termos de motores turbohélice ou turbina, não se pode dizer que um seja melhor que o outro, cada um tem os seus pontos fortes e fracos.  Os turbohélices estão no seu elemento a baixa-médias altitudes e até cerca dos 700-800km\h onde são substancialmente mais económicos que as turbinas.  Estas por sua vez, começam a ser mais eficientes assim que se atinge grande altitude e maiores velocidades.   

Se o regime de voo for composto de sectores curtos, os turbohélices podem ter vantagem.  Em viagens de longo curso a turbina é "rainha".  Segue aqui este gráfico que ilustra bem o ponto da questão.  Mas este assunto dava "pano para mangas", principalmente se consideramos algumas tecnologias emergentes como os propfans e geared turbofans.


VNE

  • Mensagens: 1032
Toda a gente sabe porque é que a TAP utiliza os ATR na ponte aérea.

A Azul precisava urgentemente de despachar alguns, a maior parte veio para a TAP...

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
8 Respostas
4682 Visualizações
Última mensagem 02 de Dezembro 2014, 20:37:43
por aerointeressado
30 Respostas
3774 Visualizações
Última mensagem 03 de Dezembro 2014, 08:45:34
por Jorge78
6 Respostas
1234 Visualizações
Última mensagem 04 de Dezembro 2014, 00:06:31
por Caravelle
2 Respostas
932 Visualizações
Última mensagem 12 de Fevereiro 2015, 22:44:49
por tareias77
0 Respostas
369 Visualizações
Última mensagem 19 de Agosto 2015, 14:29:45
por superpiloto

Total 71+1=72 ms, db 0 ms, php 72 ms