finhinho

  • Mensagens: 439
Casualmente deparei-me com este artigo.

Como o estudo foi elaborado pela AirHelp, presumo que seja minimamente confiável.

Citação
Um universo de 72 companhias aéreas foi avaliado levando em conta critérios como pontualidade e índice de resolução de problemas
Um levantamento realizado pela empresa de tecnologia AirHelp, conhecida por defender na justiça passageiros que tiveram voos cancelados ou com overbooking, divulgou um ranking das piores companhias aéreas para viajar em 2018. O universo da pesquisa contou com a avaliação de 72 empresas ao redor do mundo.
Para realizar o ranking foram utilizados três critérios de avaliação: pontualidade, qualidade de serviço e capacidade de resposta à queixas de passageiros. A pesquisa atribuiu notas de 1 (para as piores linhas) a 10 (para as melhores) para um dos critérios.
A islandesa de baixo custo WOW Air levou o título de pior companhia aérea de 2018 (atingindo uma pontuação total de 5,04), seguida da Royal Jordanian Airlines e a Pakistan International Airlines, que ficaram na 71ª e 70ª posição, respectivamente.
De acordo com o estudo da AirHelp, a WOW Airlines possui um dos piores serviços de atendimento ao cliente, mas que “perde” para o da EasyJet (1,3) e o da Royal Jordanian Airlines (0,8).
As linhas da Europa e da Ásia foram as que tiveram as piores colocações no ranking. Entre as 10 piores, quatro são asiáticas e três são europeias. A Aerolíneas Argentinas foi a única companhia latino-americana a aparecer no ranking, ficando na 64ª colocação.
Critérios de avaliação
Para determinar a pontualidade, a AirHelp considerou atrasos de 15 minutos como normais e determinou a performance de cada companhia com base na percentagem de voos que chegaram no horário. Se uma empresa receber uma pontuação de 8,5, por exemplo, quer dizer que 85% dos voos chegaram no horário.
A qualidade do serviço foi medida a partir do estudo das avaliações de passageiros em sites de reviews. Já o atendimento às queixas foi feito a partir dos dados computados pela própria empresa, que desde 2013 recebe as reclamações de passageiros através do site ou app.
Confira a lista com as 10 piores companhias aéreas de 2018:
1. WOW Air
2. Royal Jordanian Airlines
3. Pakistan International Airlines
4. Easyjet
5. Air Mauritius
6. Ryanair
7. Korean Air
8. Iberia
9. Aerolineas Argentinas
10. Jet Airways


Fonte:
https://viagemeturismo.abril.com.br/materias/as-piores-companhias-aereas-de-2018/

finhinho

  • Mensagens: 439
Entretanto, como o texto do artigo era algo confuso, decidi ir procurar a origem dos dados, que encontrei em:

https://www.airhelp.com/pt-pt/airhelp-score/ranking-companhias-aereas/

Aqui ficam dois recortes da informação que nele consta:




Tomás Ribeiro

  • Mensagens: 471
Estou admirado de ver a Korean Air no top das piores...

Jorge78

  • Moderador
  • Mensagens: 2356
Também estou admirado da easyJet, tenho uma boa opinião sobre a companhia e acho estranho estarem abaixo da Ryanair por exemplo.

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1466
Citação

TAP no ranking mundial das melhores companhias aéreas

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, e o Aeroporto General Humberto Delgado, em Lisboa, surgem no ranking nas 90.ª e 121.ª, posições, respetivamente, entre 141 aeroportos.

A AirHelp, empresa especializada na defesa dos direitos dos passageiros aéreos e líder mundial na obtenção de compensações por perturbações em voos, revela o AirHelp Score, que classifica as melhores companhias aéreas e aeroportos do mundo. Esta é a mais completa e precisa avaliação de companhias e aeroportos baseada em dados, classificando-os segundo os seguintes parâmetros: qualidade de serviço, pontualidade, tratamento de reclamações e análise online do sentimento do consumidor.

No ranking das companhias aéreas, a TAP surge na 60.ª posição, entre 72 companhias, com a pontuação final de 6,4. A transportadora portuguesa apresenta uma pontuação de 6,9 em pontualidade, 6,3 em qualidade de serviço e 6,1 em tratamento de reclamações.

Bernardo Pinto, Brand Manager da AirHelp, realça que a TAP tem margem para melhorar o serviço prestado ao cliente: “para determinar a pontuação da qualidade de serviço, combinámos diferentes rankings disponíveis publicamente e o feedback dos nossos clientes. No caso do tratamento de reclamações, tivemos em consideração a eficiência e a forma como lidam com as reclamações, incluindo a percentagem de reclamações rejeitadas e tempos para processar e pagar as mesmas”.

No ranking dos aeroportos, há dois portugueses na lista de 141 classificados: o Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, ocupa a 90.ª posição, com uma pontuação final de 7,4, e o Aeroporto General Humberto Delgado, em Lisboa, surge no 121.º lugar, com 6,8. A qualidade de serviço é o parâmetro com a pontuação mais elevada do Aeroporto do Porto (8,6), seguindo-se a pontualidade (6,9) e a análise online do sentimento do consumidor (4,2). O Aeroporto de Lisboa obteve 7,4 em qualidade de serviço, 6,6 em pontualidade e 5 em análise online do sentimento do consumidor.

Bernardo Pinto salienta que, «com uma pontuação de 8,6, o Aeroporto do Porto apresenta uma boa qualidade de serviço. O Aeroporto de Lisboa não fica muito atrás relativamente a este parâmetro. Contudo, os dois aeroportos com maior tráfego em Portugal apresentam uma taxa alta de atrasos e deveriam melhorar a sua pontualidade».

Melhores e piores companhias e aeroportos do mundo

A Qatar Airways lidera o AirHelp Score na categoria de companhia aérea, com uma pontuação final de 9,1 pontos. Destronando a Singapore Airlines (Singapura), que ocupa este ano a 4.ª posição, a companhia do Qatar melhorou significativamente na pontualidade e no tratamento de reclamações. Lufthansa (Alemanha – 2.º), Etihad Airways (Emirados Árabes Unidos – 3.º) e South African Airways (África do Sul – 5.º) completam o top 5 das melhores.

No sentido inverso da tabela, as cinco companhias aéreas com as classificações mais baixas são a Air Mauritius (Ilhas Maurícias – 68.º), a Easyjet (Reino Unido – 69.º), a Pakistan International Airlines (Paquistão – 70.º), a Royal Jordanian Airlines (Jordânia – 71.º) e a WOW Air (Islândia – 72.º).

O AirHelp Score de 2018 mostra que, à medida que a concorrência endurece entre as companhias aéreas, aquelas que colocam os passageiros em primeiro lugar saem vencedoras a longo prazo. Durante muito tempo, as companhias aéreas concentraram-se em cortar custos, esquecendo os clientes. Estamos entusiasmados por assistir a uma mudança positiva em muitas companhias, que colocam agora os passageiros em primeiro lugar e que, quando as coisas correm mal, se responsabilizam e respondem aos pedidos de compensação elegíveis rapidamente e sem complicações”, afirma Henrik Zillmer CEO e cofundador da AirHelp. “Felicitamos a Qatar Airways, que privilegia consistentemente os seus clientes e que mantém o seu lugar no top 3 desde 2015, regressando agora ao 1.º lugar. Esperamos que mais companhias aéreas tenham em conta este trabalho impressionante e que melhorem a sua pontualidade este ano.”

O Qatar destaca-se também na categoria de aeroporto, com o Aeroporto Internacional de Hamad a surgir na 1.ª posição. O vencedor da edição anterior, o Aeroporto Changi de Singapura, ocupa agora o 5.º lugar. O top 5 é completado pelo Aeroporto Internacional de Atenas (2.º), Aeroporto Internacional de Tóquio (3.º) e Aeroporto Colónia-Bona (4.º).

As cinco pontuações mais baixas foram atribuídas ao Aeroporto de Estocolmo-Bromma (Suécia – 137.º), seguido dos aeroportos franceses Paris-Orly (138.º) e Lyon-St Exupery (139.º), do Aeroporto de Londres-Stansted (140.º) e do Aeroporto Internacional do Kuwait (141.º).

Este é o sexto relatório AirHelp Score, desde que a companhia iniciou as avaliações, em 2015. Recorrendo ao seu conhecimento especializado sobre a indústria, a AirHelp fornece assim aos passageiros aéreos toda a informação de que precisam para marcar um voo com inteira confiança na sua escolha. O AirHelp Score pode ser consultado na totalidade online.


Jopeg
« Última modificação: 11 de Junho 2018, 10:27:45 por jopeg »


VNE

  • Mensagens: 1023
Rankings são rankings, mas estar lá atrás nunca não é bom.
Mesmo que seja um ranking sem patrocínio da TAP...
« Última modificação: 11 de Junho 2018, 19:45:45 por VNE »


nunopinheiro

  • Mensagens: 2745
Com os problemas de pontualidade endémicos é complicado este ranking correr bem, e atrasos provocam reclamações que a TAP as outras 3 companhias referidas para Portugal são muito boas a tentar ignorar.

Os critérios são eminente aquilo que nos leva a usar a Air Help, dai os maus resultados em particular da easyjet que deve ser mesmo complicado de obter compensações por voos anulados/atrasados
« Última modificação: 11 de Junho 2018, 19:55:15 por nunopinheiro »


Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
0 Respostas
558 Visualizações
Última mensagem 04 de Março 2015, 13:06:13
por Mariovieira
4 Respostas
1419 Visualizações
Última mensagem 06 de Junho 2015, 18:49:13
por sheikh
59 Respostas
5559 Visualizações
Última mensagem 31 de Maio 2016, 08:04:26
por Spak
0 Respostas
201 Visualizações
Última mensagem 13 de Outubro 2015, 15:32:45
por jopeg
11 Respostas
1820 Visualizações
Última mensagem 22 de Outubro 2015, 08:00:16
por david1990

Total 59+0=59 ms, db 0 ms, php 59 ms