Icterio

  • Mensagens: 627
    • Melhor ter sorte do que perícia.
No princípio dos anos 60 a USAF precisava de um avião de ataque de baixa altitude/grande alcance.  A Navy precisava de um aparelho para suceder ao F-4 na defesa aérea da frota.  O SecDef da altura (McNamara) achou que era uma boa oportunidade para ambos os serviços se juntarem e concordarem num projecto comum.

O F-111B era a versão para a Navy mas nunca chegou a bom porto.  A marinha detestava a ideia de se juntar à USAF para o que quer que fosse (e vice-versa) e, além disso, os requisitos de ambos os serviços eram, em muitos pontos, contraditórios.  Ainda se produziram alguns protótipos desta versão B (na foto em testes em porta-aviões) mas era demasiado grande e pouco manobrável para as necessidades.

Eventualmente foi cancelado (ao contrário das versões para a USAF) e substituído por um aparelho de "recurso", o F-14 Tomcat, que herdou os motores, o radar e os misseis ar-ar de longo alcance do F-111B.  Muitos dos grandes aviões da história surgiram assim; como soluções de recurso ou segundas escolhas que, no final, acabaram por superar em muito a solução inicial.  Assim, de cabeça, lembro-me do AH-64 Apache, também foi um "desenrasco" de última hora, passe o exagero.

Icterio

  • Mensagens: 627
    • Melhor ter sorte do que perícia.
Este vai ser difícil...


Pedro Xavier

  • Mensagens: 110
Boa tarde,

Breda-Zappata BZ.308...
Difícil, de facto.
Interessante só ter sido construído um...

Abç.

lrad

  • Mensagens: 1173
Na minha inocência pensava num dc 6 :D

Icterio

  • Mensagens: 627
    • Melhor ter sorte do que perícia.
Muito bem, Breda-Zappata BZ.308.

padilhasantos

  • Mensagens: 303
  • Who cares?
Que raio de avião.. parece um filho de um constellation com um de havilland comet

Icterio

  • Mensagens: 627
    • Melhor ter sorte do que perícia.
Também reconheci ali um "look" de Constellation na corcunda do cockpit!!  E, de facto, tem umas linhas a evocar o Comet.

Icterio

  • Mensagens: 627
    • Melhor ter sorte do que perícia.
Mais um belo airliner dos anos 30, quem arrisca?


BMF

  • Mensagens: 39
« Última modificação: 18 de Março 2020, 15:22:50 por BMF »


Icterio

  • Mensagens: 627
    • Melhor ter sorte do que perícia.
Foi rápido, deve ser da quarentena...
Este é o V1, primeiro protótipo, uns dias (ou horas) antes do primeiro voo (6 setembro de 1937).  Não sei se foi por aí, mas um dos detalhes que o diferencia de imediato são os braços do trem de aterragem que tem uma forma característica.

Fica mais esta bela foto do V2.  Foi o Condor que iniciou os voos transatlânticos (sem escalas) como conhecemos, voou entre Berlim e Nova York em Agosto de 1938 em quase 25 horas, apesar das dificuldades colocadas pelas autoridades americanas que não desejavam fazer publicidade a um avião "estrangeiro".

« Última modificação: 18 de Março 2020, 15:50:47 por Icterio »


BMF

  • Mensagens: 39
Eheh, estou em teletrabalho desde 5a...
Confesso que nem reparei no trem, não estou a ver outro quadrimotor com esse perfil que tenha servido de avião de passageiros nos anos 30.

Diz-se que um chegou a cerca de 40km de New York mas nunca consegui verificar.

Icterio

  • Mensagens: 627
    • Melhor ter sorte do que perícia.
Acho que te estás a referir a um suposto voo que um Junkers Ju 390 fez até bem perto da costa americana nas fases finais da guerra.  Curiosamente, ainda hoje não está bem esclarecido se realmente aconteceu ou não.

Claro que nesses casos estamos a falar do dobro da distância, o avião sai da Alemanha (ou da costa francesa dependendo das datas) faz um reconhecimento (ou bombardeamento) na costa oriental dos EUA e depois ainda falta o regresso à base.
Houve vários projectos de aviões para fazer este tipo de missões (o famoso Amerika Bomber) mas nada se materializou.

BMF

  • Mensagens: 39
Por acaso li que era um Condor mas duvido da fonte. Já agora, um Fw 200 fez o último vôo civil da WW2 em 1945 entre Barcelona e Berlim

padilhasantos

  • Mensagens: 303
  • Who cares?
Este é fácil de identificar mas o que mais me impressiona é a história por trás (espero que seja verdadeira)


toto1100

  • Mensagens: 4761
Bastante tempo antes de haver Blackbirds ja havia U2s, que voavam a essas altitudes. Por isso é capaz de ser verdade, mas so mostra que o controlador andava a leste do que se passava no mundo.
Ainda aqui ha uns anos ( o centro de ATC de Los Angeles entrou em zero ATC por causa de um erro (quando deixa de haver ATC numa zona) e depois descobriu-se que era porque estava um U2 a passar a 60K, e o sistema nao reconheceu os zeros todos e assumiu que ele estava a 6,000 pés: https://www.theguardian.com/world/2014/may/06/u-2-spy-plane-crashes-los-angeles-air-traffic-control

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
3 Respostas
1247 Visualizações
Última mensagem 25 de Abril 2018, 23:47:41
por Icterio
4 Respostas
1338 Visualizações
Última mensagem 29 de Abril 2018, 13:33:32
por Icterio
2 Respostas
1193 Visualizações
Última mensagem 12 de Maio 2018, 22:31:20
por Icterio
3 Respostas
1433 Visualizações
Última mensagem 04 de Setembro 2018, 12:33:03
por Icterio
3 Respostas
1028 Visualizações
Última mensagem 06 de Julho 2018, 10:05:48
por vabrant

Total 94+0=94 ms, db 0 ms, php 94 ms