luisporto24

  • Mensagens: 264
Acho que se te esforcares chega á meia duzia de posts exatamente iguais. :)
Não são posts. São respostas.
E agora guarda a ironia e leva pra casa pra guisares com batatas.

CS-TMT

  • Mensagens: 1651
    • Facebook
Por acaso este vídeo também me parece exactamente igual ao que foi colocado aqui... E aqui... ::) ???
REG/CSTMT SEL/LRDQ OPR/LXR

JetPhotos
PlanePictures
Flickr

aviationlover

  • Mensagens: 467
Não tarda está aí a aparecer, digo aterrar em Lisboa!

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1468
Caros,

Recentemente estive num jantar onde estava um engenheiro da TAP ME muito ligado à receção de novos aviões e o mesmo estava bastante preocupado/descontente com o motor que equipa o A330 neo.

Segundo ele o propulsor foi feito à presa e apresenta problemas ao nível da performance ao ponto de temer um fiasco.

Que opiniões têm sobre este motor ?

Abraço,

Jopeg

toto1100

  • Mensagens: 2208
Os problemas do Trent 1000 do 787, do qual o Trent 7000 é apenas uma variante (a certificacao é comum e tudo), sao bem conhecidos, por isso nao disse nada por ai alem.
A RR garante que os problemas de um nao vao afetar o outro, mas isso naturalmente carece de demonstracao.

A RR tambem ja tem tradicao em lixar com F grande modelos de avioes que equipa á conta dos seus problemas. Foi assim com o TriStar (acabou nacionalizada na altura á conta disso), parece que a Emirates esta tao contente com a RR que ameacou nao comprar os A380 que tinha encomendado no inicio do ano porque causa de problemas nos motores RR, por isso nao seria de estranhar que tambem dessem cabo do A330neo.
Mas para o bem da TAP esperemos que isso nao aconteca, senao quem se ia lixar com F grande era a TAP dado a importancia que o aviao vai ter na frota.

Rex

  • Mensagens: 605
Problemas de perfomance nunca ouvi falar, agora como o @toto1100 referiu existe sempre algum receio que parte dos problemas que teve o T1000 do 787 passassem para o T7000 visto que este é uma evolução desse, esses problemas tem a ver com a durabilidade/corrosão, desgaste mais rápido do que era suposto nas pás de turbina e que já este ano levou a FAA a baixar ETOPS de 330 para 140 e uma inspecção a cada 80 voos (ou ciclos?) em vez de 200 num lote grande de motores.

Em Março houve um artigo da Bloomberg que causou alguma polémica aonde esta agência noticiosa dizia que os novos motores também sofriam do mesmo problema o que a Rolls Royce rapidamente desmentiu afirmando que as pás do Trent 1000 TEN quer do Trent 7000 tinham um novo design ou processo fabrico, embora também na altura foi referido que algumas das primeiras unidades entregues poderiam não ter a coisa solucionada a 100% o que exigiria posteriormente uma manutenção/intervenção adicional qualquer, proactiva como referiram, pelo que isso diz respeito à TAP. Mas também não ficou claro se isso era da durabilidade das pás ou um outro problema que foi referido a certa altura no compressor, foi um comunicado um pouco evasivo. Talvez esse engenheiro estivesse a pensar nestes assuntos.

“It is, however, possible that a population of early Trent 1000 TEN and Trent 7000 engines may benefit from pro-active maintenance ...”

Também não sabemos se este atraso mais recente até não terá a ver com evitar essa situação.

Nesta área há sempre algum risco, um problema até pode estar resolvido e pode surgir um outro, há que fazer figas para que corra tudo bem.

pedferre

  • Mensagens: 284
Bem o 787 já está ao serviço a muito tempo, supostamente a RR já teria tido tempo para resolver os principais problemas dos motores.

mukanico

  • Mensagens: 6
Caros,

Recentemente estive num jantar onde estava um engenheiro da TAP ME muito ligado à receção de novos aviões e o mesmo estava bastante preocupado/descontente com o motor que equipa o A330 neo.

Segundo ele o propulsor foi feito à presa e apresenta problemas ao nível da performance ao ponto de temer um fiasco.

Que opiniões têm sobre este motor ?

Abraço,

Jopeg

Jopeg,

Eu não perdia muito o sono a pensar nisso.

A RR está ciente dos problemas que o T1000 tem e do impacto que a migração dos mesmos teria se passasse para o T7000 e para o cliente de lançamento do A330 Neo. Mais digo que o T7000, apesar de baseado no T1000, não é igual, o sistema de bleed faz com que haja alterações nos compressores levando a que ainda que os part numbers fossem todos iguais as diferentes condições de operação levassem a problemas diferentes.

Como dito abaixo, a RR está neste momento a resolver os problemas no T1000, com modificações que o T7000 já tem de origem, pelo que nada impede que tenha problemas, mas dificilmente os mesmos e nunca o disparate que tem sido com o 1000.

Mukanico

AECM

  • Mensagens: 171
E surgiu uma nova encomenda do A338...

Kuwait encomenda 8 A338
« Última modificação: 15 de Outubro 2018, 16:56:13 por AECM »


Tomás Ribeiro

  • Mensagens: 500
Eu acho que o a338 tem bastante potencial. Quando alguns a332 começarem a serem retirados é que a versão 800 ganha encomendas à séria.
Ainda vamos a ver se daqui a uns anos a TAP não se lembra de comprar alguns...  ;)

brunodias

  • Mensagens: 3829
Para que a tap precisa deles?

Tomás Ribeiro

  • Mensagens: 500
Para substituir os a332 daqui a uns anos em rotas em que não justificassem um a339. Mas há muita coisa que pode mudar e muito fator a considerar. Isto é só um palpite... Se calhar a TAP não precisa deles para nada.

brunodias

  • Mensagens: 3829
No fundo oferece 1 bocadinho menos de custos operacionais, mas tambem menos capacidade de passageiros, logo menos dinheiro a entrar, e se o 9 fizer o são franscisco na boa, o 8 na tap não é preciso

Alias basta ver o que se encomenda por ai, o 333 de inicio era meio coxo, agora passa o 332 de caras em encomendas, e o 339 ainda se aproximou mais do 332, em termos de capacidades de voo claro(ranges)

Jorge78

  • Moderador
  • Mensagens: 2356
A possível opção da TAP em encomendar A338 foi falada aqui como apenas uma hipótese caso fosse preciso um range superior ao A339 e que faria mais sentido encomendar A338 que A359.
Até talvez nem faça sentido, são apenas trocas de impressões de aficionados, não é preciso levar as coisas à linha, são apenas suposições.

nunopinheiro

  • Mensagens: 2783
O 338 está um bocado esmagado entre o 339 e o A321 LR  ficou um pouco um aparelho de nicho para rotas sempre thin ou muito longas em companhias all airbus 
que não querem comprar um par de350 ,vai de certeza vender alguns. E ainda acho que em carga tem potencial mas nunca será o A332.

Para além disso a Boeing está a pressionar muito, alegadamente pelo preço.
« Última modificação: 16 de Outubro 2018, 01:10:58 por nunopinheiro »


Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
167 Respostas
26393 Visualizações
Última mensagem 27 de Julho 2015, 10:32:35
por coelhone
1 Respostas
793 Visualizações
Última mensagem 13 de Janeiro 2015, 00:17:24
por jopeg
9 Respostas
2309 Visualizações
Última mensagem 23 de Março 2018, 22:43:04
por Nakano

Total 65+0=65 ms, db 0 ms, php 65 ms