Strangelesi

  • Mensagens: 63
    • ERM
Tinha cerca de 10 TON de Fuel.



Comunicações aí

jeropiga

  • Mensagens: 272
O avião reportou sempre problemas de flight controls. Até quando lhe deram a freq do ils de beja, não manifestou problemas. Alias, acho que até foi ver se havia Beja na DB do fmc, pois pediu para soletrar. O problema foi sempre de controlo e não navegação. O Aviate é que estava em causa e não o navigate!

VNE

  • Mensagens: 1286
Parabéns aos Pilotos dos F16 pelo excelente serviço


Excelente trabalho fizeram os pilotos do Embraer!

sdo

  • Moderador
  • Mensagens: 684
O avião reportou sempre problemas de flight controls. Até quando lhe deram a freq do ils de beja, não manifestou problemas. Alias, acho que até foi ver se havia Beja na DB do fmc, pois pediu para soletrar. O problema foi sempre de controlo e não navegação. O Aviate é que estava em causa e não o navigate!

A minha dúvida é devido às sucessivas perguntas sobre se chegariam ao oceano no heading que conseguiam e a necessidade de vectores para o mar. Não estariam 100% cientes da sua posição, parece-me.

EDIT: Ou seja, quando estabilizavam pareciam não saber em que rumo estavam.
« Última modificação: 11 de Novembro 2018, 22:43:57 por sdo »


jeropiga

  • Mensagens: 272
Poderiam não conhecer a geografia. Não sei se os display dão um mapa como o google earth ou só waypoints. No entanto, o que realça é que mesmo recebendo vectores, nunca conseguiam cumpri-los. O que transcende, era que eles queriam ir para o mar, sempre pro mar. Ir pro rio nunca foi real hipotese. Acho que os f16 deram-lhes um alento adicional.

Avelino Almeida

  • Mensagens: 23
O avião reportou sempre problemas de flight controls. Até quando lhe deram a freq do ils de beja, não manifestou problemas. Alias, acho que até foi ver se havia Beja na DB do fmc, pois pediu para soletrar. O problema foi sempre de controlo e não navegação. O Aviate é que estava em causa e não o navigate!
Estranho dizeres isso, há uma altura em que ele pergunta a que velocidade vai ao piloto do f16.

António Costa

  • Mensagens: 992
Além dos problemas de flight control juntou-se a navegação e aí a FAP, através dos F16, foi fundamental no sentido em que o guiou para o bom tempo (sul e obviamente BA11/Beja) e simultaneamente o afastou dos aglomerados populacionais.

Aparentemente tudo se conjugou para um final feliz que bem poderia ser trágico.

E, pelos vistos, a aterragem também não foi nada fácil.

Linkoping

  • Mensagens: 367
Parabéns aos Pilotos dos F16 pelo excelente serviço


Excelente trabalho fizeram os pilotos do Embraer!
Também claro

GoncaloRibas

  • Mensagens: 685
Excelente trabalho dos profissionais da NAV Portugal e da FAP e do PNT deste voo da Air Astana

Tomás Ribeiro

  • Mensagens: 1846
Ao início quando me disseram que tinha sido um problema de controlo ainda pensei que fosse alguma coisa nos hidráulicos, mas se realmente foi uma falha catástrofica ao ponto de ele estar absolutamente incontrolável... Deve ter sido pior...
A parte estranha é ter sido uma avaria tão grave e depois eles terem conseguido "resolver minimamente" a coisa para aterrar.
Btw os go around que fizeram em Beja tiveram alguma coisa a ver com vento ou foi mesmo do avião?

jeropiga

  • Mensagens: 272
Os sistemas de navegação e flight control são indepemdentes. Ele poderia estar a fazer um cross check. A aterragem pareceu minimamente sem overspeed ou perdas...pareceu-me!!

Vamos esperar por mais conclusões. Deverá ser uma romaria a Beja, nunca vista!

E sim, é como todos dizem... pilotos, atc, f16, os obvios de parabens. E a marinha e a FAP também...já estavam todos a postos pro ditching!

AvGeekDiogo

  • Mensagens: 1023
  • LHR/EGLL
    • Instagram das minhas fotos de Plane Spotting
Segundo a VOST Portugal o vento não foi propriamente um factor:

Citação
Na 1ª tentativa o avião não estava alinhado com a pista.
Na 2ª tentativa estava demasiado alto para aterrar.
Na 3ª tentativa aterrou em segurança, sem danos materiais nem ferimentos para os tripulantes

Rex

  • Mensagens: 1256
No pprune fizeram um transcript em forma de resumo que parece mais útil que por ex. esse vídeo que colocaram,
Na altura não me tinha apercebido que a desorientação tinha sido tanta e durante tanto tempo, e percebe-se melhor a ajuda dos F16
Parabéns a todos os envolvidos, um susto que acabou bem.

Citação
LiveATC 1330Z:
http://archive-server.liveatc.net/lp...2018-1330Z.mp3

02:40 MAYDAY
11:30 First ditching statement
13:00 ATC offers "the river"
17:55 "Completely uncontrollable"
20:00 Request for VMC
21:50 6 POB "Completely uncontrollable. Flight control problem" Planning a sea ditching
23:55 ATC suggests southbound heading to better weather.
27:10 Confirming planning to ditch
29:10 Controller change

LiveATC 1400Z:
http://archive-server.liveatc.net/lp...2018-1400Z.mp3

04:50 "Improved our conditions" ?
06:42 "Request vectoring to the sea" Discussion about river and "weather below us"
09:30 Requested confirmation that they could reach the sea on present heading
11:50 Still planning ditching. "Completely uncontrollable"
15:45 "We are in thunderstorm now"
18:58 "In this heading, can we reach the sea?"
19:30 "There's a couple of F-16 fighters. They are flying your way, to assist you with your navigation". 1388 does not understand the transmission.
21:30 ATC points out a river dam.
24:21 "You have the F-16 fighters reaching your position now". No response.
25:50 Very stressed transmission
26:15 Transmission from F-16 c/s "Portuguese Air Defence"
27:05 "Cannot maintain heading". "Climbing and descending all the time"
28:48 F-16 transmission "Can you get a lock on me?" Probably talking to a military controller.
29:15 Very stressed transmission
30:30 "If you fly south or southwest, you'll reach the sea"

LiveATC 1430Z
http://archive-server.liveatc.net/lp...2018-1430Z.mp3

Initially some duplication from the previous tape

02:50 "Eastbound cannot take you to the sea". "Fly westbound"
04:02 F-16 "... maintain two miles"
04:40 Calls to and from F-16. 60 miles north, planning to intercept and offering assistance. 1388 confirms intention to ditch.
06:30 Request heading to sea for ditching
06:50 F-16 "Faro is Victor Mike Charlie. Confirm you are unable to reach Faro?" 1388 confirms ditching
09:05 "If you continue that heading, you have an aerodrome, civilian aerodrome, 13 miles"
10:58 "The maintenance officer from [?] will try and contact you on this frequency as well"
11:45 "You are flying away from the sea. You are flying into Spanish territory."
12:05 "You'll probably find better weather if you move further east"
"Aircraft is now controllable"
"Roger. Confirm intentions?"
12:30 "We need closest airport with good weather"
12:45 "You have aerodrome with good weather, south of your position 135 miles. Can you fly that?"
13:10 F-16 offering to intercept and guide to the aerodrome. 1388 accepts.
13:35 F-16 requests confirmation from Lisbon that Faro will be the diversion.
13:50 F-16 advises that Beja is a closer aerodrome, 70 miles south.
14:15 F-16 requests confirmation from Lisbon that Beja will be suitable.
14:30 Lisbon confirms Beja is suitable and 1388 is expected
15:40 1388 requests runway information at Beja
16:00 Lisbon asks the F-16 if he can escort 1388 to Beja. F-16 reports 19 miles to intercept and VMC
16:50 F-16 advises a turn to line up with Runway 19 at Beja
17:35 F-16 10 miles out, offers to formate and guide 1388
18:55 1388 confirms under control, repeats that they need an airport with good weather - indicates some issue with flight controls.
19:25 Lisbon passes Beja information
19:45 F-16 reports formating.
1388 requests F-16 transponder off due to TCAS
20:30 F-16 gives heading and altitude
21:55 1388 confirms they can see the F-16 but they would prefer control from ATC.
22:15 Lisbon suggests following the F-16
23:45 Lisbon advises 45 miles to Beja. Requests a call when visual.
24:00 1388 requests airport spelling again
24:40 F-16 requests maintain VMC and passes ILS information
26:30 Discussion about 19R
27:15 Lisbon advises 9 mile final
27:35 Lisbon passes Beja weather
28:50 Lisbon passing information, 23 miles from field but no recorded response.
30:50 Lisbon tranfers 1388 to Beja

@India Four Two

jeropiga

  • Mensagens: 272
Estava a ver uma emteevista que diziam que entre muita altura e ver as condicoes da pista justificaram as duas primeiras aproximaçoes.

fhff

  • Mensagens: 8
Air Astana é a companhia estatal do Cazaquistão, pelo que a paragem em Minsk seria para fuel stop, não?
Muito provavelmente sim. Duvido que um E190 mesmo vazio (6 POB) conseguisse fazer Lisboa/Alverca-Astana directo. Para Minsk o EET (estimated Enroute Time) eram 04h01, com alternante em Moscovo (SVO) a 350nm, portanto pelo menos combustível para 05h30 devia ter.
Nas comunicações a controladora pergunta aos pilotos.  Eles indicam 10 ton.

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
0 Respostas
754 Visualizações
Última mensagem 18 de Novembro 2015, 19:31:11
por Nyctalus
0 Respostas
531 Visualizações
Última mensagem 06 de Maio 2016, 16:59:06
por blabla
8 Respostas
1350 Visualizações
Última mensagem 13 de Fevereiro 2017, 07:14:11
por Caravelle
0 Respostas
504 Visualizações
Última mensagem 24 de Março 2017, 19:59:33
por Flyz
1 Respostas
839 Visualizações
Última mensagem 02 de Março 2018, 18:01:35
por Jorge78

Total 97+-1=96 ms, db 0 ms, php 96 ms