avionavtis

  • Mensagens: 2
Sentença muito interessante na Espanha: A Ibéria já não pode cancelar bilhete de volta em caso de "no show" no voo de ida... https://elpais.com/economia/2018/11/20/actualidad/1542716458_981664.html

Isto põe em causa o regime de bilhetes de quase todas companhias aéreas tradicionais.

caparica

  • Mensagens: 502
Muito bem. Espero que rapidamente se estenda a outros países.

toto1100

  • Mensagens: 2558
A CE tambem ja propos aqui ha uns anos por restricoes a essas praticas numa eventual revisao da 261/2004: http://europa.eu/rapid/press-release_MEMO-13-203_en.htm
Acho que ha alguns paises onde ja ha proibido ou tambem anda nos tribunais (tenho ideia que a Alemanha era um deles, mas posso estar a confundir).

As companhias com hubs é que nao vao achar muita piada, que se se comeca a saber que em vez de comprar um voo Lisboa-Sao Paulo fica muito mais barato comprar um voo Madrid-Lisboa-Sao Paulo vai ser um caso serio.

Hawks

  • Mensagens: 524
O próximo passo é acabar com o overbooking e não ceder às ameaças das companhias de escalada dos preços. Se eu vender o que não tenho também consigo excelentes preços.

eascensao

  • Mensagens: 215
O overbooking não acabará nunca e medidas como a possibilidade de, sem penalização, não realizar uma perna de um voo e poder fazer as seguintes vão agravar a necessidade das companhias em recorrer ao overbooking.

Senão vejamos, o overbooking foi criado para permitir optimizar a lotação de um voo atendendo ao nº previsivel de lugares vagos resultantes de no shows. Este número de no shows era, por sua vez, estimado em função das estatísticas relativas aos voos anteriores e emfunção das tarifas de bilhetes vendidos para o voo em causa.

Se ou quando existe um número elevado de bilhetes vendidos com uma tarifa que permite o reembolso em caso de cancelamento até ao momento do voo ou mesmo após o voo com uma penalização muito inferior à tarifa, a companhia salvaguarda-se vendendo mais bilhetes que a lotação. Este 'jogo' tem de ser muito bem jogado porque também não interessa à companhia ficar com passageiros no chão e ter de os compensar e proteger em voos seguintes.

O problema é que, em muitas companhias, o overbooking está a ser mal 'jogado' ou é pura e simplesmente um falso overbooking porque resulta da decisão operacional de não atrasar um voo para proteger passageiros em ligação empurrando-os para o voo seguinte que não tinha lugares e que passa a estar em 'overbooking'.

Quanto à possibilidade de se poder não fazer uma perna (ou percurso) de um bilhete mas fazer os seguintes, as companhias vão de certeza criar uma regra do tipo bilhete Madrid - São Paulo - Madrid, mesmo que seja na realidade uma ida via Lisboa e um regresso via Porto, sendo que aceitam que não se faça o Madrid - São Paulo para se poder fazer o São Paulo - Madrid, mas não permitem que se considere o Madrid - São Paulo como 2 voos ... até que uma política desta volte aos tribunais e consiga uma sentença idêntica ganham uns anos. É que, para todas as companhias, esta política comercial é muito importante para a captação de clientes/passageiros.

nunopinheiro

  • Mensagens: 3116
Citação
O overbooking não acabará nunca,
depende se o crime compensar, aumentem as multas e compensações a ver se não acaba.
« Última modificação: 21 de Novembro 2018, 17:34:30 por nunopinheiro »


Hawks

  • Mensagens: 524
O overbooking não acabará nunca e medidas como a possibilidade de, sem penalização, não realizar uma perna de um voo e poder fazer as seguintes vão agravar a necessidade das companhias em recorrer ao overbooking.

Senão vejamos, o overbooking foi criado para permitir optimizar a lotação de um voo atendendo ao nº previsivel de lugares vagos resultantes de no shows. Este número de no shows era, por sua vez, estimado em função das estatísticas relativas aos voos anteriores e emfunção das tarifas de bilhetes vendidos para o voo em causa.

Se ou quando existe um número elevado de bilhetes vendidos com uma tarifa que permite o reembolso em caso de cancelamento até ao momento do voo ou mesmo após o voo com uma penalização muito inferior à tarifa, a companhia salvaguarda-se vendendo mais bilhetes que a lotação. Este 'jogo' tem de ser muito bem jogado porque também não interessa à companhia ficar com passageiros no chão e ter de os compensar e proteger em voos seguintes.

O problema é que, em muitas companhias, o overbooking está a ser mal 'jogado' ou é pura e simplesmente um falso overbooking porque resulta da decisão operacional de não atrasar um voo para proteger passageiros em ligação empurrando-os para o voo seguinte que não tinha lugares e que passa a estar em 'overbooking'.

Quanto à possibilidade de se poder não fazer uma perna (ou percurso) de um bilhete mas fazer os seguintes, as companhias vão de certeza criar uma regra do tipo bilhete Madrid - São Paulo - Madrid, mesmo que seja na realidade uma ida via Lisboa e um regresso via Porto, sendo que aceitam que não se faça o Madrid - São Paulo para se poder fazer o São Paulo - Madrid, mas não permitem que se considere o Madrid - São Paulo como 2 voos ... até que uma política desta volte aos tribunais e consiga uma sentença idêntica ganham uns anos. É que, para todas as companhias, esta política comercial é muito importante para a captação de clientes/passageiros.

O meu ponto de vista é de que este é um "jogo" completamente à margem do que deviam ser os direitos do consumidor/passageiro na UE. Fiz uma contas por alto e, na TAP (apenas como mero exemplo), em 2017, cerca de 5600 passageiros ficaram em terra em situação de overbooking. Posto isto de outra forma, foram "vendidos" cerca de 35 voos que nunca existiram. A um dado momento, 5600 pessoas estavam a comprar online um lugar que não existia, tudo dentro da lei. Não há qualquer coisa de imoral nesta questão? A salvaguarda financeira das companhias não deve ser à base de enganar os passageiros, o risco do negócio deve estar do lado delas não de quem compra bilhete.

Strangelesi

  • Mensagens: 29
    • ERM
Mas a pessoa em caso de overbooking nao é ressarcida do dinheiro? ou tem direito a outra viagem?

toto1100

  • Mensagens: 2558
Tens direito a outra viagem e a indemnização se chegares mais de 3 horas (?) depois do inicialmente previsto.

Strangelesi

  • Mensagens: 29
    • ERM
Então para mim não vejo problema no overbooking

nunopinheiro

  • Mensagens: 3116
Tirando se a compensação não chegar para o que perdeu, imagine que reservou um bilhete para uma entrevista de emprego, ou outra coisa qq a qual não pude comparecer porque a companhia com a qual celebrou um contracto decidiu vender o seu lugar a outra pessoa.
« Última modificação: 21 de Novembro 2018, 18:57:44 por nunopinheiro »


nunopinheiro

  • Mensagens: 3116
Dito isso, as companhias podem vender bilhetes ocasionais sem lugar marcado com a nota de que o bilhete só será valido no caso de um no show de um cliente, sobre isso nada contra, atenção tem de ser claro isso no momento da compra

Rex

  • Mensagens: 711
Mas num caso grave de quebra de compromisso importante não há nada que impeça uma pessoa de não aceitar uma compensação e ir para tribunal pois não?

caparica

  • Mensagens: 502
Não, mas é sempre uma chatice e os passageiros devem estar defendidos disso.

vabrant

  • Mensagens: 249
Não vejo mal nenhum em voltar ao que era prática há muitos anos atrás; comprar bilhetes com estatuto RQ (lista de espera/On Request). Quem comprava sabia ao que ia. Em geral só na altura do check-in no aeroporto ou na própria porta de embarque se sabia se havia ou não lugar. Caso não houvesse ia no voo seguinte disponível.
Teria obviamente de haver alguns ajustes (por exemplo nem toda a gente faz check-in no aeroporto), mas ninguém iria sem saber dos riscos de não embarcar.

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
14 Respostas
3323 Visualizações
Última mensagem 21 de Julho 2014, 23:46:20
por Jorge78
0 Respostas
505 Visualizações
Última mensagem 22 de Janeiro 2015, 13:47:59
por Jetstream
0 Respostas
446 Visualizações
Última mensagem 24 de Janeiro 2015, 10:36:48
por Flyz
1 Respostas
577 Visualizações
Última mensagem 09 de Setembro 2015, 15:49:11
por ClearedForTakeOff
40 Respostas
2513 Visualizações
Última mensagem 10 de Setembro 2018, 03:46:26
por sdo

Total 93+1=94 ms, db 0 ms, php 94 ms