caparica

  • Mensagens: 579
A RTP estava a fazer exatamente a mesma coisa. Enquanto noticiava que ainda não se tinha encontrado os destroços, já asseguravam as 4 vítimas mortais. Depois mostravam mapas de aproximação a Baltar com uma elevação junto ao Heliporto e com as linhas de alta tensão existentes nas imediações, fazendo crer que era o local do acidente... Um chorrilho de disparates, nitidamente para encher chouriços.
« Última modificação: 16 de Dezembro 2018, 10:38:36 por caparica »


Tomás Ribeiro

  • Mensagens: 1440
Da CMTV não esperava mais nada. O lixo do costume. Quanto mais drama e horror melhor.
Da RTP é que não espero esse tipo de coisas e se aquilo é de facto um canal sério espero bem que quem andou a avançar essas informações quando não estavam sequer confirmadas leve um valente puxão de orelhas.
Para mim é sempre difícil ver os media normais a falar de assuntos relacionados com a aviação sejam helicópteros ou aviões. Geralmente passa tanto disparate antes sequer do GPIAAF lá chegar que eu tenho de desligar a televisão.
Em relação ao acidente em si os meus pêsames para as famílias afetadas. Espero que se apure depressa as causas do acidente.

Cebola

  • Mensagens: 302
É lamentável a forma como as televisões tudo fizeram, incluindo especular, para serem as primeiras a avançar com dados novos... muito mau mesmo.
A se confirmar as afirmações do convidado de ontem à noite na RTP que muitos heliportos não estão equipados de forma a melhor auxiliar os helicópteros aquando de mau tempo, tambem muito mau...
Mas para mim, mais grave ainda, é o alerta ter sido dado quase 2 horas depois...
Enfim, paz às almas destes 4 bravos que todos os dias prestavam auxilio aos outros, muitas vezes incompreendidos....

Byte Boador

  • Mensagens: 256
Não é de todo anormal se perder comunicações com aeronaves a voar baixo naquela zona. Penso que isso terá motivado o alerta tardio.
“Success is not final, failure is not fatal.
It is the courage to continue that counts“

Winston Churchill

Rex

  • Mensagens: 1178
Citação
NAV alertou Protecção Civil e Força Aérea meia hora depois de perder contacto com helicóptero

A empresa que gere a navegação aérea (NAV) alertou meia hora após a perda de contacto com o helicóptero do INEM entidades como a Protecção Civil e a Força Aérea para a falha de comunicação com o aparelho.

Segundo a NAV, à 19h40 foi avisada a Força Aérea Portuguesa, "que é quem activa a busca e salvamento", 20 minutos depois de terem sido contactados os CDOS do Porto, Braga e Vila Real, que "não atenderam".

Numa nota enviada à Lusa, em que afirma ter adoptado "com diligência e celeridade todos os procedimentos estabelecidos para este tipo de situações", a NAV Portugal transcreve, ao minuto, a sequência de acontecimentos após a falta de comunicação com o helicóptero HSU203, acidentado junto a Valongo no sábado e que resultou na morte de quatro pessoas.

Segundo a NAV, a tripulação contactou com a Torre de Controlo do Porto às 18h30, para informar que iria descolar para Macedo de Cavaleiros via Baltar dentro de 5/6 minutos, informando ainda que, se não conseguisse aterrar em Baltar, poderia prosseguir para o Porto.

Segundo o INEM avançou no sábado, a aeronave estava desaparecida desde as 18h30.

A tripulação contactou, pela primeira vez, a Torre de Controlo do Porto, já em voo, às 18h37, e foi contactada às 18h39 pela Torre de Controlo, que pretendia saber qual a altitude que pretendia manter, tendo a tripulação informado que iria manter 1.500 pés.

A primeira perda de sinal radar com o helicóptero deu-se às 18h55, afirmou a NAV, salientando ainda que a perda de comunicações "é normal", devido "à altitude e orografia do terreno".

A hora expectável de aterragem, tendo em conta a hora de descolagem do aparelho, era às 19h00, destacou ainda a NAV.

A empresa destacou que às 19h20, "de acordo com o protocolo de actuação, que determina que 30 minutos após o último contacto expectável se iniciem tentativas de contacto com a aeronave", a Torre de Controlo do Porto contactou telefonicamente várias entidades, entre as quais os bombeiros de Valongo e a PSP de Valongo.

À mesma hora, foi tentado o contacto ainda com os Comandos Distritais de Operações de Socorro (CDOS) do Porto, Braga e Vila Real "que não atenderam".

"Só após contactar o CDOS de Coimbra, que reencaminhou a chamada para o Porto, é que se conseguiu contactar o CDOS do Porto", vincou a NAV.

Foram também contactados o Aeródromo de Baltar, os telemóveis da tripulação, o Aeródromo de destino, em Macedo de Cavaleiros, o Heliporto de Massarelos, "para saber se tinham optado por regressar, tendo aqui sido contactada a PSP para ir verificar ao local, uma vez que o heliporto não tem operações permanentes", acrescentou a empresa.

Segundo a NAV, à 19h40 foi avisada a Força Aérea Portuguesa, "que é quem activa a busca e salvamento".

O hiato temporal entre a última comunicação emitida pelo helicóptero e o alerta que chegou à Protecção Civil, às 20h15, está a ser investigado.

https://www.publico.pt/2018/12/16/sociedade/noticia/nav-alertou-proteccao-civil-forca-aerea-meia-hora-perder-contacto-helicoptero-1854918

picarote

  • Mensagens: 114
Será a mesma aeronave?? Era da base de Macedo de Cavaleiros.

https://aviacao.pt/index.php?topic=3790.0

KRONIXPT

  • Mensagens: 60
Só vê CMTV quem quer. Eu. não. quero. e. não. vejo.
In thrust I trust.

Hawks

  • Mensagens: 685
O GPIAAF confirma que o acidente aconteceu em consequência da colisão com uma antena emissora. Algumas imagens na TV mostram essa antena contorcida.

Ontem também se disse que havia destroços do rotor no ponto de impacto inicial, possivelmente a tal antena. Colisão das pás com a antena  e possível perda de componente do rotor é provável.

No contacto com a torre, manifestaram intenção de continuar a 1500 pés. Não sei qual a altitude habitual de missão nas pensei que fosse um pouco mais acima. Uma testemunha diz que é frequente a passagem de helicópteros do INEM naquela zona, mas este parecia vir mais baixo. Eventualmente iam a voar um pouco mais baixo devido ao tecto de nuvens também baixo. Mas apenas suposições.

Tiago Maia

  • Mensagens: 740
Este tipo de heli, tem caixa negra?

joaoff17

  • Mensagens: 362
O GPIAAF já emitiu uma Nota de Imprensa. Confirma-se ser o I-EITC.

brunodias

  • Mensagens: 4326
O GPIAAF confirma que o acidente aconteceu em consequência da colisão com uma antena emissora. Algumas imagens na TV mostram essa antena contorcida.

Ontem também se disse que havia destroços do rotor no ponto de impacto inicial, possivelmente a tal antena. Colisão das pás com a antena  e possível perda de componente do rotor é provável.

No contacto com a torre, manifestaram intenção de continuar a 1500 pés. Não sei qual a altitude habitual de missão nas pensei que fosse um pouco mais acima. Uma testemunha diz que é frequente a passagem de helicópteros do INEM naquela zona, mas este parecia vir mais baixo. Eventualmente iam a voar um pouco mais baixo devido ao tecto de nuvens também baixo. Mas apenas suposições.

Existem o mapa, que tem la dentro dos varios quadrados a altitude minima para não se bater em nada
Agora esses 1500 num dia sem mau tempo podia ter sido mais que suficiente, agora o mau tempo complica tudo, principalmente navegação

Strangelesi

  • Mensagens: 60
    • ERM
Sim é o I-EITC
E sim, ontem por volta das 22 talvez um pouco antes eu já sabia que eram 4 vitimas mortais.
E da mesma forma que eu sabia, também os meios de comunicação social sabiam.

Agora a difereça está em saber respeitar as familias das vitimas que se calhar não tinham sido ainda oficialmente informadas.

Não sei ainda se esta fonte é correcta ou não, mas os psicologos do INEM estavam a pedir para não ser divulgada a noticia, possivelmente pelas razoes acima indicadas.

Há também particulares que andam a recolher destroços, uns por estupidez pura, outros na tentativa de ajudar. De qualquer das formas os destroços são importantes, mas a zona onde foram encontrados também o é.

Enfim

A lamentar à a morte de 4 pessoas cuja profissão era salvar vidas!

Cebola

  • Mensagens: 302
Desculpa mas como poderias saber que havia 4 fatalidades se os destroços so foram encontrados a 01h30?

Strangelesi

  • Mensagens: 60
    • ERM
O que posso dizer é que recebi essa informação por volta das 22h mais 10 menos 10, e que infelzimente, pelos vistos não era errada. (não ponho de parte ter sido dada sem 100% confirmação)
Mas isso é irrelevante, há a lamentar 4 mortes.

Francismesquita

  • Mensagens: 99
Boa noite,

Deduzo que nessas cartas deverão estar mencionadas as tais antenas, que conforme se vê nas peças de reportagem que passaram nas televisões, estão bastante acima do topo da serra!

Sendo aquela zona uma rota habitual dos helicópteros os pilotos já estarão conscientes da existência das mesmas e sabem como evitá-las. Ontem com o tempo que estava seria bem mais dificil.

Enfim, horas terríveis. Vamos aguardar as conclusões do inquérito.

Bons voos.
Francisco Mesquita

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
2 Respostas
546 Visualizações
Última mensagem 14 de Junho 2015, 23:50:49
por lynx95
2 Respostas
914 Visualizações
Última mensagem 23 de Novembro 2015, 23:12:31
por iSeven
0 Respostas
443 Visualizações
Última mensagem 18 de Agosto 2016, 00:28:56
por LapaG
11 Respostas
1550 Visualizações
Última mensagem 21 de Outubro 2016, 23:15:17
por Spark
31 Respostas
3278 Visualizações
Última mensagem 24 de Junho 2017, 15:30:47
por fredericolopes

Total 91+-1=90 ms, db 0 ms, php 90 ms