fredericolopes

  • Mensagens: 477
Viva Lisboa e Força TAP! Com números destes a venda seria pouco inteligente

se está bem não se pode vender porque é boa para o estado nessa altura. Se está mal não se pode vender porque se vende barato.
sempre a mesma coisa...

iloper

  • Mensagens: 1523
Viva Lisboa e Força TAP! Com números destes a venda seria pouco inteligente

se está bem não se pode vender porque é boa para o estado nessa altura. Se está mal não se pode vender porque se vende barato.
sempre a mesma coisa...
Porquê vender se da lucro e ainda pode vir a dar mais?

fredericolopes

  • Mensagens: 477
Viva Lisboa e Força TAP! Com números destes a venda seria pouco inteligente

se está bem não se pode vender porque é boa para o estado nessa altura. Se está mal não se pode vender porque se vende barato.
sempre a mesma coisa...
Porquê vender se da lucro e ainda pode vir a dar mais?

também pode dar prejuízo, e quem o pagaria são os do costume.. Como o estado não é de longe uma empresa com ambições de ter lucros, para além de voos não fazerem de todo parte do que eu acho como serviços que devam ser garantidos pelo estado, só posso desejar a privatização.

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1620
Caros,

In Presstur:
Citação

Novo máximo está em 41.691

TAP bateu recordes de passageiros/dia sucessivamente na sexta, Sábado e Domingo

Presstur 29-07-2014 (14h44)

A TAP, que a 6 de Julho tinha estabelecido um novo máximo de passageiros transportados num só dia, com 40.430, bateu sucessivamente essa marca nos passados dias 25, 26 e 27, Domingo, em que atingiu o novo máximo de 41.691.

A perspectiva das fontes com que o PressTUR contactou é de que esse novo recorde terá curta duração, havendo a forte expectativa de que seja já ultrapassado no próximo fim de semana, atendendo a que se trata do início do ‘êxodo’ das férias de Agosto.

Antes de 6 de Julho, o recorde de passageiros/dia da TAP estava em 39.591 e foi atingido a 1 de Setembro de 2013. 

A superação este ano reflecte o aumento de capacidade da TAP, que normalmente leva sempre algum tempo a ser acompanhada pela procura, provocando no imediato queda da taxa de ocupação, mas os dados que foram avançados ao PressTUR indicam que pelo menos nos meses de Junho e Julho a companhia está a ter crescimento da procura em linha com o aumento de capacidade a manter os índices de ocupação dos voos, apesar dos valores elevados atingidos em 2013, em que terminou o mês de Julho com 84,7%.


Jopeg

aerointeressado

  • Moderador
  • Mensagens: 516
No site da Presstur:

Citação
Presstur 29-07-2014 (14h46) A TAP transportou entre 1 e 27 de Julho um total de 1.025.934 passageiros, com um aumento em 10% relativamente ao período homólogo de 2013, que contraria a ideia de descalabro da operação e perda de clientes que transparecia em muito do que se disse e escreveu nos últimos dias.

TAP, aviões em Lisboa

Depois de ontem o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, em declarações à SIC Notícias ter avançado que a TAP teve um crescimento em 10% no primeiro semestre, fontes da companhia avançaram ao PressTUR que esse ritmo não abrandou em Julho, especificando que no dia 27, por exemplo, o aumento foi em 12%.
As mesmas fontes avançaram também que não só a TAP teve mais passageiros, como conseguiu manter a taxa de ocupação dos voos (medidas em RPK/ASK) acima dos 84%, em 84,1%, significando que em passageiros ponderados pelas distâncias voadas teve um crescimento em linha com o aumento de capacidade (em lugares x distâncias voadas).
A TAP, através do CEO, Fernando Pinto, já reconheceu que a companhia teve que fazer reprogramações de voos, em consequência da coincidência de um conjunto de situações, que vão desde problemas técnicos em aviões (em Belém e Brasília, por exemplo), a perturbações da navegação aérea (em França e na Bélgica), atrasos na recepção dos seis novos aviões, atraso na formação de novos pilotos e a greve de zelo dos pilotos.
Estas situações são geralmente resolvidas pelas companhias aéreas através de ACMIs (alugueres que incluem aviões, tripulações, seguros e manutenção), pelos quais outras companhias realizam os voos que programaram mas não podem efectuar, só que para isso é preciso que haja disponibilidade no mercado e com o Mundial de Futebol do Brasil esse foi precisamente o mercado mais aquecido, levando a escassez de alternativas.
Ontem, na entrevista à SIC Notícias, Sérgio Monteiro também não ‘passou a esponja’ sobre a situação, mas tratou-a como “dores de crescimento”, “um problema que deriva de uma situação positiva”, cujo “segredo” é que não deixe de ser uma situação pontual.
Sérgio Monteiro, aliás, exemplificou que “hoje [ontem] a TAP não teve problemas de grande monta e a British Airways, por exemplo, teve 4% dos voos cancelados".
Poucas horas antes, já Fernando Pinto tinha afirmado que “todas as empresas passam por épocas difíceis” e o presidente da APPLA, Miguel Silveira, em entrevista ao “Correio da Manhã”, tinha afirmado que “no pico do Verão quando tudo corre bem devemos todos ficar estupefactos”, porque “é muito complicado articular todas as componentes do transporte aéreo”.
O CEO da TAP também se empenhou em explicar que o que foi tomado por cancelamentos, aliás pela própria comunicação da companhia, afinal foi um “erro de interpretação”, porque se tratava apenas uma indicação para as agências de viagens de que esses voos tinham sido reprogramados e os clientes deveriam ser alertados.
O que se passou, disseram ao PressTUR fontes da TAP, foi que perante as situações que estavam criadas, a companhia fez uma reprogramação dos voos, que ainda terá efeitos em Agosto, em que ainda serão realizados fretamentos mesmo depois de a companhia ter feito um ligeiro ajustamento em baixa do seu programa inicial.
Foi essa acção que Fernando Pinto revelou ontem ao afirmar à imprensa: “O que nós fizemos foi uma reestruturação em todo o nosso sistema de linhas e esses voos não foram voos cancelados. Foram voos que nem foram para o sistema”.
Mas mais do que os 40 a 50 cancelamentos da última semana, o que sobressaiu da parte de vários comentadores nos últimos dias foi uma imagem da TAP como uma companhia que sofre da ‘praga dos cancelamentos’, quando é, nesse aspecto, uma das companhias da AEA com melhor índice, com 3,1 cancelamentos/dia em 2013 e 2,0 nos primeiros cinco meses deste ano, face a uma média de 3,5 cancelamentos/dia do conjunto das companhias da Associação.
As fontes do PressTUR admitiram que o índice ‘disparou’ na primeira quinzena de Julho, mas salientaram que na última semana, em que a polémica atingiu o auge, o índice já tinha recuado para 3,0.
“Os índices de voos cancelados estão muito abaixo até da nossa média normal”, dizia ontem Fernando Pinto, que anunciou o regresso da companhia “à plena normalidade”, embora já seja conhecido que no dia 9 sofrerá o impacto da greve convocada pelo sindicato dos pilotos (SPAC).
Situação diferente é a da pontualidade, em que a TAP está mal cotada a nível internacional, mas que é um problema que só é resolúvel envolvendo a companhia e os aeroportos, designadamente o hub de Lisboa, bem como a gestão de tráfego aéreo.
Fontes da aviação comentaram que há tendência, afirmada por exemplo pelo presidente do SPAC, de considerar que se trata do resultado do que chamou “inchar” a companhia com vista à privatização, quando, contrapõem as fontes do PressTUR, o que se passa é que, como em todos os negócios, a oportunidade como os rios não passa duas vezes sob a mesma ponte e na aviação tudo é a alta velocidade.

aerointeressado

iloper

  • Mensagens: 1523
Em altura de avioes a cair, ser uma das mais seguras, ajuda

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1620
Caros,

In Presstur:
Citação


TAP começa Agosto a ‘acelerar’ crescimento e atinge até dia 7 taxa de ocupação de 88,9%

Presstur 08-08-2014 (16h53)

A TAP começou o mês de Agosto com um aumento do número de passageiros em 11,7%, totalizando 286,9 mil nos primeiros sete dias, mais cerca de 30 mil que no período homólogo de 2013, disse ao PressTUR fonte da companhia.

A mesma fonte avançou que o tráfego medido em RPK (PKU na terminologia portuguesa, referindo-se a passageiros x quilómetros percorridos), unidade mais utilizada na aviação, a companhia teve um crescimento de 11,1%, com o qual melhorou a taxa de ocupação em 0,8 pontos, atingindo 88,9%.

No primeiro semestre, segundo dados avançados pelo administrador Luiz Mór ao “Diário de Notícias/Dinheiro Vivo”, a companhia teve um aumento do número de passageiros em 7,2% (mais 353 mil), atingindo um total de 5,28 milhões, seguindo-se um aumento em Julho em 9,7% (mais 105 mil), para 1,1 milhões.

A TAP enfrenta amanhã uma greve de pilotos, mas a expectativa segundo fonte da companhia é que a maioria dos passageiros com reservas para esse dia não enfrente problemas inesperados, pois a maioria (25 mil) das cerca de 42 mil reservas já tinha reagendado as viagens, e a esse total ainda faltava somar os passageiros que viajarão em PGA e aviões que já tinha fretado a outras companhias.
 
A TAP tem sido alvo de críticas pelos cancelamentos e atrasos registados desde Junho, que o CEO Fernando Pinto reconheceu que “afectaram a imagem da TAP”, mas salientando que a companhia já está “em plena normalidade”.


Jopeg

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1620
Caros,

In Presstur:
Citação

Com cerca de 6,8 mil passageiros

Voos da TAP de Lisboa para Bogotá e Panamá tiveram quase ‘lotação esgotada’ no primeiro mês

Presstur 19-08-2014 (15h17)

O Aeroporto de Lisboa contabilizou em Julho um total de 6.775 passageiros embarcados de voos de e para países da América do Sul e Central, que fontes do sector da aviação dizem ao PressTUR só poder ser resultado do início pela TAP da rota de Bogotá e Panamá, avançando que a companhia teve os voos à saída de Lisboa quase lotados.

A informação do Aeroporto a que o PressTUR teve acesso indica que em Julho teve 5.499 passageiros em voos para outros países da América do Sul que não o Brasil e a Venezuela, quando nos seis meses anteriores apenas tivera 14.

Em relação à América Central, indica 1.276 para outros países que não Cuba, Dominicana, Jamaica e México, quando no primeiro semestre apenas tivera dois para esses ‘outros’ países da região.
As fontes do PressTUR adiantaram que o total de passageiros indicados pelo Aeroporto de Lisboa para os ‘outros’ da América do Sul e Central é muito aproximado do que a TAP registou em Julho na rota Lisboa - Bogotá - Panamá - Lisboa, a sua primeira incursão recente (uma vez que já opera há vários anos para a Venezuela) na América de língua espanhola.

A rota começou a 1 de Julho (para ver mais clique aqui) com quatro voos por semana e as fontes do PressTUR dizem que à partida de Lisboa a ocupação atingiu 92,4% dos 263 lugares do A330 em que opera para Bogotá e Panamá, que se considera ser praticamente ‘lotação esgotada’.

A taxa média de ocupação da rota é no entanto mais baixa, designadamente porque no percurso Bogotá - Panamá a companhia apenas pode transportar os passageiros que embarcam em Lisboa.
Por outro lado, embora tenha começado muito cedo a vender lugares do ‘lado’ Europa para as partidas de Lisboa, só mais tarde teve autorização para vendas do lado americano.

Assim, dizem, o grande fluxo de passageiros foi para o percurso Lisboa - Bogotá, com quase quatro mil passageiros, mas quanto à Cidade do Panamá o total para Lisboa superou o sentido inverso.


Jopeg

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1620
Caros,

In Presstur:
Citação
Com 103,5 mil

TAP passa em Julho pela primeira vez os cem mil passageiros em voos Portugal-Espanha

Presstur 20-08-2014 (18h04)

A TAP alcançou em Julho um novo recorde mensal de passageiros em voos entre Portugal e Espanha, superando pela primeira vez a marca dos cem mil, com 103,5 mil, de acordo com dados da AENA, empresa gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pelo PressTUR.

A informação permite calcular que em Julho a companhia portuguesa teve um aumento de passageiros nessas rotas em 17,8%, que significou mais 15,6 mil passageiros, ainda que o crescimento do movimento total de passageiros em voos entre os dois países ibéricos tenha ficado em 8% ou 23,1 mil, para 310,8 mil.

O crescimento da TAP equivaleu assim a 67,7% do aumento do total de passageiros de voos de e para Portugal nos aeroportos espanhóis, o que se traduziu num reforço da sua quota de mercado no transporte aéreo de passageiros entre os dois países ibéricos em 2,8 pontos, para 33,3%.

O recorde da TAP, porém, não se traduziu num novo máximo mensal de passageiros em voos entre Portugal e Espanha, pois o melhor mês continua a ser Agosto de 2012, com 332,5 mil.

No entanto, desde esse mês até Julho deste ano nunca mais o movimento tinha ultrapassado os 300 mil passageiros, tendo atingido um máximo de 295,9 mil em Agosto de 2013.

Os dados recolhidos pelo PressTUR mostram que Portugal foi a 14ª origem/destino internacional de passageiros nos aeroportos espanhóis no mês de Julho, embora com um crescimento mais forte (+8%) que o conjunto das rotas internacionais de e para Espanha, que foi de 4,2%.

A TAP, por sua vez, subiu de 34ª maior companhia nos aeroportos espanhóis em Julho de 2013 para 31ª em Julho deste ano.

Citação
Voos entre Portugal e Espanha

Mais de metade do aumento da TAP em Julho esteve nos aeroportos secundários espanhóis

Presstur 20-08-2014 (17h34)

Os aeroportos secundários espanhóis a que a TAP teve acesso pela compra da PGA foram onde a companhia portuguesa teve 52,3% do aumento de passageiros em Julho, com +64,4% ou mais 8,2 mil que há um ano, em que sobressaíram os aumentos em Málaga e em Sevilha e o contributo do início de Oviedo (Astúrias).

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pelo PressTUR mostram que a TAP teve 20,8 mil passageiros nos aeroportos de A Coruña, Astúrias, Bilbau, Málaga, Sevilha e Valência, o que representa apenas 20,1% do total de passageiros da companhia em voos de e para Espanha (103,5 mil).

Porém, o aumento em 8,2 mil passageiros nestes aeroportos secundários de Espanha, representou 52,3% do aumento total de passageiros das rotas espanholas da TAP, que foi de 15,6 mil (+17,8%).

Os maiores aumentos nos aeroportos secundários espanhóis foram em Málaga, com mais 2,4 mil (+143,2%, para 4,2 mil), e Sevilha, com mais 2,2 mil (+89,6%).

O terceiro maior contributo para o crescimento foi o início da rota de Oviedo, com 1,8 mil passageiros, e a companhia também teve aumentos em A Coruña, em cerca de 760 (+79,2%, para 1,7 mil), e Valência, em cerca de 590 (+16,3%, para 4,2 mil).

Nos dois maiores aeroportos espanhóis, Madrid e Barcelona, a TAP teve em Julho aumentos em 8,1% ou 3,1 mil passageiros, para 41,1 mil, e em 11,8% ou 4,4 mil, para 41,5 mil.

Porém, enquanto em Madrid a companhia portuguesa teve um crescimento mais forte do que o mercado de e para Portugal (+2,1% ou mais 2,8 mil, para 136,4 mil) e portanto ganhou quota de mercado (+1,7 pontos, para 30,1%), em Barcelona, presumivelmente pela concorrência da Vueling, teve um crescimento menor que o mercado de e para Portugal (+23,3% ou mais 16,9 mil, para 89,4 mil, e a sua quota de mercado baixou 4,8 pontos, para 46,5%.

Jopeg

iloper

  • Mensagens: 1523
A tap Pode ser a Emirates da america do sul... e so querer. É a unica de topo a funcionar para aqueles destinos e africa

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1620
Caros,

In Presstur:
Citação

TAP transporta mais quase cem mil em Agosto e supera 85% de taxa de ocupação

Presstur 09-09-2014 (14h43)

A TAP transportou em Agosto 1,213 milhões de passageiros, que de acordo com dados a que o PressTUR teve acesso representa um novo recorde mensal e traduz um aumento em 8,9% ou 99,5 mil face ao mês de ‘pico’ de 2013.

Os dados a que o PressTUR teve acesso indicam que em RPK (passageiros x quilómetros percorridos), unidade de tráfego mais utilizada na aviação, o crescimento da companhia foi de 10,3%, com o qual a taxa média de ocupação dos voos subiu 0,4 pontos, para 85,1%, apesar de um aumento da capacidade em 9,8%.

Este aumento de capacidade reflecte a expansão da rede e o reforço da frota que a companhia iniciou em Julho e que habitualmente na aviação resulta em decréscimo da taxa de ocupação, porque a procura não cresce ‘instantaneamente’ como o aumento de capacidade.

A companhia, porém, reduziu esse risco fazendo a expansão de capacidade em época alta, durante a qual as companhias enchem mais os aviões.

Acresce, segundo as fontes do PressTUR, que a TAP tem estado a desenvolver uma estratégia comercial que privilegia a subida da taxa de ocupação, em detrimento de ‘forçar’ preço (yield), até porque a tendência do mercado tem sido de descida, como o têm evidenciado os maiores grupos aéreos europeus, tanto ‘tradicionais’ como low cost.


Jopeg

aerointeressado

  • Moderador
  • Mensagens: 516
ealiza 60,6% do crescimento do tráfego Espanha-Portugal até Agosto.
 
http://www.presstur.com/site/news.asp?news=48378

aerointeressado

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1620
Caros,

In Presstur:
Citação

Crescimento da TAP em Lisboa em Setembro é 1,5 vezes maior que tráfego total da Ryanair

Presstur 09-10-2014 (17h37)

A TAP voltou a ser decisiva para o crescimento do movimento de passageiros no Aeroporto de Lisboa em Setembro, com um aumento de passageiros 1,5 vezes maior que o tráfego total da segunda companhia que mais contribui para a evolução em alta na capital portuguesa, a low cost Ryanair.

Dados do Aeroporto de Lisboa a que o PressTUR teve acesso mostram que Setembro foi mais um mês de crescimento a dois dígitos, em 16%, representando um aumento de aproximadamente 251,4 mil passageiros, para 1,822 milhões, que é um novo recorde para o mês de Setembro.

As companhias que mais contaram para esse aumento foram de novo a TAP e a Ryanair, a portuguesa por um aumento de 137,9 mil passageiros e a low cost por que não operava em Setembro de 2013 e este ano teve 92,7 mil passageiros.

O aumento da TAP representou assim 54,8% do aumento total do aeroporto, enquanto o tráfego total da Ryanair equivaleu a 36,9%.

Depois da TAP e da Ryanair, os maiores contributos para o crescimento do aeroporto de Lisboa em Setembro vieram da low cost Vueling do IAG, com um aumento de 14,5 mil passageiros que equivale a 5,8% do aumento total, a companhia charter White, com mais cerca de 11 mil (4,4% do aumento total), a low cost Transavia, com mais 9,3 mil (3,7% do aumento total), a Emirates, com mais 6,8 mil (2,7% do aumento total), e a entrada da Air Canadá, que há um ano não operava e este ano teve 4,7 mil passageiros (1,9% do aumento total).

Em sentido contrário, ou seja, a penalizarem o crescimento esteve em primeiro lugar a Air France, com uma queda de 12,7 mil passageiros, pelos cancelamentos a que foi obrigada pela greve dos seus pilotos, seguida da easyJet, segunda maior companhia em Lisboa e primeira low cost a criar uma base na capital portuguesa, com uma quebra de praticamente oito mil passageiros e que os dados a que o PressTUR teve acesso mostram que reduziu o número de voos de e para a capital portuguesa em 5,7%% no mês de Setembro.

...

Ler mais aqui: http://www.presstur.com/site/news.asp?news=48602



Jopeg

iloper

  • Mensagens: 1523
Eu se fosse a tap fazia precos competitios para os destinos da ryanair so pra roubar trafego

aerointeressado

  • Moderador
  • Mensagens: 516
No site da Presstur:
Citação
Presstur 22-10-2014 (15h42) A TAP foi a companhia aérea com voos internacionais de e para o Brasil que teve a melhor taxa de ocupação no ano de 2013, ao atingir 85,2%, 5,6 pontos acima da média de todas as operadoras, de acordo com o Anuário publicado pela ANAC, autoridade brasileira da aviação comercial.



A publicação indica que a taxa média de ocupação dos voos internacionais de e para o Brasil foi no ano passado de 79,6% e que “entre as quatro maiores empresas do segmento, a portuguesa TAP e a brasileira TAM apresentaram as maiores taxa de aproveitamento em voos internacionais com origem ou destino no Brasil em 2013, com taxas de 85,2% e 80,0%, respectivamente”.
O Anuário confirma a TAP como a maior empresa europeia em voos de e para o Brasil, tanto em capacidade (em ASK = lugares x quilómetros voados) como em tráfego (em RPK = passageiros x quilómetros voados).
Em capacidade a TAP teve 8,7% do total disponível em todos os voos internacionais de e para o Brasil, apenas atrás da brasileira TAM, com 20,4%, e da American Airlines, com 10,6%.
Em tráfego, a quota da TAP foi de 9,3%, apenas atrás da TAM com 20,5%, e da American Airlines, com 10,1%.
Em “passageiros pagos transportados” em voos internacionais, a TAP foi a primeira europeia e quarta maior de todas as nacionalidades em 2013, com uma quota de 8,1%, apenas atrás da TAM, com 23,1%, da American, com 9%, e da GOL, com 8,3%, mas com um decréscimo em 0,4%, enquanto a American teve +18,4%, a TAM, +6%, e a GOL, +3,1%.
De acordo com o Anuário, 2013 foi um ano em que a capacidade aérea em ligações internacionais de e para o Brasil cresceu 3,9%, com +7,4% em empresas brasileiras e +2,9% em companhias estrangeiras.
Em número de “passageiros pagos transportados” em voos internacionais foram 19,227 milhões, +3,2% ou mais 597,6 mil que em 2012.
A origem/destino líder manteve-se os Estados Unidos, com 4,946 milhões, +15,1% ou mais 649 mil que em 2012, à frente da Argentina, com 2,823 milhões, (-0,1% ou menos 3,3 mil).
Portugal manteve-se a 3ª origem destino, com 1,568 milhões, em queda relativamente a 2012 (-0,1% ou 865), mas menor que a verificada com os outros dois mercados europeus mais importantes, que são França e Alemanha.
Os voos de e para França tiveram uma queda dos “passageiros pagos transportados” em 0,8% ou 7,6 mil, para 951,1 mil, e nas ligações com a Alemanha a queda foi de 4,4% ou 36,2 mil, para 792,6 mil.
Igualmente com quedas estiveram as quarta e quinta maiores origens/destinos europeias, Espanha, com -2,9% ou menos 22,5 mil, para 767 mil, e Reino Unido, com -3% ou menos 18 mil, para 574,3 mil.
Os dados da ANAC permitem calcular que em número de passageiros
Em RPK, o tráfego internacional de e para o Brasil cresceu 3,8% no ano passado, com +3,4% em companhias estrangeiras e +5,1% em brasileiras.
A TAP, segundo o Anuário, teve em RPK uma queda do tráfego de e para o Brasil no ano passado em 1%, enquanto a TAM e a American tiveram crescimentos, respectivamente em 2,8% e em 17,9%.

aerointeressado

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Aviso: este tópico não tem nenhuma mensagem nova há, pelo menos, 90 dias.
A não ser que tenha a certeza que quer responder, por favor, considere a hipótese de criar um novo tópico.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
11 Respostas
2035 Visualizações
Última mensagem 18 de Março 2015, 23:14:15
por Mosquito
204 Respostas
29906 Visualizações
Última mensagem 20 de Fevereiro 2018, 00:00:08
por jopeg
TAP 2018 (números e ocupações)

Iniciado por jopeg « 1 2 ... 7 8 » TAP

112 Respostas
17293 Visualizações
Última mensagem 06 de Julho 2019, 11:00:12
por FLopes
19 Respostas
4017 Visualizações
Última mensagem 02 de Abril 2019, 09:35:26
por jopeg
625 Respostas
76074 Visualizações
Última mensagem 18 de Outubro 2018, 16:52:33
por New Engine Option

Total 128+0=128 ms, db 0 ms, php 128 ms