Carnim

  • Mensagens: 891
Claro que não concordo com o grounding

Só poderia concordar se sempre que há 1 acidente as frotas desse avião fossem paradas até haver conclusões, o que não tem logica a meu ver


Aqui não há conclusões e foram grounding

Enfim Bruno não consigo perceber uma pessoa que prefere que caia mais uma avião a para-los todos... Sabe que o problema que estamos aqui a falar não é a queda do avião certo? Mas sim a morte de centenas de pessoas.... Por não haver conclusões é que foram grounding porque:

- Um nova variante do modelo com pouco tempo no ar;
- 2 acidentes num espaço tão curto e com a morte de um total de mais de 300 pessoas;
- Os primeiros dados mostrarem um perfil muito semelhante entre os 2 acidentes.

Claro que podemos estar a falar de erro humano? Claro que sim, mas se for falta de formação e conhecimento do sistema a 100% acha que se deve continuar a voar com este modelo até se descobrir o que verdadeiramente aconteceu?

Mfgfr

  • Mensagens: 37
O problema que está a surgir é a diferença do 737 normal para o max em termos de procedimentos. Com este novo sistema os memory itens são diferentes e é fácil reverter para o anterior. O novo sistema faz o trim wheel começar a rodar continuamente e a tendencia é actuar de acordo com um stab out of trim desligando os stab trim cutout switches. O problema é que na realidade o avião não está com nenhum problema no stab trim e ao tomares esta atitude rapidamente estás sem trim automático, com nariz em baixo, a baixa altitude e sem capacidade suficiente das superficies para recuperares a atitude.
Existem 3 formas de cancelar este sistema que já foram publicadas pela Boeing: uso de flaps, uso do trim no yoke e desligar o autopilot.

Depois de ler o teu post, a coisa até parece "fácil"... que raio, então porque é que estão todos os MAX no chão?  ???
E não me venham dizer que é tudo pressão mediática... tem que haver, no mínimo, algo de concreto e grave o suficiente para se ter tomado aquela decisão... não?
Parece fácil mas se tiveres de efectuar o mesmo procedimento durante bastantes anos em caso de emergência podes facilmente reverter para o anterior.
Ainda não se sabe qual a causa da queda e isto são apenas as indicações da boeing no type rating do max.
O avião foi grounded por prevenção e o “concreto” são os dois acidentes neste curto espaço de tempo.

Byte Boador

  • Mensagens: 256
Fala-se muito no Mcas ser a causa mas pelo que vou lendo, não estamos a falar de uma falha do sistema em si pois ao que parece ele está a funcionar da forma que foi projectado. Se o mesmo em caso de falha de um dos sensores de AOA ou pitot toma uma ação corretiva, então temos um problema de design. Agora algo que ninguém fala muito é o que (hipoteticamente) falhou e tem falhado de forma a que o “mcas” tome ações correctivas?

Relembro aqui os pilotos de sofá que mesmo um “unreliable airspeed indication” vai comandar o AP a tomar uma ação corretiva. Imaginem este cenário:

Vocês vão a subir para a altitude de cruzeiro e de repente o vosso pitot#1 fica bloqueado. Por azar quem está a voar é o Cte e o ADC1 é que está a beber a informação desse pitot. O piloto automático está ligado e à medida que o velocímetro começa a trabalhar como altímetro, 2 coisas vão acontecer: se o avião tiver AT, ou reduz a potência para manter determinada razão de subida ou mantém (tenta) a velocida e aumenta o ângulo de ataque para manter a velocidade. Em qq um destes casos o avião vai entrar em perda.
Não há muito tempo, um challenger 604 despenhou-se no Irão porque a tripulação não conseguiu lidar com a avaria pois não conseguiram perceber qual dos instrumentos estava com a informação errada (as coisas são mais difíceis fora do sofá). Uma falha destas após a descolagem em que alguns aviões para manterem o ruído ao mínimo, fazem subidas com velocidades baixíssimas (NADP), para entrar em perda não é preciso muito. Só quero que pensem muito bem antes de criticar as ações de qualquer tripulante quando estão com o menino no colo pois mesmo treinando estás emergências no simulador, o “startle effect” é bem mais crítico quando estamos no “hot seat”
“Success is not final, failure is not fatal.
It is the courage to continue that counts“

Winston Churchill

Wazkovzky

  • Mensagens: 28
Comentários de especialistas:


mafonso

  • Mensagens: 72
« Última modificação: 15 de Março 2019, 14:44:35 por mafonso »


Carnim

  • Mensagens: 891
https://newsavia.com/boeing-anuncia-suspensao-da-entregas-de-avioes-737-max/

Só não percebi bem a questão de “encontramos uma solução...”

toto1100

  • Mensagens: 3467
Nao me espantava que fosse ma traducao da Newsavia.
Ate porque no que li em ingles, eles falam em puderem reavaliar a decisao de continuar a producao dependendo do futuro, dando a entender que a podem suspender conforme as circusntancias: https://www.flightglobal.com/news/articles/boeing-stops-737-max-deliveries-in-wake-of-grounding-456666/

brunodias

  • Mensagens: 4320
Claro que não concordo com o grounding

Só poderia concordar se sempre que há 1 acidente as frotas desse avião fossem paradas até haver conclusões, o que não tem logica a meu ver


Aqui não há conclusões e foram grounding

Enfim Bruno não consigo perceber uma pessoa que prefere que caia mais uma avião a para-los todos... Sabe que o problema que estamos aqui a falar não é a queda do avião certo? Mas sim a morte de centenas de pessoas.... Por não haver conclusões é que foram grounding porque:

- Um nova variante do modelo com pouco tempo no ar;
- 2 acidentes num espaço tão curto e com a morte de um total de mais de 300 pessoas;
- Os primeiros dados mostrarem um perfil muito semelhante entre os 2 acidentes.

Claro que podemos estar a falar de erro humano? Claro que sim, mas se for falta de formação e conhecimento do sistema a 100% acha que se deve continuar a voar com este modelo até se descobrir o que verdadeiramente aconteceu?

Por essa logica do preferir cair do que parar todos, então vais pedir o grounding sempre que 1 avião caia?? porque imagina pode cair logo outro

Eu como disse sou contra os groundings a não ser casos muito fortes, onde o piloto não possa controlar o avião, falha estrutural por exemplo

Já houve aviões a perder rudders e não se fez grounding por exemplo

nunopinheiro

  • Mensagens: 3849
Bruno vou repetindo, 1 avião? Heeee Não, 2 seguidos... De certeza

Spark

  • Mensagens: 5638
    • A internet nos dias de hoje são 2 veículos: o hypetrain e o hatewagon. ALL ABOARD!!!
Para os mais distraídos, tomar nota que foram 2 aviões .

toto1100

  • Mensagens: 3467
Ainda nao consegui perceber essa do "cair 1 aviao" quando cairam 2.

Wazkovzky

  • Mensagens: 28

hsousa

  • Mensagens: 539
Mas não era o sr brunodias que já há alguns meses falava do Nepal como sendo um país tão pequeno como Gibraltar? é normal que confunda 1 avião com 2, mais de 350 pessoas mortas com não sei bem o quê...há pessoas que simplesmente confundem. Pronto. Segue-se em frente.

david1990

  • Mensagens: 786
  • Airbus A320 - Boeing 777 - Boeing 747
Claro que não concordo com o grounding

Só poderia concordar se sempre que há 1 acidente as frotas desse avião fossem paradas até haver conclusões, o que não tem logica a meu ver


Aqui não há conclusões e foram grounding

Enfim Bruno não consigo perceber uma pessoa que prefere que caia mais uma avião a para-los todos... Sabe que o problema que estamos aqui a falar não é a queda do avião certo? Mas sim a morte de centenas de pessoas.... Por não haver conclusões é que foram grounding porque:

- Um nova variante do modelo com pouco tempo no ar;
- 2 acidentes num espaço tão curto e com a morte de um total de mais de 300 pessoas;
- Os primeiros dados mostrarem um perfil muito semelhante entre os 2 acidentes.

Claro que podemos estar a falar de erro humano? Claro que sim, mas se for falta de formação e conhecimento do sistema a 100% acha que se deve continuar a voar com este modelo até se descobrir o que verdadeiramente aconteceu?

Por essa logica do preferir cair do que parar todos, então vais pedir o grounding sempre que 1 avião caia?? porque imagina pode cair logo outro

Eu como disse sou contra os groundings a não ser casos muito fortes, onde o piloto não possa controlar o avião, falha estrutural por exemplo

Já houve aviões a perder rudders e não se fez grounding por exemplo
Deves eatar a falar do A300 da AA onde eles ensinavam a usar comandos demasiado bruscamente a grande velocidade? Para tua informação o rudder do A300 suportava uma pressão de 100,000 psi e este foi sujeito a nada mais nada menos que o dobro. Não vamos tornar isto buma guerrinha de fabricantes, isto é um assunto sério.

tareias77

  • Mensagens: 4722
E também é muito injusto em relação ao NTSB tal suspeição.

Se FAA e entidades similares pelo mundo a independência pode ser muitas vezes questionada, na Europa não julguem que é excepção ou por ex. em Portugal nem vale a pena falar de entidades reguladoras (comunicações, energia, etc, etc) o NTSB é basicamente a referência global que qualquer entidade independente deseja ser a nível de isenção.

As caixas podem estar em mau estado e dados podem ser perdidos, quanto melhor knowhow estiver a acompanhar o processo melhor.
A NTSB participa nas investigações por ser a nacionalidade do fabricante do aparelho, tenho ideia que normalmente é assim que funciona, autoridade aeronautica do pais onde ocorre o acidente e do pais do fabricante, podendo ser atribuida a autoridade de um pais terceiro, salvo melhor opinião.
« Última modificação: 16 de Março 2019, 08:04:20 por tareias77 »


Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
0 Respostas
696 Visualizações
Última mensagem 04 de Março 2015, 16:22:53
por jopeg
20 Respostas
1965 Visualizações
Última mensagem 01 de Junho 2017, 16:45:52
por hsousa
0 Respostas
392 Visualizações
Última mensagem 31 de Agosto 2018, 18:14:10
por MiguelRei
48 Respostas
5988 Visualizações
Última mensagem 07 de Dezembro 2018, 10:52:05
por Cebola
2 Respostas
478 Visualizações
Última mensagem 28 de Fevereiro 2019, 12:15:23
por CS-TOD

Total 178+-1=177 ms, db 0 ms, php 177 ms