Scarto

  • Mensagens: 148
Ao que parece, as comunicações do ATC com o avião já foram ouvidas e já começaram a sair aos poucos algumas informações..

https://www.nytimes.com/2019/03/14/world/boeing-737-max-ethiopian-airlines.html

Se o que é relatado é verdade, algo de muito muito grave se passou com o MAX, com velocidade excessiva pelos vistos sem possibilidade de ser reduzida, passando por um periodo em que parece ganhar o controlo e pedir para subir aos 14mil pés, para de repente começar a subir e a descer centenas de pés..

E ainda algo sobre as provas que tinham sido encontradas no local do acidente

"NBC News has learned that physical evidence is a jackscrew, a mechanism that controls the angle of the horizontal stabilizer, that smaller wing structure in the rear of the plane. A new automated system called MCAS is connected to the horizontal stabilizer, and is only found on the 737 MAX.

MCAS is a safety device designed to run in the background and keep the plane from stalling. But it’s been implicated in the Indonesian accident through Airworthiness Directives from last November issued by the FAA.

The jackscrew was found in a position that would have raised the leading edge of the stabilizer up, which would have forced the nose down. Fixing a condition known as “runaway trim” would have been easy, a matter of turning off a couple of switches.

In the Indonesian crash, data released in a preliminary report by the Indonesian government indicated that didn’t happen and the pilots were fighting the automation.
"
« Última modificação: 15 de Março 2019, 05:23:42 por Scarto »


Carnim

  • Mensagens: 889
Claro que não concordo com o grounding

Só poderia concordar se sempre que há 1 acidente as frotas desse avião fossem paradas até haver conclusões, o que não tem logica a meu ver


Aqui não há conclusões e foram grounding

Enfim Bruno não consigo perceber uma pessoa que prefere que caia mais uma avião a para-los todos... Sabe que o problema que estamos aqui a falar não é a queda do avião certo? Mas sim a morte de centenas de pessoas.... Por não haver conclusões é que foram grounding porque:

- Um nova variante do modelo com pouco tempo no ar;
- 2 acidentes num espaço tão curto e com a morte de um total de mais de 300 pessoas;
- Os primeiros dados mostrarem um perfil muito semelhante entre os 2 acidentes.

Claro que podemos estar a falar de erro humano? Claro que sim, mas se for falta de formação e conhecimento do sistema a 100% acha que se deve continuar a voar com este modelo até se descobrir o que verdadeiramente aconteceu?

Mfgfr

  • Mensagens: 36
O problema que está a surgir é a diferença do 737 normal para o max em termos de procedimentos. Com este novo sistema os memory itens são diferentes e é fácil reverter para o anterior. O novo sistema faz o trim wheel começar a rodar continuamente e a tendencia é actuar de acordo com um stab out of trim desligando os stab trim cutout switches. O problema é que na realidade o avião não está com nenhum problema no stab trim e ao tomares esta atitude rapidamente estás sem trim automático, com nariz em baixo, a baixa altitude e sem capacidade suficiente das superficies para recuperares a atitude.
Existem 3 formas de cancelar este sistema que já foram publicadas pela Boeing: uso de flaps, uso do trim no yoke e desligar o autopilot.

Depois de ler o teu post, a coisa até parece "fácil"... que raio, então porque é que estão todos os MAX no chão?  ???
E não me venham dizer que é tudo pressão mediática... tem que haver, no mínimo, algo de concreto e grave o suficiente para se ter tomado aquela decisão... não?
Parece fácil mas se tiveres de efectuar o mesmo procedimento durante bastantes anos em caso de emergência podes facilmente reverter para o anterior.
Ainda não se sabe qual a causa da queda e isto são apenas as indicações da boeing no type rating do max.
O avião foi grounded por prevenção e o “concreto” são os dois acidentes neste curto espaço de tempo.

Byte Boador

  • Mensagens: 185
Fala-se muito no Mcas ser a causa mas pelo que vou lendo, não estamos a falar de uma falha do sistema em si pois ao que parece ele está a funcionar da forma que foi projectado. Se o mesmo em caso de falha de um dos sensores de AOA ou pitot toma uma ação corretiva, então temos um problema de design. Agora algo que ninguém fala muito é o que (hipoteticamente) falhou e tem falhado de forma a que o “mcas” tome ações correctivas?

Relembro aqui os pilotos de sofá que mesmo um “unreliable airspeed indication” vai comandar o AP a tomar uma ação corretiva. Imaginem este cenário:

Vocês vão a subir para a altitude de cruzeiro e de repente o vosso pitot#1 fica bloqueado. Por azar quem está a voar é o Cte e o ADC1 é que está a beber a informação desse pitot. O piloto automático está ligado e à medida que o velocímetro começa a trabalhar como altímetro, 2 coisas vão acontecer: se o avião tiver AT, ou reduz a potência para manter determinada razão de subida ou mantém (tenta) a velocida e aumenta o ângulo de ataque para manter a velocidade. Em qq um destes casos o avião vai entrar em perda.
Não há muito tempo, um challenger 604 despenhou-se no Irão porque a tripulação não conseguiu lidar com a avaria pois não conseguiram perceber qual dos instrumentos estava com a informação errada (as coisas são mais difíceis fora do sofá). Uma falha destas após a descolagem em que alguns aviões para manterem o ruído ao mínimo, fazem subidas com velocidades baixíssimas (NADP), para entrar em perda não é preciso muito. Só quero que pensem muito bem antes de criticar as ações de qualquer tripulante quando estão com o menino no colo pois mesmo treinando estás emergências no simulador, o “startle effect” é bem mais crítico quando estamos no “hot seat”
“Success is not final, failure is not fatal.
It is the courage to continue that counts“

Winston Churchill

Wazkovzky

  • Mensagens: 20
Comentários de especialistas:


mafonso

  • Mensagens: 68
« Última modificação: 15 de Março 2019, 14:44:35 por mafonso »


Carnim

  • Mensagens: 889
https://newsavia.com/boeing-anuncia-suspensao-da-entregas-de-avioes-737-max/

Só não percebi bem a questão de “encontramos uma solução...”

toto1100

  • Mensagens: 3185
Nao me espantava que fosse ma traducao da Newsavia.
Ate porque no que li em ingles, eles falam em puderem reavaliar a decisao de continuar a producao dependendo do futuro, dando a entender que a podem suspender conforme as circusntancias: https://www.flightglobal.com/news/articles/boeing-stops-737-max-deliveries-in-wake-of-grounding-456666/

brunodias

  • Mensagens: 4156
Claro que não concordo com o grounding

Só poderia concordar se sempre que há 1 acidente as frotas desse avião fossem paradas até haver conclusões, o que não tem logica a meu ver


Aqui não há conclusões e foram grounding

Enfim Bruno não consigo perceber uma pessoa que prefere que caia mais uma avião a para-los todos... Sabe que o problema que estamos aqui a falar não é a queda do avião certo? Mas sim a morte de centenas de pessoas.... Por não haver conclusões é que foram grounding porque:

- Um nova variante do modelo com pouco tempo no ar;
- 2 acidentes num espaço tão curto e com a morte de um total de mais de 300 pessoas;
- Os primeiros dados mostrarem um perfil muito semelhante entre os 2 acidentes.

Claro que podemos estar a falar de erro humano? Claro que sim, mas se for falta de formação e conhecimento do sistema a 100% acha que se deve continuar a voar com este modelo até se descobrir o que verdadeiramente aconteceu?

Por essa logica do preferir cair do que parar todos, então vais pedir o grounding sempre que 1 avião caia?? porque imagina pode cair logo outro

Eu como disse sou contra os groundings a não ser casos muito fortes, onde o piloto não possa controlar o avião, falha estrutural por exemplo

Já houve aviões a perder rudders e não se fez grounding por exemplo

nunopinheiro

  • Mensagens: 3643
Bruno vou repetindo, 1 avião? Heeee Não, 2 seguidos... De certeza

Spak

  • Mensagens: 5578
Para os mais distraídos, tomar nota que foram 2 aviões .

toto1100

  • Mensagens: 3185
Ainda nao consegui perceber essa do "cair 1 aviao" quando cairam 2.

Wazkovzky

  • Mensagens: 20

hsousa

  • Mensagens: 511
Mas não era o sr brunodias que já há alguns meses falava do Nepal como sendo um país tão pequeno como Gibraltar? é normal que confunda 1 avião com 2, mais de 350 pessoas mortas com não sei bem o quê...há pessoas que simplesmente confundem. Pronto. Segue-se em frente.

david1990

  • Mensagens: 773
  • Airbus A320 - Boeing 777 - Boeing 747
Claro que não concordo com o grounding

Só poderia concordar se sempre que há 1 acidente as frotas desse avião fossem paradas até haver conclusões, o que não tem logica a meu ver


Aqui não há conclusões e foram grounding

Enfim Bruno não consigo perceber uma pessoa que prefere que caia mais uma avião a para-los todos... Sabe que o problema que estamos aqui a falar não é a queda do avião certo? Mas sim a morte de centenas de pessoas.... Por não haver conclusões é que foram grounding porque:

- Um nova variante do modelo com pouco tempo no ar;
- 2 acidentes num espaço tão curto e com a morte de um total de mais de 300 pessoas;
- Os primeiros dados mostrarem um perfil muito semelhante entre os 2 acidentes.

Claro que podemos estar a falar de erro humano? Claro que sim, mas se for falta de formação e conhecimento do sistema a 100% acha que se deve continuar a voar com este modelo até se descobrir o que verdadeiramente aconteceu?

Por essa logica do preferir cair do que parar todos, então vais pedir o grounding sempre que 1 avião caia?? porque imagina pode cair logo outro

Eu como disse sou contra os groundings a não ser casos muito fortes, onde o piloto não possa controlar o avião, falha estrutural por exemplo

Já houve aviões a perder rudders e não se fez grounding por exemplo
Deves eatar a falar do A300 da AA onde eles ensinavam a usar comandos demasiado bruscamente a grande velocidade? Para tua informação o rudder do A300 suportava uma pressão de 100,000 psi e este foi sujeito a nada mais nada menos que o dobro. Não vamos tornar isto buma guerrinha de fabricantes, isto é um assunto sério.

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
0 Respostas
666 Visualizações
Última mensagem 04 de Março 2015, 16:22:53
por jopeg
20 Respostas
1863 Visualizações
Última mensagem 01 de Junho 2017, 16:45:52
por hsousa
0 Respostas
364 Visualizações
Última mensagem 31 de Agosto 2018, 18:14:10
por MiguelRei
48 Respostas
5691 Visualizações
Última mensagem 07 de Dezembro 2018, 10:52:05
por Cebola
2 Respostas
435 Visualizações
Última mensagem 28 de Fevereiro 2019, 12:15:23
por CS-TOD

Total 99+0=99 ms, db 0 ms, php 99 ms