Icterio

  • Mensagens: 425
    • Melhor ter sorte do que perícia.
Para quem está sempre a falar mal da TAP e também de má gestão, fiquem sabendo que mesmo em ano de prejuízos (2018) foi possível pagar 1,17 milhões de euros em prémios a 180 trabalhadores.  Digam-me lá se isto não é uma gestão fantástica?...

nunopinheiro

  • Mensagens: 4336
Será que sinto o perfume de uma figura de estilo ;).

Simonsays

  • Mensagens: 324
    • Não há ventos favoráveis se não sabes para onde vais
E que acham de facto disto ?
Num ano que se faz/pede um empréstimo obrigacionista e se anunciam prejuízos AVULTADOS, como se justifica esta atuação ?
Sem aparente critério ?

toto1100

  • Mensagens: 3925
As pessoas que trabalham em empresas que dao prejuizo nao tem direito a receber salário, é isso?

aviationlover

  • Mensagens: 1201
Realmente não se percebe, a mim cheira-me que não veio da parte dos privados...

Pode não dizer nada, já sei que me vão chamar de maluco, estupido e mais alguma coisa, mas digam-me uma coisa, quando a TAP no ano que deu lucro já estava com este nem carne nem peixe ou ainda eram só os privados?

Bremem

  • Mensagens: 427
Não se pode olhar para a TAP como uma empresa como as outras. Os prejuízos ali são boa gestão, e qualquer prémio é merecido.
É evidente que qualquer trabalhador gosta de ser "acarinhado" e o modelo de gestão sul americano é muito eficiente na área de aviação.
O empréstimo obrigacionista é a cereja no topo do bolo. Temos de lá ir todos com o coração. Pouco interessa o retorno e o risco do investimento. O que interessa é ajudar o "clube" ... perdão a TAP.

Hawks

  • Mensagens: 754
Daqui a pouco estão a dizer que a mulher do Medina só recebeu 17.000 euros por ser quem é e não pelo mérito no seu 1o ano de trabalho. Ou que os prémios mais altos foram para "boys". Deixem-se de conspirações!

toto1100

  • Mensagens: 3925
Voces se tem fontes para dizer que os premios foram dados por resultados financeiros se calhar davam detalhes. É que assim so fazem figura de ressabiados sem nocao do mundo (se veem o que se passa nas startups - grande maioria abre e fecha sem ter dado €1 de lucro; montes delas com financiamento do Estado - em termos de bonus ate vos da um ataque, se acham que pagar menos de 0.1% das receitas em bonus aos trabalhadores é assim tao escandaloso).
É que receber premios e receber distribuicao de lucros sao coisas um bocadinho diferentes. Ou defendem que os trabalhadores nao devem ser pagos ate a empresa dar lucro? É isso?
E é duvidoso que 180 trabalhadores sejam todos membros do conselho de administracao nomeados pelo estado.
« Última modificação: 06 de Junho 2019, 09:30:20 por toto1100 »


New Engine Option

  • Mensagens: 2491
Os trabalhadores têm os seus salários. Não deviam receber prémios em ano de prejuízos. Principalmente quando há outros assuntos de foro interno que envolvem aumentos para certas classes e não foram em frente alegando não existir dinheiro nem disponibilidade para tal. Se as pessoas devem ser premiadas? Obviamente que sim. Agora só o deverão ser quando há espaço para isso. Além de ser uma injustiça, gerar conflituosidade laboral (que está administração tanto se gaba de ter afastado), traz problemas éticos e morais. Por este assunto, dos prémios acumulados em anos sucessivos de prejuízos, creio estar ou esteve Fernando pinto a ser investigado pelas autoridades.

António Costa

  • Mensagens: 992
Os trabalhadores têm os seus salários. Não deviam receber prémios em ano de prejuízos. Principalmente quando há outros assuntos de foro interno que envolvem aumentos para certas classes e não foram em frente alegando não existir dinheiro nem disponibilidade para tal. Se as pessoas devem ser premiadas? Obviamente que sim. Agora só o deverão ser quando há espaço para isso. Além de ser uma injustiça, gerar conflituosidade laboral (que está administração tanto se gaba de ter afastado), traz problemas éticos e morais. Por este assunto, dos prémios acumulados em anos sucessivos de prejuízos, creio estar ou esteve Fernando pinto a ser investigado pelas autoridades.

Citando um "famoso" humorista: "Não havia nexexidade..."

Sam31

  • Mensagens: 99
Bom dia

Eu acho que se politiquiza demais estas situações. Há uns anos atrás era a noticia que a TAP estava a renovar a frota automóvel... bom se na altura os rentings estavam a terminar haveria que renovar, o que a comunicação social não disse é que em muitos casos se trocaram audi's pòr citroen's.

Neste caso, tal como disse o toto1100, prémios e distribuição de lucros são coisas diferentes. Se um determinado departamento atingiu os objectivos que foram estabelcidos no início do ano e ligado ao atingimento há um prémio então esses empregados terão direito a ele. Haverrá departamentos que atingiram os obejectivos e outros não, por isso uns recebem e outros não.

Sem sabermos os detalhes de quem recebeu e porquê recebeu, não podemos comentar.

Onde posso criticar é se a administração recebeu prémios ou não, porque aqui os seus objectivos deveriam estar directamente ligados ao atingimento de resultados vs Orçamento e vs ano anterior.

toto1100

  • Mensagens: 3925
Exato. Eu nos trabalhos onde tive bonus, era sempre relativos ao meu trabalho, nao relativos á situacao da empresa. Em alguns casos havia bonus relativos á empresa em cima dos bonus pessoais, mas nunca tive nenhuma situacao em que so houvesse bonus relativos á empresa (houve um caso em que nao havia bonus e o patrao no fim do ano decidia se dava algum extra aos trabalhadores; mas nao fazia ideia se a empresa estava boa ou nao, nao nos diziam o criterio).
Em montes de casos, as empresas ate podem nem ter interesse em dar bonus relativos á situacao geral da empresa porque isso obriga os patroes a darem detalhes sobre como andam a empresa no geral, o que eles normalmente nao gostam de fazer - maioria dos trabalhadores tem nocao de como andam as coisas (se despediram 25% dos trabalhadores e o ultimo contrato veio ha 6 meses, dificilmente as coisas estarao muito boas), mas é dificil saber exatamente o que se passa.

Os maiores bonus que recebi (um ano chegou a ser 50% do salario que recebi ao longo de um ano) foi numa startup que nos 7 anos que esteve aberta (nao estive la o tempo) todo, nunca deu €1 de lucro. E recebeu uma fortuna em fundos do IAPMEI e fundos comunitarios ao longo dos anos (como recebe qualquer empresa que esteja a comecar e que saiba navegar esses subsidios).

Sinceramente, achar que so pode haver bonus se houver lucros revela bem o provincianismo do tecido empresarial portugues. Nao é assim de todo que funcionam as empresas (de jeito) hoje em dia e nao é assim que se promove a produtividade dos trabalhadores ("porque é que me hei-de esforcar, se os caloes dos meus colegas nao fazem nada e nao passamos da cepa torta?").
« Última modificação: 06 de Junho 2019, 11:13:31 por toto1100 »


CS-TTK

  • Moderador
  • Mensagens: 1446
Se um determinado departamento atingiu os objectivos que foram estabelcidos no início do ano e ligado ao atingimento há um prémio então esses empregados terão direito a ele. Haverrá departamentos que atingiram os obejectivos e outros não, por isso uns recebem e outros não.

Onde posso criticar é se a administração recebeu prémios ou não, porque aqui os seus objectivos deveriam estar directamente ligados ao atingimento de resultados vs Orçamento e vs ano anterior.

Concordo em pleno com a sua visao!

Ate acrescento que ate e comum o premio ter uma componente associada ao desempenho global da empresa e outra componente associado a performance do departamento. Desta forma o esforco de um departamento e compensado mesmo que no global a empresa nao tenha sido lucrativa evitando a desmotivacao do departamento, mas nao tendo um premio tao bom como seria o caso se a empresa tivesse bons resultados globais.

(Isto sem estar a dizer que esta situacao aconteceu ou deixou de acontecer no caso particular da TAP, pois nao tenho informacao que me permita inferir tal coisa)
« Última modificação: 06 de Junho 2019, 11:16:32 por CS-TTK »


Bremem

  • Mensagens: 427
Talvez o debate se deva centrar não tanto nos prémios em ano de prejuízo, mas sim em saber se todos os que tiveram bons desempenhos foram premiados.

Scarto

  • Mensagens: 161
A questão aqui é que não foram departamentos, foram pessoas individuais...

E alguns departamentos a que essas pessoas pertencem, não atingiram obviamente os objectivos.

Agora pergunto, tambem porque os prémios  foram entregues quase exclusivamente a departamentos do "back office"?
E já agora, com prejuizo de 118milhoes pessoal do departamento de finanças merece prémio?
« Última modificação: 06 de Junho 2019, 11:41:24 por Scarto »


 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
5 Respostas
837 Visualizações
Última mensagem 25 de Junho 2015, 00:15:26
por Spark
6 Respostas
734 Visualizações
Última mensagem 13 de Agosto 2015, 10:11:10
por Spark
4 Respostas
951 Visualizações
Última mensagem 07 de Março 2016, 18:59:29
por lrad
Tap novos destinos 2018

Iniciado por Flyz « 1 2 ... 6 7 » TAP

94 Respostas
10561 Visualizações
Última mensagem 20 de Março 2017, 23:59:19
por Spark
Palpites para novas rotas TAP 2018

Iniciado por ZG « 1 2 ... 34 35 » TAP

513 Respostas
56976 Visualizações
Última mensagem 18 de Dezembro 2018, 14:29:42
por TAP153

Total 101+0=101 ms, db 0 ms, php 101 ms