Nakano

  • Mensagens: 354
A SWISS ordenou nesta terça-feira, dia 15 de outubro, a paragem de todos os 29 aviões da sua frota Airbus A220 (ex-CSeries da Bombardier) devido a problemas verificados ao nível dos seus motores.

A companhia suíça confirmou em comunicado distribuído pelas 15h30 locais (17h30 UTC), através da sua conta no Twitter, que todos os motores dos aparelhos daquele modelo serão inspecionados antes de retomarem voo. Não há mais comentários por parte dos responsáveis da empresa acerca deste constrangimento que irá ter reflexos imediatos na programação de voos.

Devido ao número de aviões afetados pela medida, fontes da companhia admitiram aos jornalistas que serão cancelados vários voos a partir desta terça-feira, não havendo ainda previsão para o regresso ao serviço das aeronaves. Todos os passageiros atingidos serão protegidos e remaracdos em outros voos. A frota é constituída por nove aviões A220-100 e 20 A220-300.

A suspensão de voos da frota A220 da SWISS surge na sequência de algumas avarias em motores desses aviões – quatro em três meses –, a última das quais nesta terça-feira, com o avião matrícula HB-JCC, que fazia o voo LX359 de Londres/Heathrow para Genebra, que foi obrigado a divergir para o Aeroporto de Paris/Charles de Gaulle, em França, devido a uma avaria que parou um dos motores.

Contudo, a avaria mais grave verificou-se no passado dia 25 de junho, quando um avião suíço sofreu uma explosão num motor em pleno voo, com a perda de diversas peças do seu interior.

A decisão da SWISS surge também poucas horas depois da FAA (Administração Federal de Aviação dos EUA) ter distribuído uma diretiva de aeronavegabilidade, em que ordena a inspeção de todos os motores Pratt & Whitney PW1500G que equipam os Airbus A220 e os novos jatos regionais da Embraer ‘E2 Jets’, que entraram neste ano em operação.



https://newsavia.com/swiss-retira-de-servico-29-avioes-a220-devido-a-problemas-nos-motores/
« Última modificação: 16 de Outubro 2019, 14:32:54 por Nakano »


Nakano

  • Mensagens: 354
Aparentemente já estam alguns a voar hoje

AECM

  • Mensagens: 366
Transport Canada issued an Emergency Airworthiness Directive (EAD) CF-2019-37

Several occurrences of engine in-flight shutdowns (IFSDs) were reported on Airbus Canada Limited Partnership BD-500 family aeroplanes. Investigations are ongoing to determine the root cause. Preliminary investigation results indicate high altitude climbs at higher thrust settings for engines with certain thrust ratings may be a contributor. This condition, if not corrected, could lead to an uncontained failure of the engine and damage to the aeroplane.

To address this potentially unsafe condition, this AD introduces a new Aircraft Flight Manual (AFM) limitation and normal procedure to limit the engine N1 setting to 94% while above 29000 feet.

http://avherald.com/h?article=4ce0bb41&opt=0

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
1 Respostas
974 Visualizações
Última mensagem 29 de Abril 2014, 14:38:28
por Spark
0 Respostas
729 Visualizações
Última mensagem 06 de Julho 2014, 20:59:28
por Flyz
0 Respostas
680 Visualizações
Última mensagem 17 de Setembro 2015, 13:10:10
por Mariovieira
79 Respostas
8247 Visualizações
Última mensagem 16 de Fevereiro 2018, 21:47:22
por brunodias
137 Respostas
16573 Visualizações
Última mensagem 02 de Novembro 2019, 19:23:25
por nlopes

Total 91+0=91 ms, db 0 ms, php 91 ms