nunopinheiro

  • Mensagens: 6189
Franmed que raio de falsa equivalência essa... ja viu aqui alguém a exigir que não se invista em transportes públicos em qq parte do pais ??
Faz sentido Metro em Bragança??? não... (só Mirandela ;) )

Se só houvesse dinheiro publico para o metro do Porto e mais nada para o resto do pais nessa área Pode ter a certeza que estaria absolutamente contra... Eu e acho que toda a Gente...
« Última modificação: 15 de Setembro 2020, 17:02:58 por nunopinheiro »


jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1684
Citação

Exclusão do Porto nas novas rotas da TAP é “o preço a pagar” pelo plano de reestruturação

Jéssica Sousa 15 Setembro 2020, 20:01

O Presidente da República considera que a a TAP “foi muito afetada” pela quebra do turismo e que “isso coincidiu com um processo de reestruturação que tem um preço”.

Marcelo Rebelo de Sousa considera que a exclusão do Porto no programa de novas rotas anunciado pela TAP, esta segunda-feira, é “o preço a pagar” pelo plano de reestruturação da companhia aérea agora em curso.

Mais em: https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/exclusao-do-porto-nas-novas-rotas-da-tap-e-o-preco-a-pagar-pelo-plano-de-reestruturacao-637224


Jopeg

toto1100

  • Mensagens: 5797
A TAP essencial para o turismo do Porto?! ROTFL. So faltou dizer que tambem o era no Algarve.  ::)

jferreira20

  • Mensagens: 530
Citação

Exclusão do Porto nas novas rotas da TAP é “o preço a pagar” pelo plano de reestruturação

Jéssica Sousa 15 Setembro 2020, 20:01

O Presidente da República considera que a a TAP “foi muito afetada” pela quebra do turismo e que “isso coincidiu com um processo de reestruturação que tem um preço”.

Marcelo Rebelo de Sousa considera que a exclusão do Porto no programa de novas rotas anunciado pela TAP, esta segunda-feira, é “o preço a pagar” pelo plano de reestruturação da companhia aérea agora em curso.

Mais em: https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/exclusao-do-porto-nas-novas-rotas-da-tap-e-o-preco-a-pagar-pelo-plano-de-reestruturacao-637224


Jopeg

O preço é uma transferência de receita fiscal do país inteiro para a região mais rica do país. Uma espécie de Robin Hood ao contrário.

CS-TUI

  • Mensagens: 220
É desta que o Antonoaldo sai da TAP. Já foi anunciada a sua saída nas notícias

calhas

  • Mensagens: 228
É desta que o Antonoaldo sai da TAP. Já foi anunciada a sua saída nas notícias

Já comunicou aos trabalhadores a saída, numa carta de despedida enviada hoje

Franmed

  • Mensagens: 1470
A Linha é brutalmente simples, se é publica a perder dinheiro como o faz desde o fim das colónias então que sirva Portugal no seu todo na justa proporção. (Ou comem todos ou não come ninguém)

Se é publica mas da lucros.. Ótimo venha mais.. Preferia que prestasse um serviço equitativo mas ao menos não perde dinheiro e os lucros são distributivos pelo estado. 

É privada. Caladinho como um rato fico, faz o que entende.

A comparação com a Luftansa é engraçada. primeiro são empréstimos não é capital como vai ser na TAP. eu sei que parece tudo a mesma coisa mas não é.
Depois o seu próprio argumento comparativo  é de rir porque esta semana a TAP anuncia cortes na operação no porto mas aumentos em Lisboa, (eu até disse que não acreditava nisso (aumentos em Lisboa)) mas...é o que temos. que eu saiba a Luftansa não anunciou aumentos em Munique ou Frankfurt ao mesmo tempo.

Olhe 15 novas rotas a partir de Frankfurt

https://www.lufthansagroup.com/en/newsroom/releases/lufthansa-is-consistently-pursuing-its-tourism-strategy-15-new-summer-destinations-from-frankfurt-in-2021.html

nunopinheiro

  • Mensagens: 6189
e quantos cortes??? e mais uma vez Empréstimos não é a mesma coisa que dinheiro dado

https://www.bbc.com/news/business-53007048 German airline Lufthansa has said it will cut 22,000 jobs as it struggles to deal with the slump .....
https://skift.com/2020/07/07/lufthansa-starts-deep-job-cuts-after-state-rescue/ Lufthansa already decided in early April to reduce its fleet by 100 aircraft and not to resume the operations of budget unit Germanwings.
https://onemileatatime.com/lufthansa-cuts-a380-frankfurt-flights/
https://www.traveldailymedia.com/lufthansa-cuts-capacity-in-europe-by-25/ Lufthansa cuts capacity in Europe by 25%

quantos mais quer?

Nota não que a TAP vá ser diferente, é igual e vai ser igual, o timing de anunciar no mesma altura cortes no porto e novas rotas em Lisboa é que é o cumulo da incompetência de comunicação. As vezes parece que é de propósito.
« Última modificação: 16 de Setembro 2020, 16:54:10 por nunopinheiro »


Franmed

  • Mensagens: 1470
e quantos cortes??? e mais uma vez Empréstimos não é a mesma coisa que dinheiro dado

https://www.bbc.com/news/business-53007048 German airline Lufthansa has said it will cut 22,000 jobs as it struggles to deal with the slump .....
https://skift.com/2020/07/07/lufthansa-starts-deep-job-cuts-after-state-rescue/ Lufthansa already decided in early April to reduce its fleet by 100 aircraft and not to resume the operations of budget unit Germanwings.
https://onemileatatime.com/lufthansa-cuts-a380-frankfurt-flights/
https://www.traveldailymedia.com/lufthansa-cuts-capacity-in-europe-by-25/ Lufthansa cuts capacity in Europe by 25%

quantos mais quer?

Nota não que a TAP vá ser diferente, é igual e vai ser igual, o timing de anunciar no mesma altura cortes no porto e novas rotas em Lisboa é que é o cumulo da incompetência de comunicação. As vezes parece que é de propósito.

O que a Lufthansa vai fazer é reduzir as operações nos aeroporto mais pequenos e aumentar a operação em FRA/MUC/DUS

Já hoje a Eurowings anunciou expansão a partir de DUS, aproveitando o fecho da Ryanair

A diferença é que o governo alemão não vai mandar a Lufthansa voar para o aeroporto x,y

Em PT não tenho nenhuma dúvida que o governo vai impor rotas à TAP e vamos caminhar para várias injecções de capital...e claro, quanto mais capital público maior será o peditório

toto1100

  • Mensagens: 5797
O governo alemão não vai mandar na Lufthansa ponto.

Franmed

  • Mensagens: 1470
O governo alemão não vai mandar na Lufthansa ponto.

Portanto o Governo empresta dinheiro, fica como acionista e não manda nada ?

toto1100

  • Mensagens: 5797

Texmex

  • Mensagens: 1
Adoro a lógica do pessoal... Se dá prejuízo, então que se abram mais rotas a partir do Porto, cavemos mais um bocadinho, para que, no fundo, se tenha ainda maior prejuízo... Mas calma, se tivermos prejuízo à saída do Porto já é justificado, à saída de Lisboa é que não. Pelo menos pode-se alegar interesse nacional.. porque Portugal é só Lisboa e Porto. Se formos por essa lógica, então qualquer cidade em Portugal poderia exigir o mesmo tratamento, e nunca mais saímos desta discussão que é essencialmente política, intensificando regionalismos.

A TAP neste momento tem que gerir muito bem a tesouraria, abrir somente rotas que acredite que sirvam algum interesse nacional (Ex. Voos de repatriamento) mas também que sejam lucrativas.  Sendo o Hub em Lisboa é normal que aí se concentrem, especialmente nesta altura de cortes a todos os níveis. É também compreensível que o Porto, entre outros aeroportos nacionais, sofram neste momento. Também acredito que, assim que as coisas começarem a melhorar, se retomem as rotas do Porto.

É claro que alguns dos participantes acreditam que as rotas não são estudadas, não é avaliado supply & demand, e que o pessoal que lá está nada sabe. Enfim, os “treinadores de bancada” é que percebem do tema sem nunca terem trabalhado na área. Metem-se a brincar com o Airlines Manager e acham-se especialistas em aviação. Obviamente que não se trata de uma ciência exacta, mas envolve muita análise e forecasting.

Btw, o facto da TAP ter prejuízo não significa necessariamente que as rotas não sejam lucrativas. Ao fim do dia é má gestão por parte da administração.

Por exemplo, o facto de se ter dado um passo maior que a perna no que diz respeito ao crescimento da empresa, que não era sustentado, ou até os negócios danosos da M&E Brasil que durante anos deu imensos prejuízos acumulados. Temos também os negócios promíscuos relativamente aos Embraer que em nada ajudaram a TAP e encheram os bolsos à Azul, ou até o facto do Elton Souza ter colocado preços em business para os EUA altamente lesivos aos interesses da empresa simplesmente porque acreditava ser a única maneira da aliciar clientes. Tão bom que ele era que foi praticamente corrido da Netjets, basta ler o comentário do seu presidente...

“... E nunca mais voltará a entrar na companhia...” refere, em tom hostil.

Lá está, recebeu 180 mil euros de prémio em 2019. Assim como outros directores e administradores que nada fizeram para merecer os prémios que receberam e ainda por lá andam a destruir a empresa com aval do Estado. Tudo isto é extremamente difícil de engolir por parte dos trabalhadores, que são os maiores críticos relativamente à operação da empresa, também porque se trata do seu ganha-pão.

No entanto, como sempre, o mexilhão é que paga a fava, e os trabalhadores (também contribuintes) são despedidos enquanto o Sr. David Neeleman saí com mais de 90 milhões na carteira, o Antonoaldo com outros 200.000 mil, porque o Estado, neste caso no papel dos Governantes, sejam eles mais à esquerda ou à direita, foi incompetente e cedeu o controlo completo da empresa a terceiros, abdicando de qualquer palavra nas decisões.

E como estas histórias há muitas outras. Para reiterar, o problema não está necessariamente nas rotas e nos trabalhadores, mas sim no topo, onde sempre esteve, seja a comando do Estado ou de privados.

nunopinheiro

  • Mensagens: 6189
O meu amigo não vê aqui ninguém a defender isso, só queríamos que não perdesse dinheiro a décadas como gente grande... Com o contribuinte de todas as terrinhas a pagar aquilo que constitu na prática uma transferência fiscal para a região mais rica de Portugal, os do Porto são uns chatos e levam umas migalhas. O resto do país??? Que é isso? A paisagem que se cale o Algarve é para ir de férias no verão e vão de Popó..

O que resolvia isto era deixar o mercado funcionar e a empresa fazer o que fosse melhor para ela ... Sem o contribuinte a pagar a conta... Mas o que acontece sempre, é a empresa fazer o que entende perder dinheiro como gente grande e o contribuinte ser chamado para a salvar e ai deste que reclame da concentração da operação em Lisboa... Cruzes credo ...

Para pagar é do interesse "nacional" para ter os benefícios, não pode porque não é o interesse da empresa... Empresa essa que de qualquer das formas perde dinheiro...

Refurmulando o diz que nós dissemos "Se dá prejuízo e é o contribuinte que paga a conta,  então que todos os contribuintes possm usufruir na medida justa e possível do seu investimento"
« Última modificação: 17 de Setembro 2020, 01:52:53 por nunopinheiro »


jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1684
Citação

TAP desfavorável a alterações aos voos noturnos por estimar impacto financeiro de 48 e 95 milhões

Ramiro Sequeira esclareceu que está “a horas” de se tornar oficialmente o sucessor de Antonoaldo Neves no comando da TAP.


Onovo presidente da Comissão Executiva (CEO) da TAP disse que a companhia aérea é desfavorável a qualquer alteração do horário dos voos noturnos e fala num potencial impacto financeiro de 47,6 a 95,2 milhões de euros.


Ramiro Sequeira, que, como esclareceu, está “a horas” de se tornar oficialmente o sucessor de Antonoaldo Neves no comando da TAP, participava por videoconferência numa audição do Grupo de Trabalho – Voos Civis ...

Mais em: https://eco.sapo.pt/2020/09/16/tap-desfavoravel-a-alteracoes-aos-voos-noturnos-por-estimar-impacto-financeiro-de-48-e-95-milhoes/


Jopeg

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 
Total 104+1=105 ms, db 0 ms, php 105 ms