brunodias

  • Mensagens: 5151
Sim Nuno, tu ou comes ou pagas o carro, claro que vai pagar o carro e depois passas fome

Até os aviões começarem a voar e a passar esta crise toda não vamos ter muitas noticias de cancelmanetos, para não afectar ainda mais os valores das fabricantes nem das companhias aereas

Agora pensar que quando isto passar a delta vai meter todos os aviões a voar, a british igual é ser sonhador, todas as companhias vão encolher, todas tem encomendas a mais, ao contrario do que o estudo diz

Alias Nuno o que me espanta no teu discurso é que noutro topico vês imensos mortos devido ao covid 19, mas depois consegues aqui fazer com que todas as pessoas vão continuar a voar, até mesmo os mortos

Quanto há easyjet basta o gaijo despedir 1 e lá vai a encomenda mesmo sem acordo, depois em 2021 ou mais tarde logo se encontram em tribunal ou tentam acertar numeros
« Última modificação: 04 de Abril 2020, 12:53:04 por brunodias »


nunopinheiro

  • Mensagens: 6033
Bruno mas ao menos podes aceitar o argumento que cancelar uma encomenda de B737 é mais simples que uma de A320.

Imagina que és um advogado a tentar arranjar uma desculpa para cancelar a encomenda, que encomenda é que tentavas anular primeiro?

É que este é o principal argumento que ando a fazer desde o início.

O que é igual para as duas é.... Igual para as duas e não vale a pena comparar...
« Última modificação: 04 de Abril 2020, 12:54:26 por nunopinheiro »


brunodias

  • Mensagens: 5151
Nuno a desculpa é igual para todos, poucos passageiros para muitos lugares/aviões

Todos vão tentar sair menos prejudicados nisto tudo, os fabricantes também não podem chegar e dizer é assim porque eu quero, porque amanha podem vir a precisar dessa companhia

Pessoalmente penso que vão tentar negociar isto mais em tempo do que em dinheiro

Imagina a air asia ou a indigo, a airbus não pode dizer que é pagar e calar, senão corre o risco de perder no futuro 2 operadores que são quase 2 anos de fabricação
« Última modificação: 04 de Abril 2020, 12:56:06 por brunodias »


brunodias

  • Mensagens: 5151
Neste momento até o 777 se adiar até 2025 devem ficar todos contentes, tanto a boeing que pode trabalhar na calma e talvez esperar por algo mais eficiente e as companhias que nem precisam dele nos proximos tempos

Adob

  • Mensagens: 352
A grande diferença que ninguém quer ver é que no caso dos B737 é possível legalmente desistir da encomenda sem grandes penalidades financeiras... A Boeing está neste momento em incomprimento contractual com uma carrada de clientes por atrasos brutais nas entregas, e o próprio produto que vai entregar já não será o encomendado. (Com sobrecustos para a formação de pilotos etc)

No caso do A320 nem tanto, ver o caso da easyJet.

Eu fiz este argumento bem no início deste thread.. antes desse artigo ser escrito..

Para quem vai seguindo a aviação comercial, é uma conclusão mais que evidente.

Obviamente que o problema não seria da mesma dimensão tendo em conta o grounding prévio do MAX e problemas de recertificação.

E também porque o backlog do MAX é constituído por mais companhias "duvidosas" (de tier mais baixo).

Até o 787 tem um backlog de muitas companhias que nem sequer alguma vez operaram widebodies. O que acham que vai acontecer a essas encomendas agora?

Na Airbus o produto que vai provavelmente ver uma maior % de cancelamentos/NTU é o A330neo.
« Última modificação: 04 de Abril 2020, 13:40:15 por Adob »


Adob

  • Mensagens: 352
Exemplos práticos.

Leasor Avolon:
- cancelamento 75 MAX (entrega prevista entre 2020 e 2023)
- recalendarizou 16 MAX (entrega para lá de 2024)

- cancelamento 4 A330neo (entrega prevista para 2021)
- recalendarizou 9 A320neo (de 2020/2021 para 2027)

nunopinheiro

  • Mensagens: 6033
https://www.reuters.com/article/us-boeing-737max-lawsuit/boeing-is-sued-for-336-million-over-canceled-737-max-order-idUSKCN2243FY

Citação
Boeing Co (BA.N) was sued for $336 million on Wednesday by a Kuwaiti leasing company that accused it of wrongly refusing to return advance payments on a now-canceled order for 40 of its troubled 737 MAX planes.

A primeira de potencialmente muitas que se querem ver livres de encomendas excessivas
« Última modificação: 24 de Abril 2020, 11:22:55 por nunopinheiro »


toto1100

  • Mensagens: 5537
Parece que a Boeing desistiu de comprar a Embraer.

VNE

  • Mensagens: 1446
Imposição da Administração americana, não querem financiar a Boeing para esta gastar na compra-me uma empresa estrangeira.

A Boeing já tem problemas que cheguem para resolver agora...

toto1100

  • Mensagens: 5537

VNE

  • Mensagens: 1446
« Última modificação: 25 de Abril 2020, 11:16:20 por VNE »


toto1100

  • Mensagens: 5537
Estas a por vontade de por fontes. Eu ja pus uma.

E fica aqui outra da Veja, que foi quem deu primeiro a noticia, que fala de pressoes da administração dos EUA, mas nao fala de imposições nenhumas: https://veja.abril.com.br/economia/pressoes-politicas-e-covid-19-fazem-boeing-desistir-da-compra-da-embraer/
Seria estranho qb ter sido uma exigência e terem continuado a negociar até à última da hora.
« Última modificação: 25 de Abril 2020, 11:38:26 por toto1100 »


Tomás Ribeiro

  • Mensagens: 2141
É impressão minha, ou isso deixa a embraer numa situação bastante complicada? Aquilo já não andava famoso antes desta história e agora se o negócio foi por água abaixo...
« Última modificação: 25 de Abril 2020, 13:23:37 por Tomás Ribeiro »


nunopinheiro

  • Mensagens: 6033
Sim muito complicada a situação na Embraer. ;(

A Boeing já não tinha uma grande solução NB com o mix E2 + B737 max.

O covid mais o problemas do max, devem ter obrigado a boeing a reavaliar toda a sua estratégia futura para o segmento NB...

Acho que passado o grosso desta crise a boeing vai ter de anunciar uma nova estratégia para o segmento  NB.. com um ou dois modelos completamente novos.. ou isso ou a Airbus vai dominar completamente o segmento NB durante a próxima década ou mais...
« Última modificação: 25 de Abril 2020, 13:31:28 por nunopinheiro »


GoncaloRibas

  • Mensagens: 1230
Desta vez tenho que estar completamente de acordo com o Nuno, ou a Boeing saca algo da cartola nos NB, ou com o MAX ou com outros novos modelos, ou a Airbus é capaz de reinar durante muitos anos, sobretudo com o A220 e A321neoLR/XLR, para além dos A320neo. E mesmo nos WB o A350 e mesmo os A330neo também estão bem posicionados para o futuro, embora aqui com maior rivalidade com o 787 e provavelmente com o 777X
« Última modificação: 25 de Abril 2020, 13:58:08 por GoncaloRibas »


Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
33 Respostas
4679 Visualizações
Última mensagem 10 de Setembro 2015, 21:12:48
por brunodias
0 Respostas
506 Visualizações
Última mensagem 28 de Maio 2016, 19:48:23
por Flyz
11 Respostas
1726 Visualizações
Última mensagem 11 de Novembro 2016, 12:54:28
por Jorge78
67 Respostas
5667 Visualizações
Última mensagem 06 de Fevereiro 2017, 23:00:54
por Jorge78
44 Respostas
6383 Visualizações
Última mensagem 08 de Agosto 2018, 22:30:23
por LisbonJet

Total 99+-1=98 ms, db 0 ms, php 98 ms