blue_monday81

  • Mensagens: 181
https://www.publico.pt/2020/12/04/economia/noticia/tap-vai-suspender-acordo-empresa-trabalhadores-1941671

Quem tudo quer arrisca a perder tudo ou pelo menos muita coisa. Esta deve ser uma altura de ponderacao de ambos os lados mas tambem de cedencia para o melhor possivel para a companhia agora e no futuro.

jopeg

  • Moderador
  • Mensagens: 1744
Citação

Com menos de 88 aviões, TAP coloca em risco o hub de Lisboa
 Anabela Campos 2 horas atrás


Trabalhadores da TAP surpreendidos com agressividade do plano de reestruturação. Pedro Nuno Santos com margem reduzida para negociar

A TAP pretende garantir uma frota com dimensão suficiente para poder usufruir do potencial do hub de Lisboa e manter aposta nos mercados dos EUA e Brasil


A TAP vai ficar mais pequena, mas ainda assim as expectativas da administração liderada por Miguel Frasquilho e do Governo é que a companhia mantenha uma dimensão maior do que tinha antes da privatização, quando o norte-americano David Neeleman entrou no capital em 2015. O plano de reestruturação que o Ministério das Finanças irá apresentar em Bruxelas, a 10 de dezembro, prevê que a transportadora mantenha em atividade 88 aviões, mais 11 do que tinha quando Neeleman e Humberto Pedrosa se tornaram acionistas. É um número que dará à TAP uma dimensão que justifica o hub no aeroporto de Lisboa e que lhe permitirá continuar a fazer os voos transcontinentais para o Brasil e os EUA, na verdade aqueles em que a companhia tem uma vantagem competitiva. Caso contrário, a sua sobrevivência torna-se difícil. A TAP não tem músculo para disputar o mercado europeu.

É preciso, contudo, que a Comissão Europeia aceite sua­vizar a maneira como olhou para a situação da TAP, a única companhia europeia que se viu empurrada para um plano de reestruturação para empresas em dificuldades financeiras e não ficou ao abrigo dos auxílios de Estado, permitidos no quadro de exceção da covid-19. A TAP terá de atingir o break even, o chamado equilíbrio das contas, até ao final de 2021. Uma missão difícil de cumprir, já que em setembro a companhia apresentou um prejuízo de €700,6 milhões, com uma quebra de 66% das receitas, para €841 milhões, e um recuo dos gastos operacionais de 40%, para €1,4 milhões. Há ajustes pesados a fazer. Para que as receitas cresçam, a TAP vai precisar dos EUA e do Brasil e vai depender da generosidade da Direção-Geral da Concorrência (DG Comp), nomeadamente da sua permissão para manter slots essenciais nos seus mercados europeus e transatlânticos e uma frota à medida. A dimensão da TAP é, por isso, uma questão chave. A administração prevê um ajustamento até um máximo de 101 aeronaves até 2025, ainda assim menos do que os 105 aviões que tinha no início de 2020. A ideia é voltar a crescer.

Este é um artigo do semanário Expresso. Clique AQUI para continuar a ler.
https://leitor.expresso.pt/semanario/semanario2510/html/economia/temas/com-menos-de-88-avioes-tap-coloca-em-risco-o-hub-de-lisboa


Jopeg

toto1100

  • Mensagens: 6132
Sim, para os EUA tem uma vantagem competitiva que só visto

Jorge78

  • Mensagens: 2915
Uma questão que não sei se tem alguma lógica.

Tendo a TAP que reduzir a frota por imposição da CE, seria possível passar alguns desses aviões para a PGA?

Falo em aparelhos que possam fazer falta, se é que neste momento isso exista.

Ou o plano engloba todo o grupo TAP?

toto1100

  • Mensagens: 6132
O governo queria que o pedido de ajuda fosse só à TAP SA, mas a CE obrigou que fosse o grupo inteiro.

Ricardo Ferreira

  • Mensagens: 117

nunopinheiro

  • Mensagens: 6548
Não achei... Cheio de opiniões pessoais anedóticas e muito pouco factos com números que os comprovem...

E já me irrita solenemente está conversa da inveja...
« Última modificação: 06 de Dezembro 2020, 16:40:58 por nunopinheiro »


Ricardo Ferreira

  • Mensagens: 117
Pode ser um pouco abstrato para quem está de fora mas tendo presenciado algumas coisas do que ele se refere (nomeadamente na carreira inicial), a percepção é diferente

nunopinheiro

  • Mensagens: 6548
Sim mas aquelas opiniões de encontrar uma estratégia nacional, é um clichê tremendo andamos sempre a espera que o estado nos indique o caminho, que crie as grandes empresas, que faça o que nós desejamos... Mas nunca dizendo o que é isso.

Os estados são péssimos a criar planos directores económicos.

O estado deve isso sim criar as condições para que o seu povo faça o que entende.
Boas escolas públicas. alguma investigação, insfrastucturas quanto baste, saúde universal, e regulamentação de mercados...
Agora planos quinquenais são sempre vítimas do tempo, e os estados têm grandes dificuldades em responder de forma ágil e fria.
Eminentemente para mim o estado tem de estar aí de forma a promover a igualdade de oportunidades a todos independente de onde nasceram e de quem nasceu, para além de condições mínimas de vida a todos..


Claro o sebastianismo em Portugal é já de antes do rei que se perdeu no nevoeiro...
« Última modificação: 06 de Dezembro 2020, 16:52:45 por nunopinheiro »


Maia

  • Mensagens: 440
https://observador.pt/opiniao/deixem-a-tap-em-paz-pa/

Ainda destes pseudo artigos de opinião encomendados? Haja paciência... É só mais uma daquelas personagens que se julgam entendidos em tudo e que nada sabem...

toto1100

  • Mensagens: 6132
Coisa mais ridícula. Os turistas só vem a Portugal pelo prazer de andar na TAP.  ::) e realmente ninguém voa para as ilhas sem ser na TAP. Nem temos outra empresa pública a fazer isso nem nada.  ;D
« Última modificação: 06 de Dezembro 2020, 18:36:54 por toto1100 »


Maia

  • Mensagens: 440
A minha preferida foi aquele absurdo de que bastava ter comprado menos um avião para ter tido lucro.

Surreal este artigo.

Icterio

  • Mensagens: 902
    • Melhor ter sorte do que perícia.
A maquina de propaganda a funcionar...  Aliás, neste fórum deparamos regularmente com ela.

brunodias

  • Mensagens: 5441
Pois é tão fraco a falar que nem sabe que a tap não pagou esses 100milhões pelo avião

Ele em vez de pedir paz para a tap devia ter pedido era paz para o contribuinte

CS-TUK

  • Mensagens: 335
Sim mas aquelas opiniões de encontrar uma estratégia nacional, é um clichê tremendo andamos sempre a espera que o estado nos indique o caminho, que crie as grandes empresas, que faça o que nós desejamos... Mas nunca dizendo o que é isso.

Os estados são péssimos a criar planos directores económicos.

O estado deve isso sim criar as condições para que o seu povo faça o que entende.
Boas escolas públicas. alguma investigação, insfrastucturas quanto baste, saúde universal, e regulamentação de mercados...
Agora planos quinquenais são sempre vítimas do tempo, e os estados têm grandes dificuldades em responder de forma ágil e fria.
Eminentemente para mim o estado tem de estar aí de forma a promover a igualdade de oportunidades a todos independente de onde nasceram e de quem nasceu, para além de condições mínimas de vida a todos..


Claro o sebastianismo em Portugal é já de antes do rei que se perdeu no nevoeiro...

Caro Nuno: Sem querer ir demais para o off-topic, diria apenas que, para o estado criar as condições para deixar o seu povo fazer o que quiser, esse mesmo estado tem primeiro que tudo saber o que ele próprio quer; e entre essas coisas estará o saber que quer criar condições para deixar o seu povo fazer o que quiser!... Enfim: Um estado que não defina sectores prioritários, planos de acção, etc. não terá depois condições de estimular o seu povo a seguir o seu caminho. Não vamos a lado nenhum enquanto andarmos todos a remar cada um para o seu lado sem qualquer definição. Isso é exactamente o que temos hoje e o que temos tido desde pelo menos os meados da década de 90 do século passado, para não dizer muito antes!...

Qualquer país minimamente organizado tem os seus planos estratégicos de longo prazo. A forma como a República da Irlanda negociou o seu plano de resgate mais ou menos aquando do nosso em 2010 ou 2011 é prova disso. Não abdicaram dos impostos baixos para as empresas e não abdicaram principalmente, de serem atractivos para as tecnológicas. Os governos têm mudado, mas a Irlanda não se afasta do seu desígnio de ser país industrial de ponta!...

Sim; há por cá algum sebastianismo, reconheço... Mas, diga-se em abono da verdade que esse sebastianismo só existe porque... Não há qualquer planificação de médio ou longo prazo... Logo; limitamo-nos a esperar por uma bela manhã de nevoeiro em que venha de lá o salvador...

E tenha uma boa noite!...

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
126 Respostas
11731 Visualizações
Última mensagem 20 de Junho 2015, 13:10:39
por Alex
0 Respostas
1531 Visualizações
Última mensagem 21 de Abril 2020, 08:52:27
por alf2005
Voos TAP pos-c19

Iniciado por PMCN TAP

0 Respostas
460 Visualizações
Última mensagem 17 de Junho 2020, 04:01:46
por PMCN
1 Respostas
524 Visualizações
Última mensagem 11 de Setembro 2020, 21:48:30
por manfas
20 Respostas
1200 Visualizações
Última mensagem 06 de Novembro 2020, 16:59:44
por Filipe Pinho

Total 98+0=98 ms, db 0 ms, php 98 ms