Peterz_pt

  • Mensagens: 244
Boa tarde.

Tenho uma duvida que gostava que alguem me pudesse ajudar. Eu e a minha namorada estamos em vias de nos mudarmos para outro país (Islândia). A questão é que temos um gato com 12 anos que como é óbvio que vem connosco e é aqui que se prende a minha duvida. Visto que não há voos diretos de Lisboa para lá, como é que é feito o transporte do animal? Preocupa-me esta questão porque se houvesse alguma maneira de evitar que ele tivesse montes de horas sem tar connosco era excelente ainda para mais considerando que terá de haver escalas e sinceramente não sei como funciona todo o processo de transporte de animais neste caso.

Se alguem me poder esclarecer agradeço visto que estamos algo apreensivos pois queremos evitar ao maximo que ele esteja muitas horas sozinho.

Icterio

  • Mensagens: 936
    • Melhor ter sorte do que perícia.

vabrant

  • Mensagens: 599
Já lá vão uns anos que viajei com um gato, mas na altura foi na cabine comigo. Foi um voo de longo curso, num total de cerca de 13h com escala.  Presumo que ainda hoje seja possível fazê-lo. O melhor é falar diretamente com a companhia/agencia na qual vai reservar.
« Última modificação: 10 de Fevereiro 2021, 14:28:08 por vabrant »


padilhasantos

  • Mensagens: 426
  • May the Force be with you
Existem restrições no transporte de gatos braquiocefalicos mas regra geral se tiver menos de 8KG (contando com a caixa) pode ir na cabine. Caso não possa a companhia detentora do bilhete tem de assegurar a passagem da caixa com o animal na escala. Eu aconselho vivamente viagem em voos puros Lufthansa ou KLM - e reforço o puros para evitarem code-share - (apesar de agora estarem muito limitados) porque ambos trabalham muito bem nesse campo (feedback que tive de clientes meus). !EVITE AO MAXIMO COMBINAÇAO DE COMPANHIAS! (peço desculpa pelo CAPS LOCK mas é propositado)

Algumas regras gerais mas que podem mudar de companhia para companhia:

Transporte de animais de estimação na cabine

Só podem ser transportados na cabine cães e gatos, em transportadora maleável própria com um peso total (animal/animais + transportadora) de até 8kg / 17lbs. Esta transportadora deverá ser acomodada no espaço debaixo do assento, que possui 40x33x17cm. Todos os animais de estimação (com exceção dos cães de assistência) que excedam este peso terão que ser transportados no porão.

Condições obrigatórias para o transporte de animais (+ caixa) até 45kg no porão

Para garantir a segurança e bem-estar do animal, deve cumprir as seguintes condições:
A caixa transportadora de porão tem que:
Ser rígida e própria para transporte de animais.
Ser entregue nos balcões de check-in ou drop-off para aceitação do passageiro, e posterior colocação na área ventilada do porão.
O passageiro responsável pelo animal tem que:
Contactar a companhia e aguardar a confirmação de disponibilidade para transporte do animal no porão.
Providenciar comida e água suficientes para toda a viagem, uma vez que não é possível alimentar os animais durante as paragens em trânsito.
O animal:
Não pode ser braquicéfalo (cães ou gatos que, por terem focinhos curtos e achatados, têm limitações respiratórias específicas, podendo correr risco de vida com as temperaturas médias do porão – entre 10ºC e 19ºC).
Não pode exceder, em conjunto com a transportadora, os 32kg / 70lbs em voos com origem, destino ou escala em: EUA, Hungria, França e Países Baixos.
Não pode exceder, em conjunto com a transportadora, os 45kg / 99lbs em viagens com destino, origem ou escala nos restantes países.

Requisitos e documentos obrigatórios para voos entre estados-membros da União Europeia (UE)

Os requisitos sanitários e os documentos abaixo mencionados são obrigatórios em todos os movimentos não comerciais de animais de estimação em voos entre os estados-membros da UE (1), ou de alguns países europeus não pertencentes à UE (2) aderentes ao Passaporte de Animal de Companhia da União Europeia.

Identificação por microchip: O animal deve ter implantado um microchip que permita a sua identificação. Só são permitidos animais identificados por tatuagem, se a mesma tiver sido aplicada antes de 03/07/2011 e mediante apresentação de prova escrita.

Passaporte de animal de companhia da União Europeia: Tem que ser emitido por um médico veterinário autorizado pela autoridade competente do país de origem e atestar a identificação e a vacinação antirrábica do animal.

Vacinação antirrábica válida: Tem que ser administrada em data igual ou posterior à data da colocação do microchip.
Termo de responsabilidade para transporte no porão: Este documento só é necessário se o seu animal tiver que ser transportado no porão.

(1)Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polónia, Portugal, República Checa, Roménia e Suécia.
(2)Andorra, Suíça, Ilhas Faroé, Gibraltar, Gronelândia, Islândia, Listenstaine, Mónaco, Noruega, São Marinho e Estado da Cidade do Vaticano.

Resposta rápida

Com a resposta rápida pode escrever uma mensagem quando está a ver um tópico sem carregar uma nova página. Pode, ainda, usar o código BBC e os risonhos como usaria numa mensagem normal.

Nota: esta mensagem não irá aparecer até ter sido aprovada por um moderador.
Nome: Email:
Verificação:

 

Tópicos Relacionados

  Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
9 Respostas
2309 Visualizações
Última mensagem 08 de Maio 2017, 01:18:12
por Nyctalus
2 Respostas
1415 Visualizações
Última mensagem 21 de Abril 2014, 21:31:10
por berto_opo
5 Respostas
6111 Visualizações
Última mensagem 29 de Agosto 2014, 19:55:05
por jeropiga
4 Respostas
647 Visualizações
Última mensagem 04 de Outubro 2016, 20:38:12
por iSeven
3 Respostas
1060 Visualizações
Última mensagem 22 de Julho 2019, 11:47:24
por sdo

Total 102+-1=101 ms, db 0 ms, php 101 ms